Tecnologia e robótica: por que se preparar para a área?

A tecnologia robótica está sendo, cada vez mais, implementada na sociedade, principalmente no mercado de trabalho de hoje em dia. A novidade está deixando (...)

Autor: Bruno Silva Saes

A Indústria 4.0 é a grande responsável pelas transformações em toda a cadeia produtiva, desde as áreas de projetos até a estrutura interna das empresas. Tecnologia e robótica estão movimentando o mercado, trazendo soluções capazes de elevar a produtividade e estimulando os negócios.
A maior vantagem dos robôs é que eles podem ser usados em atividades perigosas e insalubres, permitindo que os profissionais coordenem as tarefas de um ambiente seguro, sem que haja risco para a saúde. Como as máquinas realizam os trabalhos mecânicos e repetitivos, os funcionários conseguem focar o atendimento humano em questões mais complexas e que exigem maior discernimento.
Continue a leitura e entenda como tecnologia e robótica se relacionam, como está o mercado de trabalho e quais são as profissões de destaque na área!

Entenda o que é a tecnologia robótica

Tecnologia não é um conceito simples de ser definido. As transformações tecnológicas começaram a influenciar o setor industrial de forma direta a partir da Indústria 4.0. O termo engloba as principais inovações das áreas de automação, TI e controle, aplicadas ao setor de manufatura.
Nesse contexto, a robótica tem ganhado destaque. Ao contrário dos computadores — que precisam da intervenção humana para que possam executar uma função — os robôs podem realizar uma tarefa complexa e completa, de forma repetitiva, sem a necessidade de um profissional presente o tempo todo para operá-lo.
Apesar de dependerem de parâmetros de calibragens e ajustes, os robôs assumem um cargo próprio em determinados processos e atuam de forma mais independente. Por esse motivo, muitas pessoas ainda acreditam que a tecnologia robótica e a Inteligência Artificial serão capazes de acabar com os postos de trabalho em diversos setores das indústrias.
De fato, em algumas situações, a fronteira entre as atividades humanas e robóticas pode se tornar abstrata. No entanto, na prática, os robôs jamais ocuparão definitivamente o lugar das pessoas em determinadas tarefas.
O provável é que as responsabilidades humanas sejam redirecionadas a processos que realmente depende de profissionais, especialmente os criativos. Podemos citar como exemplo a programação das máquinas e o gerenciamento de suas atividades.

A tecnologia robótica e o mercado de trabalho

Existem muitas previsões sobre como a Inteligência Artificial vai modificar a forma que as pessoas exercerão suas funções no futuro. A projeção para 2021 é que a tecnologia de automação robótica substitua cerca de 4,3 milhões de profissionais em diversos setores de todo o mundo.
A expectativa é que tarefas repetitivas deixem de ser de responsabilidade direta dos trabalhadores e sejam assumidas pelos robôs. Com isso, novas demandas por outros serviços serão criadas, especialmente aqueles que são menos desgastantes fisicamente.
É importante destacar que a tecnologia não afeta a economia de forma negativa, pois as inovações aumentam a produção e sua qualidade. Assim, os gestores e administradores devem investir os recursos obtidos no capital humano e buscar melhorar sua capacitação para aumentar a margem de lucro dos produtos.
Além de garantir mais rendimentos para as empresas, isso mantém o poder de compra das pessoas para que a economia continue em movimento.
É fato que o Brasil já automatiza a sua linha de produção com robôs e Inteligência Artificial. No entanto, o país ainda precisa avançar em muitos setores para elevar sua posição em escala global. Para isso, é necessário investir no desenvolvimento de soluções mais integradas à demanda de diversos segmentos.
Como exemplo, estão as necessidades das empresas de pequeno e médio porte, que precisam de mais incentivos fiscais e regulamentação governamental. Afinal, o cenário futuro é promissor e atrai o interesse de muitos investidores.
Um ponto importante é que, conforme a robótica e a Inteligência Artificial crescem, aumentam também as oportunidades de emprego no setor. Porém, o Brasil apresenta uma carência de programadores, engenheiros, cientistas de dados e técnicos qualificados com especialização para atuarem com robôs. Por isso, é comum que os grandes consumidores de robótica contratem mão de obra do exterior.
Conheça as principais áreas em que a tecnologia robótica pode ser aplicada.

Indústrias

O ambiente de trabalho em galpões e fábricas oferece muitos riscos para a saúde dos trabalhadores. Qualquer escorregão ou falta de atenção pode causar acidentes, paralisando a produção ou ocasionando a perda de vidas.
Além disso, muitas atividades fazem com que o potencial do profissional não seja bem aproveitado. Outro ponto negativo é que o responsável por essas funções pode ficar desconfortável e estressado, além de correr o risco de desenvolver lesões.
Nesse sentido, a aplicação de práticas que aumentem a segurança de todos é imprescindível — e a robótica consegue ajudar. O uso de robôs e máquinas permite a criação de processos mais rápidos e eficientes. A grande vantagem é que eles podem ser programados para trabalhar durante longos períodos, sem que a qualidade da produção diminua.

Medicina

Diversos hospitais do mundo já realizam a cirurgia robótica. Muitas patologias são tratadas com técnicas que causam menos dor e trauma aos pacientes, graças ao uso de sistemas de automação e robôs.
A utilização dessa tecnologia também permite que os procedimentos cirúrgicos sejam realizados a distância. As intervenções são precisas e não estão sujeitas à possibilidade de falhas humanas.

Profissões no campo da robótica

As principais profissões na área da robótica estão relacionadas com campos de Big Data, Internet das Coisas, Realidade Virtual e Aumentada, Impressão 3D, Mídias Sociais, Machine Learning, Computação em Nuvem e Inteligência Artificial. Conheça algumas opções para atuar no futuro.

Arquiteto de soluções

O arquiteto de soluções entende os problemas da empresa e propõe os melhores recursos tecnológicos, de acordo com as necessidades do negócio. O profissional ajuda gerentes e programadores no planejamento e desenvolvimento de projetos de qualquer tipo.

Engenheiro de serviços

Esse profissional da tecnologia é responsável por realizar vistorias e elaborar propostas técnicas voltadas à prospecção de novos negócios. Ele também organiza o planejamento operacional e estratégico, além de buscar parcerias para a realização dos serviços oferecidos pela empresa.

Desenvolvedor de automação e robótica

Esse profissional é responsável pela manutenção de processos automatizados ou pela criação e execução de projetos. O desenvolvedor deve ter experiência com linguagens de programação e saber monitorar e otimizar robôs industriais.
Para ter destaque na área de tecnologia e robótica, é fundamental contar com bons conhecimentos técnicos. Para isso, procure cursos voltados para esses segmentos, como a pós-graduação em Engenharia Robótica. Assim, você desenvolve as suas habilidades e obtém uma qualificação de alto nível.
Quer se preparar para o mercado de trabalho em uma instituição comprometida com a qualidade do ensino? Então, entre em contato conosco e conheça nossas ofertas de cursos!

5 Comentários

    Deixe o seu comentário!

    Não perca nenhum post!