13 Perguntas de Entrevista de Emprego para você já ir preparando suas respostas!

Confira algumas das perguntas mais comuns em Entrevista de Emprego e saiba como respondê-las para se destacar com os recrutadores!

Autor: Redação Impacta

Com o mercado de trabalho cada vez mais competitivo, os processos seletivos das empresas também estão ainda mais exigentes, já reparou?

Para se dar bem nesse cenário, a dica é uma ótima preparação, inclusive para responder às perguntas de entrevista de emprego que podem – e devem – ser feitas pelos recrutadores.

Mas como se preparar se você não sabe o que o entrevistador irá perguntar? 

É claro que não há uma receita pronta para os processos seletivos, ainda mais em mercados distintos, mas algumas dessas questões são bem parecidas – já que o objetivo por trás deles costuma ser o mesmo: conhecer o candidato.

Pensando nisso, chegamos a 13 perguntas mais comuns em entrevistas de emprego. E, agora, as apresentamos para que você entenda a melhor forma de respondê-las para conquistar os seus objetivos profissionais. Confira! 

13 Perguntas de Entrevista de Emprego para você responder

Por mais que algumas possam parecer clichê, essas perguntas são importantes para a empresa entender se o seu perfil profissional é adequado para a vaga e para a cultura do negócio. 

É por isso que é preciso respondê-las com sinceridade e certa espontaneidade para que não pareça um discurso decorado, superficial ou – no pior dos casos – falso. Vamos ver quais são?

1 – Você pode nos contar um pouco sobre você?

Essa simples pergunta não traz nenhuma resposta simples. Afinal, é comum que os entrevistados respondam apenas sobre aspectos da vida pessoal ou relatem exatamente tudo o que está no currículo.

O indicado é que você fale sobre as principais fases da sua carreira, realizações, experiências e características profissionais. A dica é escolher dois ou três dos principais pontos de destaque que te tornam apto para a vaga pretendida. 

2 – Você já conhece a EMPRESA, o que sabe sobre nós?

Nesta pergunta, o recrutador quer saber se você estudou a vaga e o quanto está alinhado com a empresa. Por isso, vá além da apresentação ou descrição disponível no site do empregador. 

Procurar conhecer como é o trabalho da empresa na área em que você está se candidatando ou mesmo mostrar que entendeu os objetivos e valores da empresa, podem te ajudar a se destacar na hora da entrevista.

3 –  Por que você quer trabalhar para nós?

Com base no preparo da pergunta anterior, você já saberá como responder a essa questão com confiança. 

Destaque os fatores principais que tornam a oportunidade ideal para o que você busca como profissional nesse momento.

Você pode usar exemplos do cargo ou mesmo da cultura ou atuação da empresa, respondendo algo como: “Eu sempre tive o desejo de atuar com marketing digital, pois…” ou “Meu objetivo é ter uma oportunidade em uma empresa que valoriza aspectos como…”. 

4 – Por que devemos te contratar para essa vaga?

Esta é uma das perguntas mais difíceis de se responder, pois é importante convencer que, além de estar preparado para o trabalho, você pode ajudar a trazer mais resultados e que está alinhado com o que a empresa espera.

A dica aqui é descrever as suas principais habilidades e experiências que o qualificam para contribuir da melhor forma com o trabalho.

5 – Quais são os seus principais pontos fortes e fracos?

Essas duas perguntas costumam deixar muitos candidatos desconcertados, já que, convenhamos, não é nada fácil falar de si. 

Mas tenha em mente que os recrutadores estão analisando muito mais a sua capacidade de autoconhecimento e a sua honestidade do que procurando uma resposta correta. Por isso, fuja dos “perfeccionismo demais” como ponto fraco, ok?

É importante apontar os seus pontos fortes e fracos verdadeiros, escolhendo os termos com cuidado para não acabar de vez com as suas chances na vaga. 

Por exemplo, ao invés de falar que você “lida bem com pessoas”, você pode dizer que “sabe construir relacionamentos”. 

Já no lugar de contar que “não gosta de se apresentar em público”, você pode dizer que “possui dificuldades de falar em público, mas que está trabalhando esse ponto, pois sabe da sua importância”.

6 – Qual você considera a sua maior conquista profissional?

Para responder essa pergunta pense em alguma tarefa ou projeto em que você participou que trouxe o resultado esperado – ou que superou as expectativas. 

Uma dica para construir sua resposta da melhor forma, é usar a técnica STAR: Situação – Tarefa – Ação – Resultado.

Veja um exemplo de aplicação da STAR nesse contexto: “No meu último emprego como CARGO, eu tinha a tarefa de ATIVIDADE e fazendo AÇÃO e AÇÃO, alcançamos X% de RESULTADO”. 

7 – Qual foi o seu maior desafio da carreira e como você o enfrentou?

O objetivo desta pergunta é identificar características como resolução de problemas, pro-atividade e comunicação.

Por isso, pense em alguma situação real em que você utilizou habilidades como essas para chegar a uma boa solução para o problema. 

Para contar essa história, a técnica STAR citada na dica acima, pode ser muito útil.

8 – Onde você se vê daqui a cinco anos?

Acredite, o entrevistador não quer saber qual carro você terá ou se já estará casado em 5 anos.

Geralmente, o objetivo dessa pergunta é saber se as expectativas do candidato estão alinhadas com a vaga e a empresa.  

É importante demonstrar ambição, mas apresentar aspirações realistas é ainda mais. Por isso, a dica é pesquisar bem a vaga e a empresa para pensar nas possibilidades de crescimento em médio prazo.

9 – Você trabalha bem em equipe?

Uma das soft skills mais valorizadas nas empresas atualmente, o trabalho em equipe é fundamental para diversas áreas. Por isso, essa pergunta é bastante comum nas entrevistas.

Para respondê-la, entretanto, um simples “sim” não vai dizer muita coisa para os entrevistadores. A dica é contar exemplos de atividades e projetos que realizou em equipe e de como se saiu.   

10 – Por que você está deixando seu emprego atual?

Uma das perguntas mais delicadas que podem aparecer em um processo seletivo é esta. Isso porque muitos candidatos aproveitam o momento para desabafar sobre o seu descontentamento na empresa.

Não é isso que interessa ao recrutador e pode, inclusive, causar uma má impressão sobre você.

A dica é ser honesto sempre, porém valorizando mais as oportunidades e conhecimentos que você terá na nova vaga e que não tem no emprego atual. 

Por exemplo, eu invés de reclamar do antigo chefe, você poderia dizer algo como “Eu vejo aqui uma ótima oportunidade para atuar com projetos de XXXX com maior participação e autonomia, o que eu não tenho atualmente…”

11 – Como você lida com pressões ou situações estressantes?

Mais do que responder que “lida bem” ou que “é tranquilo para lidar com pressão”, o ideal é narrar exemplos de situações assim, mostrando como você se porta.

Conte como você faz para se organizar e manter o foco e a produtividade durante essas situações extremas.

12 – Quais são as suas expectativas de salário?

Esta também é uma pergunta incômoda para muitos candidatos. Afinal, como saber se a sua pretensão salarial está acima ou abaixo do que a vaga oferece? 

Se você está empregado, uma dica é considerar o quanto você gostaria de receber de aumento para valer a pena a troca de empresa. 

Outra dica importante para te dar uma base é pesquisar as médias salariais do cargo na sua região. Sites como da Michael Page e listas divulgadas na internet, como essa aqui no Blog Impacta, podem ajudar!

13 – Você tem alguma pergunta?

Geralmente a última pergunta feita na entrevista, essa pode ser uma oportunidade de mostrar o seu real interesse pela vaga e, claro, tirar dúvidas que possam ter ficado durante o processo.

Uma dica é aproveitar a pergunta como um gancho para algum ponto conversado durante a entrevista e mostrar que você está realmente animado para colaborar. 

Exemplo: “Você citou que estão em expansão, pode me contar algo sobre os planos e cronograma de crescimento da empresa?”.

Agora que você já conhece algumas das principais perguntas feitas na entrevista de emprego, só falta começar a se preparar e buscar as oportunidades que sempre sonhou, não é mesmo? 

Esperamos que o artigo ajude na sua preparação. Boa sorte!

1 Comentário

    Deixe o seu comentário!

    Não perca nenhum post!