Arquitetura de Soluções: quem é o profissional da área?

Crescendo no mercado de trabalho, a área de Arquitetura de Soluções ainda não é muito conhecida por profissionais e estudantes. Veja aqui!

Autor: Redação Impacta

A Arquitetura de Soluções é uma área dentro do ramo da Tecnologia da Informação, que visa implementar soluções tecnológicas adaptadas às necessidades de cada empresa.

Isso significa que o setor vai fazer a escolha, implementação e utilização de softwares, práticas e tecnologias que realmente façam a diferença para o empreendimento.

Quando os objetivos de uma empresa andam de mãos dadas com as ferramentas e metodologias que ela utiliza, é nítida a chance de os processos serem mais bem-sucedidos e utilizarem menos recursos financeiros.

A Arquitetura de Soluções faz exatamente isso, ela identifica recursos e ferramentas que já são utilizados nas empresas e fazem com que eles possam ser reaproveitados para outras finalidades importantes ao desenvolvimento do negócio.

Isso não vale só para softwares, mas também pode ser aplicado a diversas plataformas, sistemas e estruturas de TI.

Além de criar utilidades antes desconhecidas para soluções que já existem dentro das empresas, a Arquitetura de Soluções também pode inovar, trazendo novos insights.

Essas novas soluções geralmente possuem diversas funcionalidades e fazem com que o investimento da empresa nelas tenha um melhor custo-benefício.

O papel do arquiteto de soluções nas empresas atuais

O papel do profissional da área de Arquitetura de Soluções é facilitar o dia a dia da empresa por meio de soluções mais úteis e dinâmicas.

Em especial, podemos citar os serviços de manutenção, implantação de softwares e sistemas, bem como o manuseio de ferramentas importantes, como os dados estruturados, por exemplo.

O profissional atua sempre com o objetivo de otimizar os recursos que já existem ou que serão investidos pela empresa em que atua. O papel dele é fazer mais com menos, de modo a identificar soluções e boas oportunidades dentro do segmento da TI, para que a empresa colha benefícios.

A eficiência trazida pelo arquiteto de soluções é gigantesca quando o trabalho é feito de maneira correta. Por meio de ferramentas, ele torna a empresa mais eficiente, padronizada e otimizada, e o melhor, sem precisar gastar muitos recursos financeiros para que isso aconteça.

Dessa forma, caso uma empresa queira que os seus recursos sejam bem alocados, sejam eles financeiros ou relacionados a softwares, plataformas e estruturas, a contratação do arquiteto de soluções certamente é uma boa opção.

Área em crescimento no mercado

Com a transformação digital e com tantas soluções inovadoras aplicáveis aos mais diversos tipos de empreendimentos, os profissionais dessa área começaram a ser cada vez mais demandados pelas organizações.

Porém, somente agora, que as empresas já estão, de certa forma, automatizadas e informatizadas é que esse profissional ganha ainda mais destaque.

Os empreendimentos já investiram nessa etapa e agora buscam otimizar os resultados com os investimentos realizados em softwares, plataformas, sistemas, entre outros. É exatamente aí que o arquiteto de soluções entra.

Aqui podemos destacar que o crescimento dessa demanda é tão grande, que as empresas estão dispostas a pagar salários elevados para esse tipo de profissional. A média salarial para Arquiteto de Soluções no Brasil é de R$ 10.399,00, segundo o site VAGAS.

Habilidades necessárias para ser um Arquiteto de soluções

Para ser um arquiteto de soluções, você pode se especializar com um MBA em Arquitetura de Soluções Digitais, por exemplo. 

Podendo ser feito de forma online, esse curso pode ter uma rápida duração – em apenas 12 meses. Ele ensina o profissional da área de informática a articular projetos em diversas vertentes da tecnologia.

Durante o curso, o aluno vai desenvolver conhecimentos e habilidades como:

  • big data;
  • cibersegurança;
  • metodologias ágeis;
  • design de serviços;
  • soft skills; entre outros.

Além disso, para se destacar no ramo de Arquitetura de Soluções, é muito importante que o profissional seja um bom comunicador.

Isso significa que ele deverá saber se expressar de forma fácil e didática sobre os assuntos relacionados a TI com a gestão da empresa, que pode não ter vasto conhecimento sobre o assunto.

É importante que o profissional seja um bom aprendiz e busque sempre obter cada vez mais conhecimento sobre a área que escolheu. 

A grande importância de ter essas qualidades está no fato de que a TI está em constante atualização, de modo que o arquiteto de soluções que se destaca é aquele que está a par das principais novidades sobre o mercado.

Principal ferramentas e práticas (com documentação)

Existem diversas ferramentas e práticas que ajudam o profissional da arquitetura de soluções dentro das empresas. 

Entre elas, podemos citar a Draw.io, desenvolvida pela JGraph, que serve para criar diagramas, mapas mentais, entre outros. Essa ferramenta pode ser utilizada pelo profissional, para apresentar o que as soluções propostas podem agregar à empresa.

Além disso, podemos citar o documento de decisão arquitetural (DA). Ele é utilizado no processo de construção da ideia que o arquiteto de soluções tem para determinado projeto dentro da empresa.

A partir desse documento, os gestores podem entender melhor a solução proposta, a estrutura dela e suas principais características.

Também podemos citar o Technical Reference Model (TRM), que indica os produtos homologados que podem ser aplicados nas soluções das empresas, especifica servidores web, entre outros.

E o Roadmap, que é um documento que apresenta a evolução prevista para as soluções indicadas pelo arquiteto de soluções.

Por fim, os frameworks também podem ser aplicados à Arquitetura de Soluções. Existem vários, mas o principal deles é o TOGAF, que ajuda a apresentar a experiência dos profissionais da arquitetura de soluções.

Diferença entre o Arquiteto de Soluções e o Arquiteto de softwares

A grande diferença entre esses dois profissionais está no fato de que o arquiteto de soluções atua na parte estratégica do negócio.

Ele cria e desenvolve alternativas e soluções para que o negócio possa crescer com solidez, sempre aproveitando todos os recursos tecnológicos disponíveis.

Enquanto isso, o arquiteto de softwares atua com as questões mais técnicas do empreendimento. Ele faz com que os projetos da empresa e do arquiteto de soluções sejam viáveis operacionalmente para a empresa.

Considerações finais

Diante de tudo o que foi abordado neste post, fica clara a importância da arquitetura de soluções para as empresas. 

Propor mudanças e melhorias relacionadas a TI pode fazer com que a empresa tenha um aumento na sua produtividade e ainda reduza custos desnecessários.

Por isso essa área pode trazer excelentes oportunidades para os profissionais.

Agora que você já sabe tudo sobre o arquiteto de soluções, que tal conhecer o MBA em Arquitetura de Soluções Digitais da Faculdade IMPACTA? 

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!