Empregos do futuro: cargos criados na Transformação Digital

Quer se destacar no mercado de trabalho? Veja quais são os empregos do futuro mais promissores depois da transformação digital.

Autor: Tiago Magnus

Não pode ler esse artigo agora? Ouça a matéria no Player abaixo:

 
Quando falo em empregos do futuro, em que você pensa? Não vá muito além. Considere os próximos dois, três anos. Se você já faz parte do mercado de trabalho, provavelmente percebeu que algumas coisas mudaram bastante nos últimos tempos. Uma transição lenta, porém dotada de muita força.
A verdade é que a transformação digital nos atingiu com tudo, sem nos dar muito tempo para reagir. Quem sobreviveu ao turbilhão tecnológico certamente enxergou na adaptação um bote salva-vidas. Por outro lado, os que preferiram fechar os olhos para o novo, se já não foram extintos, estão próximos disso.
A tecnologia mudou a maneira como fazemos as coisas – tanto em casa, quanto também lá fora, no mercado de trabalho. Por isso que falar sobre os empregos do futuro é tão importante.
Nesse sentido, empresas e profissionais precisam acompanhar a lógica do mercado e adequar-se às novas demandas conforme vão surgindo.
Vamos falar um pouquinho sobre as funções construídas para potencializar esse processo de adaptação. Vamos conversar sobre as profissões criadas recentemente e as lacunas que cada uma delas deve preencher. Vamos falar sobre os empregos do futuro!

Conheça os empregos do futuro

Alguns deles começaram a aparecer nos classificados há pouquíssimo tempo. Outros talvez ainda nem existam e sejam criados em um futuro próximo – mais por necessidade do que qualquer outro fator.

Estas serão as grandes oportunidades de crescimento profissional nos meses que vêm por aí. Se quiser transformar sua carreira e preparar-se para encarar as necessidades do novo consumidor digital, preste atenção a estes títulos:

Gerente de BI

Business intelligence é uma grande tendência no mundo corporativo. A função de um gerente de BI tem duas vertentes: primeiro, entender a realidade e as metas do cliente; para depois estudar os dados de mercado que tem disponíveis para obter insights e soluções, sempre com base nos objetivos traçados. Muitas das decisões estratégicas da organização dependem do trabalho deste profissional.
A pessoa ideal para ocupar o cargo precisa dominar não apenas as ferramentas utilizadas para a combinação e análise dessas informações, como também entender sobre estatística, extração e interpretação de dados, bem como números em geral.

Growth hacker

Growth hacking é uma disciplina que busca, com o mínimo possível de gastos e esforços, incrementar de forma rápida e notória o volume de usuários, os acessos e os impactos positivos gerados pela empresa.
Portanto, o growth hacker é o profissional que presta muita atenção às tendências do mercado e ao comportamento do público-alvo de seus clientes para que consiga adaptar as estratégias empresariais sempre que for necessário, com o intuito de aumentar o número de conversões e leads. É uma pessoa com perfil analítico, criativo, ágil e curioso.

Especialista em PX

Se você pensa em pessoas, um dos empregos do futuro mais apropriados é o de especialista em PX (people experience). Sem dúvidas, uma das grandes tendências mundiais desde que o mercado passou a focar mais na humanização de abordagens e menos em números e precificação.
Um profissional designado para enriquecer a experiência do usuário com a marca é responsável por verificar alternativas de ação com o intuito de agradar o consumidor e, consequentemente, agregar valor à organização. É um cargo que exige skills em comunicação interpessoal, capacidade analítica e, claro, foco no cliente – independente de qualquer coisa.

UX designer

Já que falamos sobre a experiência do consumidor, é indispensável abordar outro promissor emprego do futuro: o de UX designer. Essa é a pessoa responsável por desenvolver o ambiente digital através do qual o usuário se conecta à marca. É o profissional que trabalha a parte visual e toda a experiência que será vivenciada em sites, e-commerces e principalmente aplicativos..
Por motivos óbvios, precisa dominar linguagens de desenvolvimento web e ferramentas de design. Pessoas que pensam fora da caixa e entendem de programação têm grandes chances de se destacar neste ramo.

Segurança de dados

Ultimamente, falamos tanto sobre dados que é impossível não pensar em segurança – especialmente quando tudo está armazenado na nuvem. Um dos empregos do futuro que não poderia ficar fora desta lista é o de segurança de dados: o profissional responsável por manter todas as informações de empresa e clientes devidamente seguras.
As competências abrangem desde a vertente jurídica até gestão de dados, cibersegurança e privacidade.

Cientista de dados

Por fim, mas não menos importante, está a função do cientista de dados, também conhecido como data scientist. É o profissional que não só domina ferramentas de análise e faz a gestão de big data, como também busca perceber oportunidades que se revelam através deste estudo.
Para conseguir extrair o real valor dos dados e transformar a realidade do cliente, precisa ter habilidades técnicas como storytelling, data mining, machine learning e as principais linguagens de programação.
E, apesar de ter abordado profissões com o maior potencial de ganharem destaque no futuro, a Transformação Digital nos mostra diariamente que tudo pode mudar da noite para o dia. Ou seja, amanhã essas informações que você acabou de ler podem estar obsoletas.
Porém, sendo menos alarmista, investir nas profissões listadas é a chance que você tem para desenvolver uma nova carreira, assumir novos desafios e aprimorar seus conhecimentos para dominar cada vez mais a arte de entregar soluções digitais inteligentes e ser relevante nesta nova era.
Para não perder o ritmo imposto pelo mercado e surfar essa onda antes que seja tarde, você já sabe: continue a remar!

1 Comentário

    Deixe o seu comentário!

    Não perca nenhum post!