9 habilidades que todo profissional de Design deve ter

Um profissional de Design está em constante atualização. O mercado não para, mas algumas habilidades são mais valorizadas. Saiba quais são aqui!(...)

Autor: Redação Impacta

Não pode ler esse artigo agora? Ouça a matéria no Player abaixo:

transformação digital é uma realidade e, hoje, podemos perceber o quanto ela impacta o rumo das profissões e as ofertas do mercado de trabalho. Nesse cenário, o profissional de criação não fica de fora da influência dessas mudanças. Afinal, cada vez mais e novas habilidades são requisitadas e, para trabalhar nessa área, é preciso estar atento a elas.
Desse modo, é fundamental que o profissional se adapte rapidamente a essa nova realidade para se destacar dos concorrentes. Para conquistar uma carreira de sucesso, além de incorporar inovação e criatividade a sua função, é preciso conhecer as tendências da área e saber como trabalhar com elas. 
A seguir, você verá algumas das principais habilidades que profissional de design deve ter. Continue conosco!

1. Tratamento de imagens

Uma das possibilidades dentro da área de criação é trabalhar com o tratamento de imagens publicitárias, que é um mercado ainda dominado por grandes marcas. Dessa forma, o profissional amplia o seu leque de atuação e conquista ainda mais clientes — ou até mesmo, um emprego em uma empresa de renome no mercado.
Para isso, conhecer os melhores programas e recursos de tratamento de imagem é imprescindível. Pode ter certeza de que essa habilidade, quando adicionada ao currículo e ao portfólio, proporciona um diferencial competitivo para o profissional.

2. Ilustração

Certamente, desenvolver a habilidade de ilustrar é um caminho profissional muito interessante para o designer. Além de conseguir elaborar um layout, isso também facilita a prototipação de ideias. Em outras palavras, criar os primeiros esboços de um projeto é mais eficiente para validar uma ideia do que gastar uma quantidade considerável de dinheiro desenvolvendo-a por completo.
Design Thinking é uma abordagem que utiliza esse conceito para descobrir soluções extremamente inovadoras para diversos problemas. Isso inclui encontrar as oportunidades, desenvolvê-las, testar ideias com protótipos e, por fim, implementar o recurso. Sendo assim, adquirir essa competência vai fazer toda diferença na carreira de Design.

3. Fotografia

Ter conhecimento de fotografia ajuda, inclusive, no tratamento das imagens. Assim, o profissional de criação tem mais chances de tornar o seu trabalho esteticamente mais agradável e com muita originalidade. Conceitos importantes para estudar são:

  • composição, que se refere à posição dos elementos, como eles serão encaixados no ambiente, o que vem em primeiro plano etc.;
  • iluminação, a fim de que as imagens sejam mais coerente com a peça final;
  • teoria das cores, garantindo que as imagens harmonizem com o projeto.

 habilidades-que-todo-profissional-de-design-deve-ter

4. Produção digital

As habilidades que fazem parte do processo de criação representam um verdadeiro paraíso para o designer. No entanto, aprender a executar uma etapa posterior ao trabalho de criação pode ser tão apaixonante quanto trabalhar no Photoshop.
Trabalhar com a produção de impressão digital é uma oportunidade de tornar a ideia ainda mais palpável. As aptidões relacionadas à produção e impressão enriquecem o seu arsenal de talentos.

5. Tipografia

A tipografia é um dos aspectos fundamentais, especialmente do Design Gráfico. Desde a escolha até a manipulação dos textos, o profissional tem um papel de extrema importância. Afinal, a arte de fazer uma composição de palavras não se resume apenas à organização visual do material.
É também sobre a experiência dos usuários (no caso, aquelas pessoas que vão ler a peça), já que informações que são inseridas de maneira confusa acabam prejudicando o contato deles com a marca — seja em um papel impresso ou em um site, por exemplo.

6. Comunicação

Hoje, o designer ajuda a comunicar a mensagem de uma empresa ou marca aos consumidores. No entanto, é preciso que haja comunicação também dentro da equipe.
Durante muito tempo, a comunicação, apesar de fazer parte do universo criativo, foi negligenciada por boa parte dos profissionais de criação. A aptidão de se comunicar com membros da equipe e até de motivar pessoas é importante para garantir colaboradores engajados e alinhados a um mesmo objetivo.
Portanto, hoje o profissional que trabalha com criação precisa também se ocupar em desenvolver esse potencial comunicativo. Obviamente, isso fará toda diferença no ambiente empresarial.

7. Inteligência emocional

Apontada como um dos pilares para qualquer profissional de sucesso, a gestão das emoções é uma capacidade que se faz cada vez mais necessária. Como vimos no início do texto, a transformação digital provoca mudanças abruptas e é preciso se adaptar, sabendo lidar com os problemas de forma racional.
Inclusive, muitas organizações têm investido nesse aspecto, tendo em vista que o emocional dos funcionários interfere diretamente em sua produtividade. Logo, passar por momentos desafiadores sem perder a resiliência deve ser também uma prioridade para os profissionais de criação.

8. Senso crítico

Para uma carreira de sucesso na área de Design, é fundamental desenvolver o pensamento crítico. Essa habilidade de reconhecer problemas e conseguir visualizar uma questão sob diferentes perspectivas é o que as empresas esperam de um bom profissional.

9. Estratégia de Marketing Digital

No cenário da expansão digital, é impossível ignorar a força dos canais online na comunicação. Dessa maneira, é preciso que o profissional entenda, mesmo que em menor escala, como funciona uma estratégia macro de Marketing Digital.
Muitas vezes, o designer ignora o todo e imagina que somente a criação é o seu universo. Porém, a criatividade é bem-sucedida quando associada a objetivos e estratégia. É preciso derrubar o mito de que essa função é pura inspiração sem um plano fundamentado.
Já com o Marketing de Conteúdo, o profissional consegue enxergar novas maneiras de contar uma história, servindo como referência no seu processo criativo. Entender a forma como o consumidor consome as informações é essencial para adaptar uma peça ao público-alvo estabelecido de forma certeira.
Como vimos, são diversas as habilidades que o profissional de criação pode adquirir ao longo da carreira para conquistar as melhores oportunidades e realizar sua função com excelência. Com tantas mudanças no mercado, quem se prepara com antecedência tem mais chances de ter seu trabalho reconhecido.
Gostou do texto, mas ficou com alguma dúvida? Conhece outra habilidade que o profissional de design pode ter para alcançar o sucesso na carreira? Então não perca essa oportunidade e deixe seu comentário logo abaixo! Esperamos por você!

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!