O que são soft skills e hard skills e por que você deve desenvolver?

As Empresas e o Mercado precisam de Profissionais cada vez mais completos, unindo soft skills e hard skills. Entenda o conceito e saiba como se preparar!(...)

Autor: Redação Impacta

Não pode ler esse artigo agora? Ouça a matéria no Player abaixo:

Habilidades e competências são termos que se referem à aptidão para realizar alguma ação. Nesse sentido, soft skills e hard skills são os nomes dados respectivamente às habilidades subjetivas e às capacitações técnicas de um profissional.

No passado, os avaliadores baseavam-se quase que somente na avaliação do que chamamos de hard skills. No entanto, com as evoluções do mercado, a técnica deixou de ser o único diferencial e passou a ser um imperativo, dando vez para as soft skills.

Se você quer se destacar no mercado de trabalho e se transformar em um profissional de sucesso, precisa entender o que são soft skills e hard skills e aprender a desenvolvê-las. Continue a leitura e confira!

Entenda o conceito de soft skills e hard skills

Hard skills são competências técnicas que os profissionais podem comprovar por meio de cursos livres, diplomas, testes práticos, certificados de qualificação, entre outros. É todo o aprendizado que ele adquiriu durante a vida e que pode ser demonstrado em aspectos mensuráveis ou tangíveis.

Essas competências são de fácil identificação e, muitas vezes, já constam no currículo dos candidatos. Dessa forma, há algum tempo, essa era a forma principal de as empresas selecionarem profissionais e confirmarem a capacidade para ocuparem determinadas funções e posições em uma equipe. No entanto, isso vem mudando bastante.

Já as soft skills são aptidões pessoais e intangíveis que os profissionais têm e não podem ser comprovadas nem identificadas por meio de certificações ou cursos. Para isso, é necessário ter uma convivência diária, realizar dinâmicas em grupo ou investir no bate-papo durante a entrevista realizada no processo seletivo.

São habilidades difíceis de serem avaliadas em um primeiro momento, por isso é importante ter a oportunidade de demonstrá-las além da apresentação do currículo. Afinal, pode ser que o profissional não tenha as principais características que a empresa procura. Para a empresa, contratar alguém com as características adequadas é mais proveitoso que treinar funcionários com frequência.

Diferenças entre soft skills e hard skills

Soft skills e hard skills se diferenciam especialmente pela forma de comprovar essas competências. Para identificar as primeiras, os recrutadores precisam ter um conhecimento mais profundo do candidato, com testes comportamentais e psicológicos que podem ser realizados até mesmo com o auxílio da inteligência artificial.

Convivência diária também é importante quando o assunto são soft skills, pois é nesse momento que conhecemos melhor alguém. Hard skills, por outro lado, são as qualificações que as empresas podem constatar mais facilmente.

No entanto, o que está escrito no currículo nem sempre representa a realidade. Ter feito algum curso ou ter o conhecimento sobre determinada ferramenta pode não significar que você é o candidato ideal para aquela vaga.

As competências do tipo soft skills são as que determinam o aspecto emocional dos profissionais e a forma como eles reagem às situações.

A importância dessas habilidades

Soft skills e hard skills são essenciais para um bom desempenho na carreira. Afinal, as mudanças impostas pelo mundo VUCA exigiram uma ressignificação do mercado de trabalho. Hoje, novas características profissionais são requisitadas e é preciso se adequar a esse contexto.

O mundo VUCA se refere a:

  • volatility;
  • uncertainty;
  • complexity;
  • ambiguity.

Ou seja, o mundo hoje é volátil, incerto, complexo e ambíguo. Nesse cenário, as empresas precisam trabalhar os talentos para garantir que as equipes estarão adequadas às novas necessidades do mercado.

É importante que os profissionais saibam lidar com o time ao seu redor e equilibrar as demandas com a capacidade de entregar resultados. É nesse momento que entram as soft skills e hard skills.

O equilíbrio entre essas habilidades é essencial. Conseguir mostrar para o futuro empregador que você tem um conjunto único de competências que o tornam melhor na sua área é o ideal e, em cada profissão, isso significará uma combinação específica de soft e hard skills.

soft_skills

As principais soft skills e hard skills a serem desenvolvidas

Como você pôde perceber, equilibrar soft skills e hard skills é muito importante para o desenvolvimento da sua carreira. A boa notícia é que essas habilidades profissionais podem ser adquiridas e aprimoradas durante a vida.

Conheça um pouco sobre as competências que você deve desenvolver para se destacar no mercado.

Soft skills

Soft skills se relacionam com habilidades mais subjetivas de cada pessoa e que relacionam com sua personalidade, valores, crenças e caráter. Esses aspectos influenciarão diretamente a forma como o profissional se relaciona com outros membros da equipe.

São exemplos de soft skills:

  • colaboração: é a capacidade de trabalhar junto de outros profissionais para gerar valor enquanto compartilha o mesmo espaço físico ou virtual;
  • resiliência: é a capacidade de adaptar-se às mudanças, superar obstáculos, lidar com problemas ou resistir à pressão de situações adversas;
  • inteligência emocional: é a capacidade de avaliar e reconhecer os seus próprios sentimentos e os dos outros. Quem tem essa habilidade sabe agir, pensar e sentir de forma consciente e inteligente, sem deixar que as emoções controlem sua vida;
  • proatividade: é o comportamento de responsabilização e de antecipação pelas próprias ações e escolhas frente às situações impostas pelo meio. Assim, é possível prever um problema e planejar soluções de forma independente, sem que seja necessário ter alguém para dizer o que fazer;
  • flexibilidade: é a capacidade de se adaptar às diferentes situações, o que demonstra uma mente aberta para novos desafios.

Hard skills

Como as hard skills podem ser aprendidas por meio de graduações, cursos, livros, treinamentos e outras atividades, é sempre importante investir na sua formação técnica.

Alguns exemplos de hard skills são:

Para se destacar no mercado de trabalho, apenas ser um especialista na sua área não é o suficiente. Equilibrar soft skills e hard skills é o segredo para mostrar que você é capaz de trabalhar em equipe, entender demandas, se autogerenciar e respeitar o cronograma de projetos.

Gostou das informações? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter para receber os melhores conteúdos diretamente no seu e-mail!

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!