6 dicas para manter a produtividade com o Home Office

O chamado Home Office não é uma novidade para muitos profissionais, mas para a maioria dos trabalhadores, manter a produtividade são grandes desafios.(...)

Autor: Redação Impacta

Com o avanço da pandemia do novo coronavírus no Brasil, muitas medidas estão sendo tomadas para diminuir o impacto de contaminação entre as pessoas. Nesse sentido, uma das mudanças de maior importância para profissionais e empresas está justamente na forma de trabalho.
Para evitar aglomerações e a locomoção pelas cidades, a recomendação das autoridades de saúde é de ficar em casa, mesmo se estiver saudável, fazendo com que as empresas iniciem uma verdadeira corrida para permitir que seus funcionários trabalhem remotamente.
O chamado Home Office não é uma novidade para muitos profissionais e empresas, mas para a maioria dos trabalhadores e empresários, seguir as indicações de contenção do vírus com a liberação do trabalho remoto e manter a produtividade do negócio são grandes desafios.
Quer saber como aliar tudo isso e conseguir ser produtivo no home-office? Confira o artigo completo, mas antes vamos falar um pouco mais sobre o vírus causador de toda essa crise mundial.

O que é o novo Coronavírus?

Ao contrário do que pensam, o Coronavírus não apareceu agora somente. Esse vírus vive conosco desde os anos de 1960 e causa doenças respiratórias em seres humanos e animais, sendo a maioria sintomas leves, como um resfriado comum.
Outros dois tipos de Coronavírus geraram surtos em todo o mundo:

  • O SARS (Severe Acute Respiratory Syndrome) –  Teve os primeiros relatos em meados dos anos 2002, na China, contaminando cerca de 8.000 pessoas e causando a morte de 800 antes de ser controlado em 2003. Desde 2004 não tivemos mais casos dessa doença.
  • MERS (Middle East Respiratory Syndrome) – Deu-se origem no Oriente Médio e os sintomas são parecidos com o da SARS, porém a sua taxa de mortalidade é ainda maior, cerca de 27% das pessoas que contraem da doença, vem a óbito. Hoje a doença já está controlada.

O COVID-19 não é diferente dos demais, esse vírus atua como uma gripe normal, fazendo com que o paciente sofra com tosses, febre, dores no corpo, falta de ar e é considerado grave em pessoas que possuem algum tipo de doença crônica, como hipertensão, diabetes, entre outras. 
A maior preocupação da OMS (Organização Mundial da Saúde) é a forma de propagação desse vírus, visto que em menos de 3 meses de seu surto na China, ele já tenha atingido quase em todo mundo, fazendo com que grandes eventos sejam adiados ou cancelados e grandes potências fiquem em quarentena.

Como manter a produtividade com o Home Office?

Com o avanço dessa Pandemia, a recomendação da OMS é que todas as empresas busquem formas para fazer com que seus funcionários trabalhem de casa, para evitar aglomerações e conter o contágio da doença.
Separamos algumas dicas que podem te ajudar a não perder a produtividade trabalhando de casa, confira:

  • Organize seu tempo:

Para muitos, estar longe do supervisor é sinônimo de relaxar e diminuir a quantidade de atividades exercidas, mas não é bem assim. O home Office é um método para ajudar o funcionário.
Por isso, organize seu tempo, coloque despertador para marcar entradas, pausas e horários de saída, defina as prioridades de trabalho para serem executadas antes das demais. 
Não pense que está de folga ou férias, você deve manter o ritmo de trabalho como se estivesse na empresa.

  • Ferramentas:

Com certeza na sua empresa você deve utilizar ferramentas próprias para trabalho, como as ferramentas do pacote Office, e-mail interno, marcador de ponto, entre outros. É muito importante que a empresa libere o acesso a todos os aplicativos, assim você não perderá o alinhamento que tem feito.
Além disso, há algumas plataformas que poderão ser incluídas pelas empresas para manter a organização do trabalho de todos. O Google liberou o acesso gratuito ao Google Hangouts, onde você poderá fazer chamadas com mais de 250 pessoas e ainda salvar o vídeo no Drive.

Geralmente, é um recurso exclusivo para clientes pagos, mas o Google pronunciou-se afirmando que visam ajudar as pessoas nesse momento tão difícil.

  • Respeite as pausas:

Além de controlar as suas atividades e o horário de entrada e saída, é importante você ter o controle de suas pausas. Por estar em casa, não deve pensar que não haverá problemas em passar do limite, assim como na empresa você deverá seguir horários de almoço, ida ao banheiro e café.
É muito importante seguir esse tópico sempre anotando todas as informações. Crie uma planilha e anote todos os horários para que seja apresentado ao departamento de Recursos Humanos.

  • Evite as distrações:

Nas dependências da empresa você não deve ter acesso à televisão, rádios e tablets, então não tente utilizar desses recursos em casa. Ao ligar a TV, você irá se distrair e focar no que está acontecendo no programa, deixando as atividades de lado ou até mesmo cometer um erro na execução da tarefa.
Redes sociais devem ser evitadas, por mais que queira estar por dentro das notícias, o foco deverá ser sempre o seu trabalho. Segundo uma pesquisa feita pela empresa GlobalWebIndex, no Brasil as pessoas gastam 150 minutos em redes sociais, tornando-se o segundo país com mais tempo gasto em redes.
O smartphone é o aparelho que mais detém de nossa atenção. Cuidado ao utilizá-lo, veja somente informações que sejam passadas pela empresa, afaste-se nos momentos que exija maior atenção. Busque deixá-lo no modo silencioso, avisando aos seus contatos que não pode atender no momento. 

  • Prepare o ambiente: 

Separe um espaço na casa em que você esteja confortável e que não haja interrupções. Monte da melhor forma, com mesa e cadeiras confortáveis, longe de televisão e outros aparelhos e entrada de terceiros.
A temperatura do ambiente também deverá estar de seu agrado, prepare o local para que você possa relaxar e fazer algumas pausas para se alongar e evitar possíveis desconfortos.

  • Prepare a família:

Para quem não mora sozinho, esse tópico pode ser o mais difícil de seguir. Mas não se preocupe, antes de iniciar as suas atividades, avise aos familiares que estará online e precisará da colaboração de todos. 
Se tiver filhos, tente entretê-los com desenhos, jogos ou filmes. Mas se for uma criança pequena, converse com alguém para dividirem-se em turnos para poder cuidar das suas atividades e do seu filho.
Crie sinais entre os parentes para que entendam os momentos em que você estará disponível para conversar ou esclarecer dúvidas, mas buscando sempre se manter concentrado e sem esquecer do seu trabalho.
Nesse momento é muito importante a colaboração de todos para que essa pandemia não se alastre ainda mais na sociedade.
Caso você não tenha a possibilidade de trabalhar em casa, siga as instruções do Ministério da Saúde ou da OMS:

  • Evite aglomerações;
  • Ao espirrar ou tossir, cubra a boca com o antebraço;
  • Lave as mãos frequentemente;
  • Utilize Álcool em gel 70%;
  • Deixar as máscaras para aqueles que estejam realmente com os sintomas;
  • Cozinhe bem os alimentos;
  • Se estiver com um dos sintomas, mantenha-se em casa.

Quanto mais pessoas se conscientizarem, mais rápido diminuirá o número de casos. 
Gostou do nosso post? Deixe nos comentários as sugestões ou dúvidas. Compartilhe com os amigos e deixe os informados sobre como trabalhar de Home Office de forma eficiente.

2 Comentários

    Deixe o seu comentário!

    Não perca nenhum post!