6 benefícios da graduação para o seu futuro que ainda não te contaram

Muitas pessoas dizem que, atualmente, um curso superior não tem grande valia — o que está longe de ser verdade. Afinal, existem muitos benefícios (...)

Autor: Rogério Ramalho

Muitas pessoas dizem que, atualmente, um curso superior não tem grande valia — o que está longe de ser verdade. Afinal, existem muitos benefícios da graduação para o seu currículo e vivência profissional.
Com a concorrência atual do mercado de trabalho, é de suma importância continuar estudando para se manter um passo à frente. Tudo isso começa, é claro, com um curso na faculdade.
Para ajudar você a investir em sua formação e buscar novos conhecimentos, reunimos neste post uma série de vantagens que o ensino superior pode trazer para a sua vida. Além disso, também explicaremos como escolher a melhor instituição.
Boa leitura!

Os 6 maiores benefícios da graduação

Veja, a seguir, como um curso superior pode mudar sua vida para melhor em diferentes sentidos: pessoal, profissional e financeiro.

1. Fomenta o crescimento pessoal

Por mais que você tenha passado por seu período escolar em ótimas instituições de ensino, algumas experiências só serão possíveis dentro do ambiente de uma faculdade.
Você poderá desenvolver uma série de habilidades interpessoais essenciais para o seu desenvolvimento pessoal e profissional, além de conhecimentos que se mostrarão úteis ao longo de sua vida. Poderão fazer parte desse leque de novas habilidades:

  • capacidade de trabalhar em equipe;
  • poder de negociação;
  • controle sobre o tempo de trabalho e produtividade;
  • autonomia para tomar decisões;
  • visão sistêmica.

Em um ambiente acadêmico, você também poderá melhorar outras capacidades que já tem. Tudo isso será desenvolvido durante uma rotina intensa de estudos e outras atividades, como a relação com outros estudantes, desafios e novos conhecimentos.
Na prática, mais do que serem espaços destinados às aulas e teorias, as faculdades também possibilitam a convivência, a troca de experiências e a mescla de diferentes culturas. Aos poucos, essa interessante mistura servirá como uma bagagem para que você se torne uma pessoa mais atualizada e inteirada sobre vários assuntos.

2. Viabiliza a construção de uma carreira sólida

Por mais que você possa conquistar uma colocação no mercado de trabalho sem ter com uma graduação no currículo, é comum vermos profissionais com alguns anos de carreira que não pararam de estudar. Esse tipo de situação acontece porque, para avançar dentro das empresas, é exigida uma formação específica, ou seja, é preciso estudar e se formar na faculdade.
Em um primeiro momento, pode parecer que indo direto para o mercado de trabalho você poupará tempo e tomará um atalho para o desenvolvimento profissional, mas essa ideia é equivocada. Para alcançar cargos e salários mais altos e desenvolver uma carreira sólida, uma hora você terá de cursar o ensino superior e buscar uma formação dentro da área que escolheu. Caso contrário, seu crescimento pode ficar comprometido.
Conciliar a rotina de trabalho com uma faculdade é plenamente possível, mas é mais complicado, uma vez que a graduação exige bastante dedicação, algo que pode ser difícil de manter com as obrigações do trabalho.
Portanto, o ideal é ingressar em um curso de graduação logo após finalizar o período escolar, enquanto você ainda está com plena disposição para continuar estudando e adquirir conhecimentos. Depois de algum tempo, também é viável buscar estágios para dar início à sua trajetória na profissão. Assim, você testa as possibilidades e percorre uma etapa por vez.

3. Possibilita a estabilidade financeira

O mercado de trabalho remunera melhor os profissionais formados — eles ganham, em média, 140% a mais, segundo um estudo feito pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e divulgado pelo portal UOL Educação.
Você perceberá rapidamente essa realidade ao buscar por uma posição. Não é à toa que, para atingir a sua estabilidade financeira e conquistar espaço na área de atuação desejada, a melhor opção é ingressar em uma faculdade.
Se você, como boa parte dos jovens, pretende sair da casa dos pais e atingir independência financeira um dia, tenha em mente que realizar esses sonhos com um salário baixo tende a ser algo mais complicado.
No Brasil, em geral, as despesas como moradia, alimentação e demais itens do dia a dia são muito altas — caso você não conte com uma remuneração satisfatória, é praticamente impossível se manter.
Portanto, saiba que um curso não deve ser visto como um gasto, mas sim como um investimento. É por meio dele que, no futuro, você encontrará as melhores chances para conquistar a tão sonhada independência financeira, além de poder desfrutar dos outros benefícios da graduação.

4. Ajuda a conquistar um bom emprego

Infelizmente, as opções são bem menores para quem não se especializa nem se capacita. Geralmente, os empregos que não exigem uma formação não pagam bem e são posições sem perspectiva de crescimento, seja no setor público, seja no privado.
Para conquistar os melhores empregos e ter um currículo de destaque, é essencial se preparar — ter um diploma de ensino superior é, sem dúvidas, o primeiro passo para isso.
Como exemplo nítido disso, existem diversas posições no mercado de TI que pagam altos salários em relação aos outros setores e não demandam experiência prévia nos cargos iniciais. Entretanto, é necessário ter uma formação para ingressar nas melhores empresas do ramo.
Na hora de buscar um novo colaborador, os recrutadores responsáveis por realizar as entrevistas estão de olho em todos os detalhes. Via de regra, profissões estáveis que exigem formação são as que disponibilizam os melhores benefícios e pagam os melhores salários, ou seja, para acessar essas oportunidades é preciso cursar uma graduação.

5. Contribui para o networking

Muitas vezes, o seu emprego dos sonhos ou uma grande oportunidade profissional podem chegar por meio de alguém que você conheceu na faculdade e que já ocupa um cargo em uma empresa. Acredite: fazer uma graduação é extremamente proveitoso nesse sentido.
Durante o curso, você conhecerá outros profissionais que também estão buscando uma posição. Aos poucos, você ingressará em uma rede de comunicação que pode apresentar você a diversos profissionais e empresas. Também vale lembrar que os professores são um ótimo canal de indicações para vagas.
Caso você demonstre bastante interesse, pode conquistar seu primeiro estágio por meio de alguma indicação — o que seria ótimo, você não acha? Uma oportunidade valiosa certamente compensará toda a sua dedicação durante o tempo de estudo.
Enfim, finalizar o curso e cultivar o networking construído durante esse período pode significar uma variedade de portas abertas para você. Como se não bastasse, bons contatos profissionais também ajudam você a se atualizar ou a mudar de área a qualquer instante de sua trajetória.

6. Abre novas possibilidades

Você pode ter uma ideia básica do que pretende fazer ou a carreira que quer seguir, mas sem ter certeza do que fará para chegar lá. A faculdade pode guiar você pelo caminho e mostrar todas as possibilidades de uma área.
Ao realizar um curso na área de TI, por exemplo, você pode pensar em se tornar um programador, mas um leque de oportunidades se abrirá e pode acabar mostrando outros caminhos interessantes.
Saiba que o contato com a prática pode mudar completamente a sua perspectiva sobre um determinado assunto. Muitas vezes, ao entrar na graduação, alteramos nossa opinião sobre uma atividade — você pode descobrir que programar não tem a ver com suas pretensões e acabar se encantando por automação e inteligência artificial.
Em resumo, cursar uma graduação ampliará os seus horizontes e pode mudar a sua visão acerca da carreira que você pretende seguir, mostrando outras aplicações e novas jornadas possíveis.

Dicas para escolher a melhor instituição

Agora que você já sabe quais são os principais benefícios da graduação, é hora de entender como escolher a melhor instituição para estudar. Afinal, isso influencia na qualidade no ensino e pode fazer com que você tenha uma formação mais ligada às exigências do mercado atual. Veja, a seguir, algumas dicas que podem ajudar a fazer essa decisão.

Busque recomendações

Imagine que seu celular quebrou e é preciso comprar um novo. Você provavelmente pesquisaria os modelos para saber quais são seus pontos fortes, não é mesmo? Pois saiba que a escolha de uma faculdade também exige essa pesquisa prévia.
Se você não conhece a instituição, busque recomendações de pessoas que já estudaram por lá. Tente entender quais são as vantagens oferecidas e procure saber a respeito da didática dos professores, da infraestrutura disponibilizada aos alunos etc.
Conversar com as pessoas que já tiveram essa experiência e se informar corretamente é uma das medidas mais eficientes para conhecer uma faculdade.

Confira o reconhecimento e as notas do MEC

Você quer desenvolver a sua carreira e entendeu que um curso superior é a maneira ideal de começar, certo? Apesar disso, é necessário dedicar um tempo para entender o funcionamento das instituições.
Uma boa forma de fazer isso é consultar os conceitos e avaliações elaborados pelo Ministério da Educação (MEC). Existem três índices muito relevantes. São eles:

  • Índice Geral de Cursos (IGC);
  • Conceito Preliminar de Curso (CPC);
  • Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Conceito Enade).

O Índice Geral de Cursos (IGC) é um dos indicativos mais importantes sobre a educação superior no Brasil, porque demonstra a qualidade da faculdade como um todo. Seu cálculo é obtido por meio da avaliação dos cursos de graduação e de pós-graduação.
O Conceito Preliminar de Curso (CPC), por sua vez, é um indicador que avalia individualmente os cursos de graduação. Ele tem o resultado do Enade como base, além de mensurar a titulação e regime de trabalho dos docentes e satisfação dos alunos em relação à formação e à infraestrutura.
O Conceito Enade é obtido após a realização de um exame nacional, que funciona como uma prova capaz de medir o desempenho dos estudantes. Para consultar e saber mais a respeito desses indicadores, basta acessar o portal do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais).
Não se esqueça, também, de saber se a instituição na qual você pretende estudar está devidamente cadastrada no e-MEC (Cadastro Nacional de Cursos e Instituições de Educação Superior) — o site é uma fonte confiável de informações sobre as faculdades brasileiras.

Conheça os prêmios e a infraestrutura

Ter uma ótima formação é o primeiro passo para uma carreira de sucesso. Portanto, não deixe de verificar se a instituição e o curso almejados são premiados. O reconhecimento internacional e as premiações individuais são ótimos sinais e dão uma ideia dos privilégios que você terá ao estudar nesse ambiente.
A infraestrutura é outro ponto que deve ser analisado com o máximo de atenção. Se você pretende atuar como designer, por exemplo, é imprescindível ter um bom computador, conexão estável com a internet e outros equipamentos à sua disposição. Para quem vai construir uma carreira em tecnologia, esses itens também são indispensáveis.

Fique por dentro dos cursos e das grades curriculares

Imagine que você, depois de pesquisar um pouco mais sobre graduação, se interessou pelo curso de Administração. Além de saber o básico, também é indicado compreender como ele é estruturado nas instituições desejadas.
Isso porque cada faculdade tem uma maneira de organizar suas grades curriculares. Há disciplinas que não são oferecidas em todos os cursos de Administração — fique de olho em como as matérias são planejadas.

Informe-se sobre a empregabilidade dos cursos

Existem ótimas universidades e bons cursos que não têm um alto índice de empregabilidade. Isso acontece porque, às vezes, o foco da formação não é o mercado, mas sim a pesquisa acadêmica.
Como um de seus objetivos é se desenvolver profissionalmente, dê preferência às faculdades que estão alinhadas às novidades mercadológicas e tentam se atualizar frequentemente nesse sentido. Uma dica valiosa é analisar a presença de programas de estágio, parcerias com empresas e assim por diante.

Tire todas as dúvidas

Suponha que você já tenha feito uma pesquisa enorme — checou todas as disciplinas, conferiu as avaliações do MEC, conversou com pessoas que já fizeram o curso etc. Sua decisão está praticamente tomada, mas você ainda não tem certeza dessa escolha.
Nesses casos, a melhor ação a se fazer é tirar as dúvidas que ainda restam com a própria instituição. Telefone, mande e-mails ou envie perguntas pelo site: o importante é esclarecer todos os pontos que não ficaram claros. Assim, diminuem as chances de optar por algo que não é bem o que você queria.
Ao longo desse texto, mostramos alguns benefícios da graduação e também o que deve ser avaliado antes de escolher uma instituição. Nesse contexto, tenha em mente que a sua dedicação durante o curso é fundamental para conquistar todas essas vantagens. Não basta apenas se apresentar em sala de aula, é preciso que você busque o conhecimento — isso também contribuirá para o seu sucesso profissional!
Se você gostou do texto, mas ficou com alguma dúvida ou quer saber mais sobre o assunto, entre em contato conosco!

2 Comentários

    Deixe o seu comentário!

    Não perca nenhum post!