Linguagem Java: por que se tornar um programador Java?

Um programador especializado na Linguagem Java tem grande vantagem no mercado! Entenda tudo sobre esse Profissional no Artigo Completo.

Autor: Redação Impacta

Não pode ler esse artigo agora? Ouça a matéria no Player abaixo

A área de tecnologia cresce a cada dia no mercado, oferecendo uma enorme variedade de especialidades para seguir carreira em TI. Assim, um dos segmentos que mais prometem vantagens para o profissional é o de programador de linguagem Java. 


Java consiste, basicamente, em uma linguagem de programação que está contida em diversos tipos de dispositivos eletrônicos, como Smartphones, computadores, veículos, robôs de automação residencial, máquinas industriais, entre outros.

Sendo assim, optando pelo ramo, é possível aumentar as chances de contar com boas oportunidades de trabalho e remuneração.

Continue a leitura e confira o nosso guia completo sobre a profissão de programador de linguagem Java, além de dicas para iniciar a carreira na área e, ainda, quais são os principais setores que demandam profissionais. Acompanhe!

      1. Como é o mercado de trabalho para programadores?

A profissão de programador está diretamente interligada com o campo da Tecnologia da Informação, sendo que o profissional tem a responsabilidade de descrever rotinas e instruções em diferentes tipos de linguagens de programação.


A programação é, justamente, a codificação de instruções lógicas, tendo o objetivo de executar sequências de ações para que seja possível criar programas e softwares.

Assim, um programador deve contar com diferentes habilidades, conhecimentos e total domínio sobre as ferramentas tecnológicas.

Até porque existem outros nichos possíveis de atuação dentro do setor de TI — por exemplo, mobile, web, desktop, jogos, banco de dados etc. Todos eles oferecem excelentes oportunidades para o profissional, independentemente do segmento do empreendimento.


Alguns dados comprovam que 67% das vagas ofertadas na área de TI são para programadores de JavaScript. Assim, a profissão tem sido uma alternativa bastante promissora, muito devido à alta demanda por desenvolvedores no mercado de tecnologia.

Por conta de sua versatilidade, Java é considerada uma das linguagens com maiores chances de crescimento no futuro.

Dessa maneira, a tendência é que o setor continue evoluindo com o passar dos anos, oferecendo inúmeras oportunidades para os profissionais atentos às mudanças e atualizações do mercado. 

Ou seja, é possível obter valorização logo no início da carreira, mas isso também dependerá do seu desempenho e quais os conhecimentos que desenvolveu ao longo de seus estudos sobre a linguagem Java.

Mesmo que você alcance um bom cargo e estabilidade financeira, para garantir a sua colocação, é fundamental continuar se aperfeiçoando sobre as novidades da área.

      2. Quais são as áreas que mais demandam programadores?

Grande parte das vagas abertas para programadores são oferecidas por agências de desenvolvimento web e mobile, mas o segmento não se restringe apenas a esses empreendimentos.

Startups, empresas de grande porte, indústrias e demais comércios também apresentam excelentes ofertas de trabalho para os profissionais. 

Além disso, é possível vivenciar experiências diferenciadas em cada um dos ambientes de atuação, como departamentos de TI corporativos, empresas de softwares, serviços e consultoria e agências de publicidade.

Sendo assim, é imprescindível contar com uma boa especialização, uma vez que muitos gestores estão em busca de programadores que possam desenvolver serviços inovadores para seus negócios.

Portanto, confira a seguir quais são as principais áreas que demandam profissionais especializados em linguagem Java.

      3. Desenvolvimento Mobile

Nesse setor, o programador deve saber como criar aplicativos para celulares e demais dispositivos móveis.

Diversas plataformas, como Android, iOS e Windows Phone são desenvolvidas por meio de Java, o que torna ainda mais necessário que o profissional tenha um amplo conhecimento sobre as especificações, características e funções de cada sistema operacional.

Ao longo do período de desenvolvimento de uma aplicação mobile, é fundamental que o processo seja otimizado pelo programador, desde a escrita do código até o momento da execução.

Com isso, é possível atingir maior produtividade em relação à lógica de programação que será criada.

      4. Análise de dados 

O profissional que atua com análise de dados é responsável por instalar, configurar e administrar o banco de dados de um determinado empreendimento.

Assim, também é possível desenvolver sistemas e fazer testes de monitoramento, garantindo com isso a segurança de todas as informações contidas no banco. 

Além disso, o programador também deve realizar procedimentos de rotina, como o backup dos dados e a emissão de relatórios quantitativos que demonstram a eficiência do banco.

É fundamental ter domínio de ferramentas, como SQL-Station, Banco de Dados Oracle, gerenciador de modelos ModelMart, entre outros.

      5. Inteligência Artificial

O setor de Inteligência Artificial oferece uma série de possibilidades para desenvolvedores, uma vez que grande parte do sistemas de IA é elaborada com a linguagem Java.

O ramo se ocupa, principalmente, de desenvolver mecanismos e dispositivos que simulam o raciocínio dos seres humanos, criando análises, compreendendo e obtendo respostas para diferentes situações.

Para aproveitar as oportunidades disponíveis, o profissional deve se capacitar para atuar facilitando a interação dos usuários, a visualização e, ainda, a depuração dos dados de um software ou programa de Inteligência Artificial. 

  Afinal, por que aprender a linguagem Java?

Aprender Java é uma alternativa bastante promissora para quem deseja acompanhar as tendências do mercado.

Escolher uma linguagem que conta com ferramentas sofisticadas de desenvolvimento permite que o profissional tenha acesso a inúmeras linhas de código aberto para estudar, revisar e ampliar o seu trabalho.

Inclusive, o JavaScript está presente em praticamente todos os servidores da web, muito devido ao fato de sua estrutura possibilitar a redução de erros e dar espaço para a construção de códigos melhores.

De forma geral, as ferramentas JavaScript representam a base para diferentes tipos de aplicações e linguagens.

Assim, Java torna possível desenvolver e implementar serviços de maneira eficiente, oferecendo um excelente desempenho e portabilidade de aplicações, mesmo que os ambientes computacionais sejam totalmente diferentes.

Por isso, são diversos os motivos pelos quais vale a pena aprender a programar nessa linguagem.

Vantagens da linguagem Java

Uma das maiores vantagens do Java é que ele oferece uma plataforma em que o profissional possa desenvolver aplicações para diferentes dispositivos, como celulares, cartões, desktop, web etc.

É possível também ter acesso fácil a materiais com diversos grupos de estudos sobre a linguagem, já que a comunidade Java no mundo é bastante significativa. 

Quando o programador adquire conhecimentos básicos de Abstração, Encapsulamento, Polimorfismo e Hereditariedade, é possível criar uma linguagem orientada a objetos, chamado de Object Oriented Programming (OOP).

Isso permite manter os sistemas mais flexíveis e escaláveis, pois todos os elementos inseridos interagem entre si.

Outro grande diferencial é que a linguagem é caracterizada por ser uma multiplataforma, tendo a capacidade de rodar em diversos sistemas operacionais, como Windows, Linux e Android.

Com isso, é possível desenvolver variadas aplicações, tornando-as mais versáteis e intuitivas para os usuários. 

Por meio do Java, também é possível atuar na criação de jogos e aplicativos. Considerando que vivemos em uma época em que tais dispositivos são comuns e predominantes, a linguagem ganha ainda mais relevância.

Sendo assim, existem umas série de vantagens para o programador que deseja aperfeiçoar-se ainda mais nesse ambiente de produção inovador.

 O que faz um programador Java

De maneira geral, o profissional Java desenvolve e testa as linguagens de programação, executando a manutenção e implementando os sistemas e softwares.

Com isso, acrescenta e desenvolve melhorias e correções com o objetivo de otimizar o atendimento a clientes e usuários.

Sendo assim, o programador mantém contato direto com a parte estrutural dos programas, escrevendo os códigos de maneira organizada para que seja possível entregá-lo funcionando corretamente para os empreendimentos.

Ele geralmente trabalha sozinho, tendo uma forma específica de criar as aplicações por meio de códigos mais complexos.

O curso voltado para a carreira de programador Java capacita os alunos para que aprendam a determinar interfaces gráficas, estabelecer critérios ergonômicos de navegação, além de montar estruturas de banco de dados e codificação de programas.

Ou seja, é necessário ter uma série de habilidades e total domínio das ferramentas tecnológicas para se dar bem nessa área de atuação.

  Quanto ganha um desenvolvedor Java

A remuneração na área de desenvolvimento mantém um padrão consistente e sem muitas divergências em diferentes segmentos empresariais. O mercado é bastante aquecido e a procura por profissionais qualificados vem crescendo rapidamente.

Dessa forma, ocorre que muitas ofertas de trabalho são maiores do que a própria pretensão salarial.

É possível encontrar vagas para desenvolvedores Java em praticamente todas as plataformas de busca de empregos e também em redes sociais.

Entretanto, o processo de recrutamento e seleção desses profissionais ainda é um grande desafio para muitas empresas.

Até porque as oportunidades acabam por serem maiores do que a quantidade de pessoas prontas para oferecer esse tipo de serviço no mercado.

Isso faz com que os candidatos aos cargos considerem outros fatores além do salário, como oportunidades de crescimento, ambiente de trabalho e a cultura do negócio. 

Nesse caso, as principais vagas relacionadas ao segmento é o de Analista de Requisitos, Analista de Sistemas, Professional Linux e Desenvolvedor WordPress.

A faixa salarial da área gira em torno de R$6.000, mas a depender das especializações e certificações do profissional, é possível contar com uma remuneração ainda mais alta.

Assim, é fundamental que os programadores analisem detalhadamente os benefícios das oportunidades disponíveis, a fim de comprovar seus diferenciais e ter a chance de receber melhores ofertas de emprego.

  Qual é o perfil de um bom programador? 

O profissional que deseja trabalhar com programação deve, primeiramente, gostar de aprender. Isso será um enorme diferencial para ver a sua carreira em desenvolvimento.

Afinal, a função exige que tenha um bom nível de concentração, que seja paciente e persistente e, sobretudo, que possa apresentar soluções inovadoras para os mais diferentes problemas.

Além de contar com conhecimentos na área da linguagem Java, também é imprescindível desenvolver habilidades técnicas e emocionais.

Para se dar bem em qualquer tipo de empreendimento, é imprescindível ser flexível o suficiente para lidar com os mais diversos desafios da profissão.

Para isso, confira as principais características esperadas de um bom programador Java.

  Raciocínio lógico 

Como o profissional deve lidar constantemente com soluções, é preciso saber como resolver problemas utilizando código.

Sendo assim, ter uma visão sistêmica no momento de desenvolver um sistema é um diferencial, pois pode facilitar bastante no momento da elaboração de um software, por exemplo.

Além disso, contando com uma boa capacidade em lógica de programação, é possível se adaptar facilmente às mudanças do setor.

  Autodidata 

De forma geral, os cursos para programadores abordam os conhecimentos mais básicos da profissão.

Entretanto, para que seja possível avançar na carreira e obter reconhecimento profissional, é recomendável ser autodidata.

Isso permitirá que você consiga trabalhar muito bem sozinho, sem depender o tempo todo de colegas ou líderes empresariais.

  Conhecimento em inglês

Grande parte dos materiais que abordam a área de tecnologia são escritos e elaborados em inglês.

Portanto, caso o programador não se dedique ao aprendizado do idioma, é capaz de que o seu conhecimento acabe ficando mais restrito e limitado — lembre-se de que nem todas as referências são traduzidas para o português.

  Capacidade de resolver problemas 

A carreira de programação apresenta muitos desafios e, principalmente, problemas a serem solucionados.

Portanto, é fundamental desenvolver a capacidade de lidar bem com tais situações, tanto para resolver problemas relacionados ao próprio software quanto para criar o problema que o software deverá resolver. 

  Curiosidade

Com os contínuos avanços tecnológicos o profissional deve ser curioso para continuar aprendendo a todo momento.

Até porque, com o surgimento de novas linguagens, torna-se imprescindível ficar por dentro das novidades do setor para oferecer serviços inovadores às empresas.

  Visão sistêmica

Tendo um pensamento mais sistêmico em relação ao cotidiano de trabalho, é possível obter melhor compreensão da linguagem Java.

Isso porque você entende as principais ligações e interferências do sistema como um todo, tendo maior auxílio para arquitetar soluções, prever problemas e entender como funciona, de fato, o software.

  Disciplina

O ideal é que o programador tenha um comportamento mais disciplinado e organizado, mantendo a ordem em sua rotina e atendendo às necessidades dos gestores.

Assim, será possível desenvolver a carreira, além de demonstrar agilidade e comprometimento enquanto profissional, aumentando as chances de ser mais valorizado na área de TI.

  Relacionamento interpessoal

Mesmo que na maior parte do tempo o trabalho seja executado sozinho, vez ou outra o programador precisará participar das decisões e verbalizar as suas ideias com outras pessoas.

Assim, ter um bom relacionamento interpessoal para entender como atuar em equipe da melhor forma é essencial — assim como a tolerância, a resiliência e o respeito às diferentes opiniões.

  Como iniciar a carreira de programador Java?

A programação é um campo que exige muito mais do que apenas a compreensão das linguagens.

Dessa forma, existem diversos caminhos possíveis para iniciar a carreira como programador Java — e o mais indicado é ler e entender o código-fonte aberto, experimentando possibilidades com ele.

No entanto, é preciso praticar bastante para adquirir um bom processo de aprendizagem e se tornar qualificado para atuar na área.

Você pode, por exemplo, ir em busca de materiais e exercícios ou, até mesmo, conversar com pessoas que já estão no segmento. Esse intercâmbio de ideias favorece, sobretudo, a descoberta de com qual setor você sente mais identificação. 

Seja qual for a sua trajetória para aprender Java, lembre-se de que praticar e exercitar a linguagem são excelentes maneiras de fixar o conhecimento e, no futuro, demonstrá-lo para gestores e líderes empresariais.

Os empreendimentos, no geral, valorizam ainda mais o profissional que entende de forma aprofundada os conceitos e consegue aplicá-los na prática.

Portanto, confira a seguir quais são os passos para iniciar a carreira como programador de linguagem Java.

  Invista em cursos gratuitos

Existem vários cursos e certificações em alta que são indicados para começar ou complementar os seus estudos em programação.

Com isso, você aprenderá como se habilitar para atender às demandas do mercado, além de manter-se atualizado sobre as novidades do setor.

O ideal é que os cursos contem com uma boa infraestrutura, oferecendo laboratórios de informática para os alunos.

Além disso, é possível conhecer mais a fundo as plataformas e suas funções e fortalecer o seu networking, um aspecto que abrirá portas para novas oportunidades de trabalho.

  Escolha a ferramenta ideal para trabalhar

Conhecer as ferramentas disponíveis para atuar e suas características é uma enorme vantagem para o profissional, pois assim é possível praticar e aprender ao mesmo tempo.

Além disso, você experimentará novas possibilidades de Java, compreendendo qual é a ideal para os seus interesses.

O programador ainda pode se tornar diferenciado diante dos recrutadores, principalmente por demonstrar as habilidades exigidas para o desenvolvimento da carreira, sendo flexível, curioso e dedicado para conseguir resolver problemas de maneira eficiente.

  Realize uma graduação na área

Diversas empresas exigem que os profissionais de TI apresentem uma graduação no setor.

Além disso, contando com um curso superior é possível conseguir melhores cargos, salários e ter experiências que enriquecerão o seu currículo.

Assim, é recomendável optar por uma graduação que contemple todos os conhecimentos necessários para a área de Java, pois você terá uma abordagem mais completa e consistente do universo da tecnologia.

Entretanto, os gestores não observam apenas os títulos e os cursos contidos no currículo de um possível candidato.

Na verdade, o importante é ter experiência e, sobretudo, prática. Algumas graduações possíveis para Java são Ciência da Computação, Sistemas de Informação e Tecnólogo em Análise de Sistemas.

  Participe de eventos e comunidades de desenvolvedores

Participando de eventos e grupos de comunidades de desenvolvedores, você fica por dentro dos últimos acontecimentos da linguagem Java, além de ser uma excelente oportunidade para fortalecer o seu networking e dar um salto na carreira.

Também é possível compartilhar conhecimentos e experiências, principalmente se o intuito for aprender com outras pessoas que trabalham no segmento.

Além disso, eventos e conferências são formas mais divertidas e atrativas de conhecer a linguagem e suas aplicações.

Com isso, será possível explorar novos territórios em desenvolvimento, ter acesso a práticas e truques de outros programadores e, ainda, ter a chance de começar a trabalhar em algum novo projeto.

  Elabore uma apresentação

Faça o exercício de preparar uma apresentação sobre um determinado tema, pois isso pode colaborar para o seu aperfeiçoamento, tanto pessoal quanto profissional.

Assim, trace metas e pontos, além do tempo necessário que será preciso para fazer a apresentação.

Por meio dessa atividade, você ficará mais familiarizado com o tema e com as partes de código que serão apresentadas às pessoas.

Nesse momento, é possível treinar também a habilidade interpessoal, um fator determinante para se dar bem na profissão.

  Faça estágios

Por meio de estágios, fica mais fácil entender em qual área ou segmento do mercado você deseja atuar. Por exemplo, você pode descobrir que tem o perfil para trabalhar em uma Startup ou mesmo fazer o trabalho remotamente.

Tudo isso vai depender das suas experiências anteriores — por isso, o estágio em diferentes empreendimentos é um dos passos mais indicados para começar na carreira.

Sem contar que você terá o que apresentar aos recrutadores no futuro.

Chegar em uma entrevista de emprego sem nenhum material para apresentar ao entrevistador pode acabar custando a sua chance de angariar a oportunidade, além de ser um impeditivo significativo para subir de cargo e conseguir novas vagas.

  Aprenda outros tipos de linguagens de programação

Por fim, uma dica fundamental é aprender novas linguagens de programação para compreender o código contido neles. Isso também fará com que você expanda os horizontes sobre as aplicações e conheça os pontos fortes de cada linguagem.

Com isso, é possível verificar as funções de cada linguagem e compará-las aos do Java, o que será bastante interessante para conhecer novas possibilidades e demonstrar que você conta com as habilidades de um bom desenvolvedor.

Sem dúvidas, quem deseja qualificar-se para atuar como um programador de linguagem Java deve levar em consideração a importância das especializações e cursos, estando por dentro de todas as novidades do setor de TI.

Portanto, não deixe de seguir as nossas dicas e comece, hoje mesmo, a se dedicar para dar um salto na sua carreira!

Gostou do nosso conteúdo? Então, aproveite a visita e baixe agora mesmo o e-book Guia Básico de programação em Java. Com ele, você vai aprender ainda mais sobre o assunto!

2 Comentários

  1. dev disse:

    Very Nice article Thanx for this useful

  2. Erick disse:

    Muito bom o conteúdo

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!