6 dicas para trabalhar como um revisor!

Para você que adora trabalhar com textos e é apaixonado pela língua portuguesa, o papel de revisor é uma ótima opção para seguir na carreira.

Autor: Redação Impacta

Com toda certeza você deve saber que a divulgação de uma empresa é uma das partes mais importantes para que possa se atrair novos clientes e garantir as vendas do mês. Só que quando se fala em divulgação, a primeira coisa que vem na mente de muita gente é a parte visual, o design.
Mas o que a maioria das pessoas se esquecem são dos textos, que são peças fundamentais para montar uma divulgação atraente e completa. A função de revisor é respeitável, afinal, é ele quem carrega os valores e o nome da empresa e é o responsável por garantir que nada saia errado.
O profissional tem espaço tanto no mercado editorial, nas áreas de comunicação e vem ganhando cada vez mais lugar com o crescimento da produção de conteúdo para a web. Por isso, muita gente com bom conhecimento da língua portuguesa está seguindo para a área. 
Mas como se tornar um revisor profissional que consiga transformar os textos de forma mais dinâmica? Para saber mais de como conquistar o seu espaço no mercado, separamos algumas dicas para você, então continue a leitura!

Qual o papel do revisor?

Para você que adora trabalhar com textos e é apaixonado pela língua portuguesa, o papel de revisor é uma ótima opção para seguir na carreira. Essa profissão é muito requerida na produção de conteúdo, após a produção de textos, seja em jornal, revista, artigo de blog, ele é responsável por dar o seu aval para a publicação.
A sua principal função é garantir a correção gramatical, por isso a necessidade de conhecer todas as normas gramaticais da língua portuguesa. Após o texto ser produzido, ele é enviado ao revisor que deverá ler de forma integral, podendo fazer alterações de parágrafos, buscando deixar o texto com o que foi definido na pauta.
Para se ter a certeza, o texto deve ser revisado diversas vezes e para que tudo esteja alinhado de forma adequada. O revisor e o redator devem trabalhar juntos.
Mas para se dar bem como um revisor, alguns pontos devem ser colocados em prática.

 1. Saiba onde trabalhar

As opções para seguir a carreira de redator são diversas, isso porque todos os textos que forem publicados precisam dessa revisão. Antes de escolher um ramo a se seguir, você deve fazer uma autorreflexão, saber o que te agrada mais para fazer uma escolha onde não se arrependa.
As principais áreas de um redator são:
 

  • Correção de trabalhos acadêmicos:

Além de saber sobre as regras gramaticais, o profissional que trabalha com textos acadêmicos deve entender sobre diagramação de textos de acordo com as normas ABNT. Ter conhecimento sobre o Pacote Office é muito importante, isso porque as formatações já estão pré estabelecidas no Word.
 

  • Produção de conteúdo para Web:

Com o avanço da tecnologia, os conteúdos da Web tem se tornado ótimas estratégias para as empresas. Textos como artigo para blog, e-books e Newsletter são ótimos conteúdos, por isso o redator que queira seguir por essa área, poderá encontrar maiores opções de trabalho
 

  • Publicações de livros, revistas e jornais:

Trabalhar com uma grande empresa de jornal, revista ou uma editora reconhecida é o sonho de qualquer pessoa. Além da credibilidade, os conhecimentos adquiridos com eles são diversos. A publicação de um texto onde será divulgado em diversas plataformas é muito satisfatório para quem o produziu. É uma das áreas mais concorridas dentro desse vasto mercado.
 

  • Campanhas Publicitárias:

Apesar das peças publicitárias encantarem o público com todos os seus efeitos, o roteiro é importante para que se conquiste os telespectadores. A revisão desses textos não pode ser menos criteriosos, isso porque os textos devem ter uma interação mais informal, mas não podem ser totalmente fora dos padrões.
 

  • Traduções de textos:

Textos vindos de fora do país são mais comuns do que pensamos. O revisor deverá estar preparado para conhecer a forma da escrita e todas as normas do país de origem do texto.
 

  • Lançamento de novos produtos:

O lançamento de um novo produto é sempre muito esperado pelas empresas e por seus seguidores. Mas além do produto final, as recomendações e manuais de instruções que são inseridos dentro das embalagens também necessitam de uma inspeção.
 

2. Domine ou conheça bem a língua portuguesa

O conhecimento da língua é essencial para quem deseja trabalhar como redator. Mas não se preocupe, para alguns conhecimentos básicos você pode assistir algumas vídeos aulas é possível entender algumas funções, como por exemplo o uso da vírgula.
Mas algumas empresas exigirão de você um conhecimento amplo. Para isso, você precisará cursar uma graduação na área, como em letras ou jornalismo, por exemplo. Leituras de livros, revistas, jornais são ótimas fontes para o conhecimento das normas e novas palavras para seu vocabulário.
 

3. Diversifique sua atuação

Escolher uma área é necessário para seguir sua carreira, porém estar preparado para atuar em outros nichos é muito importante. Isso porque as áreas podem desaparecer no mercado de uma forma rápida e diversificar esse conhecimento fará de você um profissional reconhecido.
Além da revisão, poderá levar em consideração a redação como um dos nichos a seguir, garantindo um fluxo de trabalho. Com esses conhecimentos, o seu currículo também estará sendo alavancado e as poderá surgir ótimas oportunidades no mercado.
 

4. Conheça as ferramentas

A língua portuguesa é considerada uma das mais complexas em todo o mundo. São diversas regras gramaticais que muitas vezes não vimos na escola e permanecemos com a dúvida sobre a escrita. 
Para isso, conheça ferramentas que possam auxiliar você quando estiver em dúvidas com ortografia ou norma. Dicionários são fontes recomendadas para isso, mas com a evolução da tecnologia, plataformas online e manuais de redação e estilo digitais já são mais comuns.
Procure conhecer programas de edição de texto, como Word, Google Docs ou Libre Office. Eles auxiliam você a identificar o erro no momento em que estiver escrevendo, tanto em escrita quanto concordância, além de ajudar você a ganhar maior credibilidade nos textos, como por exemplo a linkagem de um dado.
Como forma de assegurar a sua tarefa, busque encontrar revisores online onde você coloca o texto e são destacados as partes que precisam ser corrigidas. As ferramentas citadas poderão facilitar o seu trabalho, mas nem sempre a correção deles esteja atualizada de acordo com as novas normas.
Procure conhecer novas páginas com profissionais da área e deixá-las salvas em seu aparelho, além de materiais físicos como livros que contenham as regras da língua.
 

5. Divulgue seu trabalho

Divulgar o trabalho de um revisor não é tão fácil, isso porque não produzimos imagens como os designers, mas a melhor forma de mostrar a sua capacidade é fazendo Networking.
Comece trabalhando com textos para sua rede de contatos, como correção de trabalhos, cartas ou documentos. Um perfil no Linkedin é sempre recomendado, por lá as pessoas poderão encontrar você e oferecer oportunidades de emprego.
Participe de grupos de revisores no Facebook, postagens de trabalhos freelancer sempre poderão aparecer e mantenha contato com aquelas pessoas que já atuaram em algum momento com você, informando a sua nova profissionalização.
 

6. Conheça a persona

Antes de qualquer texto ser produzido é obrigatório definir a persona que será dedicado. As linguagens que serão utilizadas irão variar de acordo com o público da sua marca. 
Após essa definição você terá uma noção do tipo de texto que deverá ser feito, isso porque se a sua marca exigir um contato mais formal com o cliente, você não poderá utilizar termos que estejam fora do padrão.
Mas o principal ponto é o formato do texto, procure sempre deixá-lo de uma forma atraente quando estiver montando, assim, o leitor sentirá um tom de conversa, mostrando que a marca realmente se importa com a opinião dele.
Para se tornar um revisor profissional qualificado é necessário um vasto conhecimento sobre diversos tópicos e estar sempre ligado nas atualizações do mercado e na língua portuguesa.
Garanta que seu portfólio esteja atraente para que os recrutadores optem pela sua contratação. Busque cursos online sobre produção e revisão de conteúdo, plataformas que são sempre requeridas nas empresas e tenha sempre a vontade de aprender, isso é sempre muito importante para o mercado de trabalho.
Gostou do nosso artigo? Então deixe nos comentários as sugestões ou dúvidas que tenha. Compartilhe nas redes sociais e mostre aos seus amigos a área de revisão que tem ganhado cada vez mais seu espaço.

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!