Você sabe como trabalhar a cultura organizacional em PMEs?

Mesmo em PMEs, a cultura organizacional define uma séria de valores e práticas que podem influenciar bastante na produtividade da equipe. Saiba mais aqui!(...)

Autor: Redação Impacta

É comum que os empreendedores se perguntem sobre como podem fazer o seu trabalho de forma mais produtiva, pensando, muitas vezes, que os colaboradores não estão dando o seu melhor em prol dos projetos. Mas, apesar de existir mesmo essa chance, o problema pode estar na cultura organizacional que é promovida dentro da empresa.
Esse conceito, abordado com certa frequência no ramo empresarial, abarca na verdade um conjunto de paradigmas que a companhia segue, envolvendo, dentre outras coisas, a sua maneira de falar e agir.
Apesar de não parecer uma questão de tanta relevância, ela se mostra muito necessária para pequenas e médias empresas, podendo influenciar bastante na produtividade das equipes, se conduzida da forma correta.
Sendo assim, para auxiliar na melhoria da produtividade da sua PME, trataremos neste post a cultura organizacional com mais detalhes, explicando a sua importância para a companhia e como trabalhá-la corretamente. Acompanhe!

O que é cultura organizacional?

De modo mais detalhado, a cultura organizacional é um conjunto de valores e crenças que auxiliam uma equipe a tomar decisões pela companhia sem a necessidade de consultar os seus fundadores.
É essa cultura o que mantém todos os colaboradores trabalhando em prol dos mesmos objetivos e ideais, além de ser a responsável por atrair novos membros que partilham da mesma visão e valores.
É importante notar que, por ser fundamentada em crenças e valores, a evolução dessa cultura geralmente é mais complexa e, muitas vezes, demanda mais tempo do que evoluções de caráter estratégico, por exemplo.

O que uma cultura organizacional abrange?

A cultura organizacional de uma companhia é gerada a partir das ideias e valores do seu próprio fundador, bem como os motivos que o levaram a criar a instituição em questão. Logo, toda empresa tem uma cultura, desde o início.
A partir daí, ela abrange toda a empresa, desde os seus objetivos e metas até o seu modo de planejar, trabalhar e se expressar com o público.

Qual é a sua importância para uma PME?

À medida que uma companhia se desenvolve, sua cultura organizacional passa a ser um ponto cada vez mais importante para que ela possa se destacar e alcançar sucesso no mercado.
Nesse mesmo cenário de crescimento, também se torna extremamente desafiadora a tarefa de manter os ideais e a missão da companhia presentes nas atividades dos seus colaboradores.
Isso ocorre pois, com o passar do tempo e a evolução do negócio, das estratégias e ideias dos fundadores, o número de funcionários cresce, e novos processos são incorporados. Assim, é importante ter meios de se certificar de que a cultura da empresa será mantida e acompanhará o crescimento da companhia.

Como trabalhar a cultura organizacional na empresa?

Saiba trabalhar a cultura organizacional em PME

1. Defina os ideais da companhia

Este é o ponto de partida para que se possa planejar grandes projetos: chamar a atenção de colaboradores realmente envolvidos e ter orgulho daquilo que o seu negócio representa.
Entretanto, a simples definição da missão, visão e valores da empresa não é o suficiente, uma vez que é preciso aplicar em suas atividades aquilo que é anunciado para clientes e investidores. Para tal, é necessário trabalhar em conjunto, com toda a equipe, de modo que todos possam desempenhar suas funções em prol do mesmo objetivo.
De acordo com Marcus Marques, especialista em gestão e aceleração empresarial, todas as companhias precisam separar tempo para definir essas questões, já que elas definem o rumo estratégico a ser tomado, desde a integração das operações até a motivação do time.
E isso se aplica principalmente às pequenas e médias empresas.

2. Trabalhe o intraempreendedorismo

Quando todo o time está em sintonia, fica muito mais simples criar uma cultura organizacional voltada para o empreendedorismo, em que cada um dos membros tenha um compromisso com o sucesso da empresa, independentemente do seu nível hierárquico ou cargo.
Marques também salienta que não é necessário ser dono de uma companhia para ter mente empreendedora e se comprometer com os resultados de um negócio.

3. Estimule a autonomia da equipe

Um time trabalha melhor quando não depende de alguém supervisionando todas as atividades executadas. A autonomia, nesse contexto, é a capacidade de tomar decisões importantes de modo independente, sem ter que aguardar por comandos ou orientações a todo instante.
Uma equipe com essa característica também tende a refletir melhor a cultura corporativa em vigor, já que depende desses conceitos para tomar suas decisões, em vez de, simplesmente, seguir ordens.

4. Crie novos coordenadores

Trabalhar a cultura de uma empresa é um eterno ciclo, que precisa ser estimulado diariamente dentro do ambiente corporativo.
Considerando isso, a área de RH e demais chefes de setor precisam estar sempre atentos, detectando e trabalhando no desenvolvimento de novos líderes, os quais serão responsáveis por espalhar os valores e propósitos da empresa nos anos seguintes.
Nesse sentido, Marques ressalta que a sustentabilidade de uma cultura empresarial — e mesmo da companhia — ao longo dos anos depende desse trabalho de desenvolvimento dentro do ambiente, em que novos líderes compatíveis com o perfil idealizado no início surgirão de forma natural.

5. Dê espaço para todos os envolvidos

Falamos anteriormente sobre a importância da autonomia das equipes nas tomadas de decisão da empresa. Afinal, isso facilita o desenvolvimento de atividades e agiliza processos.
Entretanto, ter essa autonomia não significa que tudo será feito de forma independente, sem se debater com outros membros e diretores ou procurar colher feedbacks sobre como determinada atividade pode ser otimizada.
Para que haja eficiência nesse aspecto da cultura empresarial, é necessário ter uma equipe totalmente confiável, tanto em desempenho e capacidade de entrega de resultados quanto no alinhamento com a visão, missão e valores da companhia.

6. Incentive a equipe a inovar

Companhias de sucesso e com fortes culturas organizacionais estimulam a criatividade e a inovação no ambiente de trabalho, dando espaço a todos os colaboradores que querem compartilhar suas ideias. Além disso, essas empresas encaram os erros como oportunidades de aprender e evoluir, aprimorando seus projetos e processos constantemente.
Por fim, dar atenção a todos os insights da equipe, além de proporcionar a chance de novos ganhos e oportunidades de mercado, faz com que os envolvidos se vejam como parte de um projeto ou propósito mais amplo. E isso é fundamental dentro de qualquer empresa.
E aí, gostou de saber como trabalhar a cultura organizacional em uma PME? Então aproveite agora para curtir a nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as novidades!

1 Comentário

    Deixe o seu comentário!

    Não perca nenhum post!