6 Dicas para encontrar as melhores vagas no Linkedin

Quer Encontrar as Melhores Vagas no Linkedin? Confira as 6 Dicas que separamos para te ajudar a Buscar e se Candidatar ao Emprego dos seus Sonhos!

Autor: Redação Impacta

Não pode ler esse artigo agora? Ouça a matéria no Player abaixo:

O LinkedIn é a maior rede social profissional do mundo e atualmente já é amplamente utilizada como uma importante ferramenta de recrutamento nas maiores empresas do mercado. Portanto, saber como utilizar a plataforma da melhor forma é fundamental para os profissionais que querem se destacar e encontrar as melhores vagas de emprego.

Aqui no Blog nós deixamos várias dicas e preparamos um Manual Gratuito para aplicar as melhores práticas ao criar a sua página no LinkedIn e ser encontrado por recrutadores. Porém, em tempos de mercado concorrido, nem sempre bastará ter um perfil e ficar “esperando” as empresas te acharem, não é mesmo? 

Por isso, é importante também saber como utilizar a rede para encontrar e se candidatar para as melhores vagas. A boa notícia é que separamos algumas dicas justamente para isso!

Veja 6 Dicas para encontrar as melhores vagas no Linkedin

1 – Mantenha o Perfil Atualizado

Ter o perfil atualizado no LinkedIn é fundamental para não correr o risco de perder nenhuma oportunidade e aumentar as chances de ser encontrado pelos recrutadores. Mas é também muito importante para que a rede te indique as melhores vagas de acordo com o que você busca.

Mantenha as informações de contato sempre atualizadas, informe as novas habilidades, usando palavras-chaves relacionadas aos seus interesses, bem como os cursos e certificações que for realizando. Assim, as vagas mais interessantes devem ser selecionadas para você.

2 – Habilite a função Buscando Emprego

Além de considerar as informações do perfil, como cargo, conhecimentos e experiências, para fazer a seleção das oportunidades, é nessa área também em que você deve habilitar a função “Buscando Emprego”.

Essa opção serve para mostrar às empresas quem está em busca ou quem não pensa em trocar de emprego no momento. Para adicionar essa informação, basta seguir os passos na tela de perfil:

– Clique em “Adicionar Seção do Perfil”

Vá em “Introdução” e clique em “Procurando Emprego“;

– Defina as suas “Preferências de Vagas“:

Aqui é possível informe os cargos que prefere encontrar vagas, assim como a localidade, tipo de vaga (tempo integral, remoto, contrato, meio período, estágio ou temporário, e data de início (imediato ou flexível) 

Se você já está empregado e mesmo assim deseja procurar novas oportunidades, não precisa se preocupar, pois você poder escolher entre deixar essa área habilitada para visualização pública ou apenas para recrutadores.

3 – Use bem a Seção Vagas 

vagas no linkedin

Apesar de parecer óbvia, muitas pessoas acabam não utilizando a seção “vagas” com todas as suas possibilidades e melhores práticas. A área é onde vão aparecer as oportunidades anunciadas por recrutadores de acordo com suas preferências e que permite que os profissionais pesquisem e se candidatem nas vagas disponíveis.

No menu dessa seção é possível escolher 3 funções:

  • Vagas salvas – viu uma oportunidade e quer se preparar para se candidatar? Você pode salvar as vagas que ficarão disponíveis nessa área, mostrando ainda a data limite ou andamento do processo; 
  • Candidaturas – veja quais foram as vagas para qual se candidatou, acompanhando o andamento e fechamento do processo de seleção;
  • Alertas de vaga – nessa área o profissional deve indicar ao LinkedIn as vagas e como deseja ser informado sobre elas. 

    Indique o cargo ou termo relacionado ao setor que deseja, como por exemplo “Programador” e “Desenvolvedor Web”, a localidade das vagas, a frequência do envio de alertas (diariamente ou semanalmente) e se deseja receber por e-mail e notificação ou apenas em um das opções. 

Vale ressaltar que é possível ativar e desativar as notificações de vagas facilmente no seu LinkedIn, assim caso não queira mais receber alertas de determinadas oportunidades ou mesmo nenhuma, basta desativar.

Já na área “Procure um novo emprego” é onde são feitas as buscas de vagas. Você pode começar procurando por um cargo, competência ou mesmo por uma empresa em que deseja trabalhar, informando ainda a localidade.

Aí é só clicar em “pesquisar” que a rede vai mostrar as vagas disponíveis e ainda mais uma série de opções de Filtros para sua busca ficar ainda melhor:

  • Classificação por mais relevantes ou mais recentes;
  • Data do anúncio;
  • Nível de experiência: estágio, assistente, júnior, pleno-sênio, diretor ou executivo;
  • Empresa: marque para saber das vagas nas organizações de sua preferência;
  • Tipo de vaga: integral, estágio, meio período ou remoto;
  • Localidade e Distância por km;
  • Cargo, Setor e Função;
  • Recursos do Linkedin: saiba quais vagas contam com funções como Candidatura Simplificada ou que já estão na sua rede.

4 – Crie boas conexões

O LinkedIn acima de tudo ainda é uma rede social e uma de suas principais vantagens é a possibilidade de criar conexões profissionais — o bom e velho networking.

Você pode adicionar colegas de trabalho antigos e atuais, além, é claro, de adicionar pessoas que tenham bastante influência em sua área. Assim, além de acompanhar as trocas de experiências e os conteúdos sobre o seu segmento, você também poderá ver anúncios de vagas exclusivas que muitos profissionais compartilham com suas conexões na rede.

Ao contrário das outras mídias, você não precisa necessariamente conhecer a pessoa para adicioná-la. Mas a dica de enviar solicitações de conexão com mensagens personalizadas para aqueles que você não conhece, explicando o porquê deseja adicioná-lo.

5 – Produza e Interaja

De nada adianta adicionar várias conexões e não interagir com elas, não é mesmo? Portanto, além de produzir seus próprios conteúdos, lembre-se de:

»» curtir as postagens dos outros;
»» fazer recomendações sobre as competências de um colega (e solicitar a troca, por que não?);
»» fazer comentários relevantes sobre os temas de seu interesse;
»» compartilhar conteúdos e notícias sobre a sua área.

Também é preciso tomar certo cuidado para não parecer oportunista e sair disparando seu currículo para todos ao redor. Mas conexões orgânicas e a troca de experiências de forma construtiva ajudam a tornar seu perfil mais conhecido no LinkedIn.

6 – Acompanhe as empresas dos seus sonhos

Sabe aquela empresa que é top de mercado na sua área? Ou então aquela que está sempre entre as eleitas como melhor lugar para se trabalhar? Não importa o porquê, se você tem uma empresa do sonhos, vale muito a pena segui-la no LinkedIn.

Além de poder acompanhar as novidades e a comunicação da empresa, você poderá ver as vagas disponíveis em primeira mão diretamente na sua timeline.

Com essas dicas, temos certeza que vão aparecer as melhores vagas para o seu momento profissional e, é claro, suas preferências. Assim, você pode se candidatar ao que realmente te interessa e conquistar o emprego que sempre sonhou.

O que achou? Tem mais alguma dica para compartilhar? Deixe aqui nos comentários!

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!