Gatsby: Saiba o que é e por que usar o framework no seu Front End

O Gatsby ou GatsbyJS é um framework quem vem facilitando a vida de desenvolvedores Front End. Conheça e saiba como e quando usar!

Autor: Redação Impacta

Foi-se o tempo em que o desenvolvimento de um site ou app precisava ser uma tarefa extremamente complicada e exaustiva. Com o avanço da tecnologia, atualmente há uma série de ferramentas que facilitam e muito essa tarefa. Entre elas, uma das que têm se destacado é o GatsbyJS.

Este framework é utilizado em especial pelos que necessitam de um blog ou site que responda bem aos padrões de SEO. Isso porque o Gatsby apresenta uma facilidade maior na construção do site, bem como uma maior velocidade no carregamento do mesmo por navegadores. Mas não é só isso.

Você  provavelmente deve estar querendo saber mais sobre o Gatsby e as vantagens de utilizá-lo na construção do seu site. Não se preocupe, vamos te explicar tudo neste post: o que ele é, para que serve e como funciona. Então, fica com a gente!

O que é Gatsby?

O Gatsby ou GatsbyJS, como também é conhecido, é um framework escrito em Javascript e com código aberto. Essa ferramenta é gratuita e permite um desenvolvimento mais rápido e eficiente para sites e aplicativos. Justamente por isso, ele é bastante aproveitado por portais que necessitam de um carregamento veloz para se posicionar no SEO.

O motivo para essa facilidade em elaborar ou carregar sites e apps Web é porque o GatsbyJS é um SSG (Static Site Generator ou em português gerador de sites estáticos).

O que significa que, ao utilizar esta ferramenta, cria-se sites estáticos, ou seja, páginas que não precisam carregar informações novas toda vez que são acessadas.

Para que serve o Gatsby?

Como já falamos, o Gatsby é uma ferramenta que permite a criação de sites estáticos de maneira gratuita. Ele serve especialmente bem para aqueles que necessitam de:

  • Sites de fácil carregamento;
  • Páginas de Web otimizadas para o SEO;
  • Sites responsivos;
  • Sites de fácil desenvolvimento;
  • Páginas que não precisam ter seus dados atualizados constantemente.
Gatsby

O GatsbyJS no Front End

Quando falamos em usos do Gatsby no desenvolvimento de sites e apps Web, o emprego mais comum da ferramenta é no Front End. Para aqueles que não estão familiarizados com esse termo, ele representa a “cara” da página acessada. Nessa etapa da construção é que se converte os dados e códigos em uma interface gráfica.

Um exemplo dessa modalidade de uso é um blog que utiliza o WordPress com CMS para o back end e o Gatsby no Front End. Com a primeira ferramenta é possível cadastrar e gerir os conteúdos da página Web, enquanto que com a segunda ferramenta é possível apresentar o conteúdo para o usuário.

Isso pode acontecer porque o GatsbyJS se utiliza da tecnologia GraphQL. Essa ferramenta facilita a integração entre o back-end e o front-end.

Ao tirar a necessidade do desenvolvedor criar um API para cada parte do banco de dados, ela acelera todo o processo de construção da página Web.

Como funciona o Gatsby

Agora que já conhece o Gatsby, é momento de saber como a ferramenta funciona. De maneira simplificada, pode-se resumir o funcionamento do GatsbyJS em três etapas básicas, ainda que dentro delas possam existir outros processos ainda menores. Conheça cada uma:

Data Source

Esta é a primeira etapa no desenvolvimento de uma página Web por meio do Gatsby. Ela consiste na fonte de dados que será utilizada. Através de sua leitura, a ferramenta será capaz de construir as funcionalidades do site na próxima etapa.

Building

Após a execução do ponto anterior, vem a segunda etapa básica do desenvolvimento no Gatsby. Ela consiste na incorporação dos códigos Javascript, CSS e HTML que serão necessários na construção das páginas Web.

Deploy

Por fim, é o momento da última etapa básica do desenvolvimento no Gatsby conhecida como deploy. Ela consiste na entrega dos arquivos estáticos gerados na etapa anterior e na visualização da página na Web.

Vantagens do GatsbyJS

O Gatsby é uma ferramenta que vem se popularizando nos últimos anos e sendo empregada por diversas empresas na construção de seus sites. Essa popularidade não é por acaso, já que ele é capaz de oferecer vantagens na elaboração de páginas para Web.

A ferramenta é capaz de trazer maior praticidade e facilidade no processo de desenvolvimento de páginas Web. Por isso vamos te falar algumas das vantagens no uso do GatsbyJS:

Versatilidade

Esta é uma vantagem muito interessante e que facilita bastante o processo de construção de um site. O Gatsby é capaz de ler dados das mais diversas bases. Dessa forma, você pode escolher utilizar a que mais está habituado sem problemas, seja CMS, Markdown ou qualquer outra.

Essa capacidade de ler códigos de diversas bases de dados também se reflete na versatilidade de uso da ferramenta. Embora seu uso mais recorrente seja no front end de blogs, algumas empresas já a utilizam em e-commerces e em outros sites empresariais.

Velocidade

Uma das vantagens mais procuradas ao se utilizar o GatsbyJS é a velocidade que ele oferece ao carregamento do site. Como trata-se de um SSG, as páginas Web criadas por ele são estáticas e não necessitam contatar o servidor a cada novo acesso de um usuário.

Esse é um ponto importante, pois um dos fatores de rankeamento do Google é a velocidade de carregamento de um site. Isso significa que quanto mais rápido as informações de uma página são carregadas, mais chances ela tem de aparecer entre os primeiros resultados orgânicos das buscas.

Segurança

A segurança é um fator muito importante para páginas Web, tendo em vista os ataques cibernéticos e os hackers.

A boa notícia é que a estrutura estática utilizada pelo Gatsby para criar os sites dificulta a ação dos invasores em acessar os arquivos. Sendo assim, a ferramenta é uma ótima opção para quem trabalha com dados pessoais sensíveis.

Compatibilidade

Ao se elaborar um website, uma das preocupações é com o servidor que será utilizado para hospedá-lo. É comum haver incompatibilidades entre o servidor escolhido e a tecnologia utilizada na construção das páginas Web, o que limita a possibilidade de escolha entre os serviços.

Com o desenvolvimento em GatsbyJS, esse problema deixa de existir. Ao elaborar um site neste framework, a página é compatível com os mais diversos servidores. Nesse sentido, aumentando a possibilidade de escolha e diminuindo custos oriundos da hospedagem.

Gostou do conteúdo? Quer saber mais sobre desenvolvimento? Conheça nosso material gratuito e Descubra mais sobre o mundo do desenvolvimento de software e mobile

Deseja receber mais informações sobre tecnologia e carreira? Assine nossa newsletter!

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!