O que é Computação Cognitiva e qual a relação com IA?

A Computação Cognitiva está presente em Muitos Projetos de Tecnologia. Entenda o que é e como ela se relaciona com a Inteligência Artificial!

Autor: Redação Impacta

“Onde a tecnologia vai parar?” — com tantos avanços e possibilidades que parecem surgir em velocidades cada vez mais impressionante, quem é que nunca se perguntou isso?

Como a missão das máquinas, sistemas e soluções digitais sempre foi basicamente otimizar as atividades humanas, é possível imaginar que o limite da tecnologia é o ponto no qual a atividade humana esteja completa em facilidades e funcionalidades.

Nesse contexto, uma das tarefas mais complexas para pesquisadores de todo o mundo é a possibilidade de máquinas atuarem por meio de aprendizado e experiência.

O desafio é fazer com que robôs sejam projetados para ter algo inerente à natureza humana: a cognição.

É com ela que o ser humano experimenta, aprende e se habitua. E essa já é a realidade dos estudos e testes em tecnologia e robótica atualmente, que investem na chamada computação cognitiva. Mas você sabe o que é? Confira a seguir!

O que é Computação Cognitiva?

Muitas vezes confundida com inteligência artificial, aprendizagem de máquinas e até mesmo com sistemas especialistas, a computação cognitiva é a ciência que estuda e aplica a tecnologia voltada à geração de conhecimento básico por meio da interpretação de dados e extração dos significados que eles transmitem.

Essa abordagem é um desdobramento avançado dos sistemas não estruturados, programáveis, nos quais os robôs agiam de acordo com comandos operacionais emitidos pelo homem.

Agora, a computação cognitiva prevê uma ação independente, com base no aprendizado experimental da máquina.

cognição

A cognição robótica já é uma realidade

O que antes era uma característica exclusiva dos humanos — o aprendizado, a inteligência, a interpretação do ambiente influenciando sobre as ações — agora também é uma possibilidade para equipamentos eletronicamente operacionalizados.

Com isso, a relação entre máquinas e humanos torna-se mais sensível. É como se fôssemos compreendidos e interpretados para soluções imediatas, que demandariam muito mais tempo e complexidade.

O impacto nas empresas

A computação cognitiva está na mira de empresas e instituições que precisam qualificar processos operacionais e métricas de resultados.

Quem quer arriscar, com previsibilidade e segurança, entendeu que essa tecnologia pode, e muito, oferecer fatores que otimizam e qualificam as tomadas de decisões.

Visto que a computação cognitiva pretende fazer com que máquinas consigam se aproximar o máximo possível da condição intelectual humana, tais organizações perceberam a oportunidade de atrelar essas ferramentas ao atendimento e prestação de suporte ao cliente.

Sistemas passaram a operar com base na análise de uma rede de dados e informações, oferecendo soluções práticas, rápidas e eficientes para tais necessidades. Assim, a relação empresa-cliente tornou-se mais satisfatória.

Entre os recursos da computação cognitiva, estão as interfaces de linguagem natural e a capacidade de monitorar sensores incorporados ao meio ambiente para captar mudanças.

Isso significa que esses sistemas apresentam condições de interpretação do ambiente, da necessidade do cliente e da forma de comunicar.

Tudo ocorre de acordo com aquilo que é percebido, analisado, e resulta em uma ação eficiente em relação aos aspectos que regem a demanda do mercado.

Qual é a relação entre IA e Computação Cognitiva?

A inteligência artificial é um produto da computação cognitiva, que, por sua vez, é um aperfeiçoamento do que a IA já iniciou.

Enquanto a primeira busca simular a capacidade humana de pensar, a computação cognitiva propõe o aprendizado da máquina, fazendo com que os sistemas tenham condições de corresponder às demandas dos usuários.

A computação cognitiva ainda integra muitas outras abordagens, como:

Deu pra entender um pouco melhor como funciona a computação cognitiva? O fato é que essa será uma tendência cada vez mais forte nos próximos anos, possibilitando uma relação altamente sensível entre homens e máquinas.

Esse segmento está em constante crescimento e, para quem se interessa, investir em especialização nessa área é uma ótima forma de garantir seu espaço no mercado de trabalho!

Deixe suas dúvidas e sugestão nos comentários e inscreva-se na nossa newsletter para não perder nenhuma dica.

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!