Como começar seus estudos em C#?

Quer começar na área de desenvolvimento? Siga este post e veja o por que o C# é uma das melhores alternativas e como inciar os estudos com essa plataforma.(...)

Autor: Redação Impacta

Uma das linguagens de programação mais populares da atualidade, o C# é uma ótima opção para quem quer começar na área de desenvolvimento. Afinal, é uma linguagem popular, simples e versátil que permite a criação de projetos empolgantes para diversos fins. Aprender uma tecnologia como essa é fundamental para conseguir novas oportunidades profissionais e possibilidades de crescimento. 
Quer adquirir e aprofundar novas habilidades para se manter preparado para o mercado? Então, acompanhe o artigo e dê um primeiro passo rumo à sua independência financeira.

O que é C Sharp?

O C# (C Sharp) é uma linguagem de desenvolvimento de sistemas criada pela Microsoft. É o resultado de um conjunto de projetos da empresa para encontrar uma tecnologia própria que apresentasse os benefícios do famoso Java, mas que dialogasse bem com os padrões existentes da companhia. Surgiu em 2002, criada por um grupo liderado por Anders Hejlsberg (criador de outra linguagem famosa, o Delphi).
Como ferramenta, o seu objetivo é fornecer uma interface de comunicação entre o usuário programador e uma máquina, permitindo que comandos sejam escritos para que o computador execute determinadas funções. Assim, softwares e aplicações são construídos para atingir fins específicos. 
Uma das características principais da linguagem é o fato de que ela utiliza uma máquina virtual, um ambiente computacional simulado, para executar os códigos escritos. 
Diferentemente de outras tecnologias, que requerem um conhecimento profundo do usuário para manipular os recursos do computador diretamente, o C# usa uma máquina virtual como intermediária entre o programador e os componentes físicos. Isso permite que os seus programas sejam facilmente executáveis em qualquer sistema operacional, pois não há envolvimento direto com eles.
É também fortemente orientada a objetos, um dos paradigmas de programação mais comuns. A sua sintaxe é muito parecida com outros padrões famosos, como o C e o Java, como veremos em mais detalhes ao longo do artigo. O C# é uma ferramenta poderosa, com muitos adeptos: é a oitava linguagem mais popular do Stack Overflow, famoso site de desenvolvedores.

Quais os diferenciais da linguagem C#? 

A seguir, vamos conhecer algumas das características que tornam o C# uma linguagem repleta de diferenciais.

Sintaxe

A sintaxe do C# é simples e fácil de entender, com comandos próximos do inglês falado. Isso acontece porque a linguagem é de alto nível de abstração e poupa o programador de conhecer comandos técnicos e complexos. Assim, conta com uma forma elegante de estruturar os códigos, com uma organização eficiente que facilita a programação. 

Portabilidade

Esse foi um dos seus objetivos iniciais, quando foi criada. Assim como o Java, o C# se adapta bem a qualquer dispositivo e permite que os profissionais criem aplicações específicas para cada sistema sem precisar conhecer os padrões de cada um. Esse fator só é possível graças à máquina virtual que explicamos no tópico anterior. 

Uso geral e multiparadigma

O C# também se destaca por sua versatilidade. É uma tecnologia de uso geral — e essa é uma expressão usada para definir ferramentas que podem ser aplicadas em qualquer contexto, a fim de desenvolver diferentes tipos de sistemas. No próximo tópico, veremos um pouco mais sobre essa característica, pois vamos explorar os principais usos do C#. 
Isso confere um grande leque de oportunidades e possibilidades para o estudante. Ele sabe que investirá em uma poderosa linguagem que o permite criar projetos empolgantes e fascinantes para propósitos distintos. 
Além disso, é uma tecnologia multiparadigma, que pode ser orientada a objetos, mas também funcional, orientada a eventos, estruturada, entre outros. Ou seja, é flexível e pode ser adaptada para o objetivo que o programador quiser, a depender da demanda. Assim, ela é ideal para projetos grandes, pequenos, empresariais, de entretenimento, entre outros.

Gerenciamento de recursos

No C#, o gerenciamento dos recursos específicos de cada computador não é responsabilidade do programador — como é na linguagem C. A máquina virtual que executa os códigos cuida dessa tarefa e abstrai a função para o usuário. Dessa forma, ele só precisa se preocupar com o objetivo do seu programa e com o desenvolvimento em si. 
Esse aspecto deixa a programação ainda mais simples e menos problemática para o usuário. Por isso, essa é uma boa tecnologia para quem está começando nesse universo. 

Fortemente tipada

Linguagens fortemente tipadas não permitem que as suas variáveis assumam diferentes tipos ao longo do código. Se uma variável é do tipo número inteiro, por exemplo, você só poderá utilizá-la a fim de guardar números inteiros — caso contrário, enfrentará uma mensagem de erro. Esse recurso ajuda a eliminar confusões nos testes e a facilitar a identificação de erros em programas muito grandes. 

O que o C# é capaz de fazer?

Aplicações web, aplicações desktop e ferramentas para dispositivos móveis são algumas das possibilidades que podem ser exploradas com o C#. Por ser uma linguagem simples, versátil e portável, ela não apresenta grandes dificuldades e facilita o trabalho do desenvolvedor nesses casos.

Outro uso interessante é para criar jogos com a plataforma Unity, inclusive alguns com suporte à realidade virtual. Além disso, é uma boa tecnologia para aplicações empresariais, de escritório, e apps que rodam na nuvem. Outros usos incluem soluções de Inteligência ArtificialMachine LearningBlockchain Internet das Coisas

Como começar os estudos em C#?

É interessante começar pela sintaxe da linguagem, a fim de se acostumar com a maneira como as informações são estruturadas. Vale notar que é ela que requer cuidado com letras minúsculas e maiúsculas, pois faz a diferenciação entre elas. 
Nela, assim como em outras linguagens, as chaves servem para delimitar blocos de código, e o ponto e vírgula funciona como delimitador de linhas. As palavras reservadas ganham um destaque e podem ser usadas para determinar o tipo de bloco de comando, como “class” para indicar uma classe. É uma sintaxe bem parecida com C e Java. 

Dicas de cursos

Caso queira começar a estudar de maneira estruturada, você pode escolher alguns cursos também. O C# Módulo 1, da Impacta, é uma boa opção para iniciar do zero: o estudante aprende a desenvolver um app desktop e web com elementos simples.
Já o C# Módulo 2, da mesma instituição, é um pouco mais avançado, com o aprendizado de componentes e arquitetura em camadas. Nele, os alunos criam um projeto com técnicas de arquitetura de software e padrões de projetos, além do uso adequado de interfaces, testes e dependências. 
O C# é uma das tecnologias mais poderosas e versáteis da atualidade. Permite que o programador não se preocupe com questões técnicas e foque no núcleo do desenvolvimento, o que garante maior produtividade. É simples de aprender e de uso geral e, por isso, se adapta a qualquer contexto. Assim, estudá-la é uma boa oportunidade de crescer profissionalmente e alcançar novos patamares na carreira.

Gostou de conhecer as principais características do C Sharp?

Então, assista a dica do professor do Curso de C#, Eduardo Grasso, ensinando como Criando um Processamento em 2º Plano com a linguagem:

 O que achou? Deixe seu comentário em caso de dúvidas ou sugestões!

1 Comentário

    Deixe o seu comentário!

    Não perca nenhum post!