Entenda como big data está revolucionando 5 diferentes mercados

As pessoas ainda precisam entender melhor as ferramentas incríveis que vieram com força total para potencializar informações na rede. Esse é o caso (...)

Autor: Rogério Ramalho

Que a tecnologia veio para ficar isso você já sabe, certo? Mas o que muitas pessoas  ainda precisam entender melhor são as ferramentas incríveis que vieram com força total para potencializar informações na rede. Esse é o caso do big data, que é um enorme conjunto de dados que são armazenados diariamente pelas empresas em geral.
E como ela funciona na prática? Imagine que a todo momento alguma situação está acontecendo em um serviço, companhia ou uma simples navegação na internet. Em cada momento desses são capturados e aglomerados dados de acesso, demandas, solicitações e preferências, podendo ser transformados em fontes de informação sobre perfis, por exemplo.
Esse conjunto de dados pode fazer uma verdadeira revolução nas relações com as pessoas. Interessante, não é mesmo? Então, veja abaixo como o big data funciona em diferentes áreas!

1. Bancos

Bancos são, sem dúvidas, um dos melhores mercados para o big data. São milhares e milhares de pessoas que usam os serviços de bancos ao redor do mundo, quase que o tempo todo. Isso gera centenas de informações e dados, que variam de todas as formas. Essas informações são importantíssimas para as mais variadas finalidades e podem fazer a total diferença.
Como assim? Para você ter uma ideia, os dados recolhidos nos bancos e instituições financeiras podem vir de várias frentes, como: no histórico de transações, na ficha cadastral, em dados geográficos e demográficos, além de referências externas com os serviços de proteção ao crédito — como o SPC.
Depois, as oportunidades de negócios e benefícios para essas empresas é enorme, quase que incalculável. Mas, para ficar mais fácil de entender, é possível gerar informações necessárias para que os bancos consigam a aprovação de crédito dos clientes quase que imediata, fazer a análise de mercado em tempo real, detectar fraudes e analisar o risco de crédito. Bom, não é?

2. Saúde

Quem disse que o big data também não pode fazer uma grande diferença na área da saúde? Aliás, diga-se de passagem, essa é um dos segmentos que a tecnologia mais pode ajudar e contribuir. Por exemplo, quantas vezes você já teve que dar as mesmas informações quando se consultou? Já pensou se tudo isso estivesse armazenado em um banco de dados?
Pois é, a tecnologia evolui dia após dia com foco em reunir as mais importantes informações de pacientes para, com isso, gerar dados essenciais e que podem até mesmo prevenir situações e quadros de saúde. O prontuário médico é só uma das pontas onde os dados podem ser recolhidos e formarem perfis de cada paciente. Basta saber usá-lo.
E os benefícios? Além desse que já citamos, espere uma completa análise de dados genéticos, a descoberta de doenças e seus possíveis tratamentos, o desenvolvimento de um mapa da saúde baseado em dados do seu histórico, efeitos de medicamentos e tratamentos que deram ou não certo e por aí vai. A medicina realmente é favorecida com o big data!

3. Marketing

Eis aqui mais um excelente exemplo de área em que o big data atua fortemente e traz benefícios incríveis. O marketing é um dos segmentos mais conhecidos do mundo todo e parte importante da engrenagem do mercado em geral. É aqui que muita coisa é decidida e até mesmo lançada como tendência, influenciando milhões de opiniões em todos os lugares.
E como isso pode ser feito? Tudo começa com informações que as pessoas mesmo fornecem a vários setores, como em pesquisas de mercado, conteúdos que são gerados pelos clientes, dados geográficos e demográficos, informações vindas dos concorrentes, entre tantas outras formas que possam gerar números importantes para o marketing.
Com isso em mãos, ou no computador para ser mais exato, as vantagens do big data para o setor são enormes. Essas informações são capazes de ajudar na segmentação de mercado, na otimização dos recursos publicitários, na descoberta de novos nichos de mercado, bem como sua demanda, na identificação de tendências e, principalmente, no desempenho da marca!

4. Recursos humanos

O big data, como dissemos, é um conjunto de informações sobre qualquer assunto, pessoa, situação etc. Trazendo isso para áreas do mercado como o de Recursos Humanos, é surpreendente como a tecnologia pode potencializar resultados, reforçar análises e ajudar no momento de recrutamento e seleção de um candidato, por exemplo.
E sabe como as informações desse profissional podem ser reunidas? Através de plataformas como as redes sociais, históricos profissional e experiências no currículo, além de cadastro dessas pessoas nas mais variadas redes e empresas. Aqui, inclusive, vale um adendo: não pense que uma vez registrado em determinado lugar, isso não possa ser compartilhado, viu?
Mas, e na prática, como o big data pode ajudar o RH a escolher o candidato que realmente se enquadre naquela vaga em aberto? Com os dados acessíveis do profissional, é possível ter uma avaliação do perfil para um cargo em específico, critérios para promoção e até mesmo demissão e, em situações mais gerais, o big data é essencial no remanejamento de recursos.

5. Educação

Até agora você viu situações mais voltadas para serviços e necessidades, certo? Pois chegou o momento de saber que até para a educação o big data traz benefícios que atuam ativamente no desenvolvimento educacional de todas as pessoas. Com a tecnologia é possível traçar um histórico de aprendizado em que é notado onde o aluno melhorou ou piorou.
Quer mais? Imagine que seja altamente real o fato de poder criar uma educação totalmente personalizada e com foco no que o estudante precisa e necessita — ainda com objetivos claros e um bom caminho a ser seguido, visando o sucesso escolar. Melhor, o big data pode prevenir a evasão escolar, prevenindo algumas possibilidades nesse sentido.
Você consegue perceber agora como o big data pode ajudar bastante em alguns segmentos do mercado? Aqui foram listadas apenas 5 áreas, mas ela atinge muito mais do que isso, as possibilidades são infinitas! Essa ferramenta é uma das grandes tendências tecnológicas que vieram para ficar e estão dia após dia presente nas empresas. Que tal aprender mais sobre isso e investir em você e no seu conhecimento?
Ajude outras pessoas a também conhecerem sobre o big data, compartilhe este post nas suas redes sociais! Aproveite também e conheça a nossa pós-graduação em Big Data e Business Analytics.

1 Comentário

    Deixe o seu comentário!

    Não perca nenhum post!