Saiba o que é PMI e porque ele é fundamental na gestão de projetos

Entender o que é PMI - Project Management Institute é o primeiro passo para buscar uma qualificação de destaque no mercado. Veja aqui!

Autor: Redação Impacta

Não pode ler esse artigo agora? Ouça a matéria no Player abaixo:

Grandes projetos transformam a humanidade e resultam em obras incríveis há milênios. As pirâmides do Egito (2.550 a.C.), as muralhas da China (entre 600 e 200 a.C.) e o Taj Mahal (do século 17) são bons exemplos disso.

Embora ainda haja lacunas sobre a história dessas imponentes construções, não se pode negar a importância da gestão de projetos em empreendimentos tão fantásticos. É bem provável que esses construtores não soubessem, mas de fato eles exerciam o gerenciamento de planos de forma rudimentar.

Saiba o que é PMI

Aliás, se estivessem vivos, profissionais dessa estirpe poderiam ser seus concorrentes hoje. O fato é que a gestão de projetos permanece fundamental para a economia do mundo. Tanto é verdade que obras extraordinárias ainda acontecem em tempos atuais.

Afinal de contas, sem a estrutura técnica e teórica de como organizar pessoas e tarefas em grandes realizações, como teriam sido viabilizadas intervenções esplêndidas como as ilhas artificiais de Dubai, nos Emirados Árabes, ou o novo Canal do Panamá , no país homônimo ou, até mesmo, o túnel de 57 quilômetros que atravessa os elevadíssimos alpes suíços, o mais longo do planeta?
Todo mundo sabe que é preciso se atualizar para progredir. Muita gente, no entanto, tem dúvidas sobre qual é o melhor caminho.
Nesse contexto, queremos mostrar como a gestão de projetos é uma carreira em franca ascensão. Mais do que isso: como é possível se aperfeiçoar por meio de cursos e certificados do PMI (Project Management Institute ou Instituto de Gerenciamento de Projetos).
Você sabe o que é PMI? Quer descobrir como ele pode ajudar no seu desenvolvimento profissional? Então, acompanhe neste post dicas relevantes sobre essa consagrada entidade de formação. Venha com a gente e cresça em sua carreira!

O que é PMI?

Saber o que é PMI pode mudar a sua vida. O Project Management Institute ou Instituto de Gerenciamento de Projetos é uma instituição, articulada em nível mundial, que reúne profissionais de gerenciamento de projetos.
Ela funciona como um modelo de atualização e formação de gestores, com sede em Newton Square, na Filadélfia, Estados Unidos. Esse parâmetro que a associação estabelece pode ser comparado ao que é feito pela Organização Mundial da Saúde (OMS) nas carreiras de médicos, enfermeiros e farmacêuticos.
Mais um exemplo: o PMI opera a favor do gestor de projetos da mesma forma que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) o faz para os profissionais de direito.
Fundada em 1969, na Pensilvânia, essa entidade conecta a maior teia de colaboradores do setor em todo o mundo.
Desse modo, filiais e demais polos autorizados se espalham por mais de 165 nações diferentes. Esses núcleos fomentam padrões, princípios, ideias, metodologias etc. Tudo isso com o propósito de estimular o aprendizado e o crescimento dos profissionais da área.

Por que o PMI é importante para a gestão de projetos?

O PMI é indispensável para quem pretende evoluir na carreira. Isso porque suas certificações e escola de pensamento são usadas no mercado mundial como um critério de desempate na seleção de candidatos. Muitas vezes, ter um selo desse porte é quesito básico para o preenchimento de vagas.
Os profissionais com esse carimbo aprendem a aplicar a clareza e a objetividade na execução de suas ações. Desse jeito, eles imprimem mais qualidade para suas tarefas. Como resultado, eles são vistos como talentosos e conquistam o respeito das empresas.
O colaborador que consegue uma chancela desse timbre é visto de uma forma diferenciada. Ou seja, ele obtém mais reconhecimento e valorização.
Sabe aquela independência financeira com a qual todo jovem sonha? Pode ser a sua chance! Afinal de contas, você se destaca de seus concorrentes e ainda ajuda a empresa a enfrentar os dela.
Para se ter uma ideia da importância desse setor, dados do PMI revelam que em média os investimentos em gestão de projetos alcançam um quinto do Produto Interno Bruto (PIB) mundial por ano.
Em números absolutos, estamos falando de uma cifra de 12 trilhões de dólares. A previsão de arrecadação orçamentária para o Brasil neste ano, por exemplo, é de 3,5 trilhões de reais. Esses números revelam apenas a ponta do iceberg quando o assunto são as potencialidades desse segmento.
As empresas têm muito interesse nos especialistas formados por esse instituto porque eles atestam um nível de satisfação muito acima da média.
Mais de 700 mil profissionais certificados e voluntários, distribuídos por sucursais em mais de uma centena de nações, ajudam uns aos outros a progredir na carreira e a acelerar o processo de amadurecimento profissional.
Por esse motivo, o PMI é tido como uma das melhores ferramentas para a gestão de projetosAfinal de contas, pessoas experientes de lugares distintos criam um modo peculiar para trocar informações sobre educação, pesquisa, ciência e experiência prática.
Assim, conferências, publicações, vídeos, resoluções, congressos, entre outros tipos de atividades, disseminam um novo olhar para a coordenação de programas, equipes e ações.
Existe ainda uma contribuição social e global. Ao compartilhar os dados, é mais simples evitar os erros comuns do passado, já que eles são alvos de constantes debates no PMI. Da mesma forma, os líderes reduzem os esforços para se alcançar as metas, acompanhando a fundo os casos de sucesso.

O que é preciso para receber esse selo qualificador?

Tanto quem tem graduação como aquele que não conta com o diploma de nível superior podem conquistar um certificado do PMI. Há, no entanto, critérios diferentes para ambas as condições.
No caso dos graduados há mais de três anos, a entidade exige 4,5 mil horas em atividades de controle de projetos, que tenham sido realizadas nos últimos seis anos. Será preciso comprovar essa experiência profissional, bem como apresentar o certificado do curso de sua formação acadêmica.
Os interessados sem diploma terão de cumprir critérios mais rígidos a fim de compensar a falta de uma formação teórica.
Por isso, sem um diploma universitário, o mínimo de tempo requerido é de 7,5 mil horas em atuação no setor, que tenham sido aplicadas nos últimos oito anos. É obrigatória a conclusão do Ensino Médio para pleitear um selo dessa marca.
Depois de atender a esses imperativos, o candidato fará uma prova em um Centro Autorizado de Exames. Antes de passar pelo teste, é fundamental selecionar qual é o tipo de certificado mais pertinente ao seu perfil.
Essa decisão deve levar em conta seus propósitos e suas preferências de atuação. No próximo tópico, abordaremos os diferentes espécies de atestados disponíveis.
Por ser uma anuência muito disputada no mercado, até pelo reconhecimento profissional que esse documento propicia, a sua obtenção não é simples.
Mas o que são os esforços necessários diante da chance de estar à altura dos melhores gestores de projetos do mundo, não é mesmo?
É recomendável, antes de embarcar nessa verdadeira aventura, preparar-se para ela. Para isso, uma dica é ler alguns livros de gestão de projetos.
Desse modo, quando você iniciar a sua formação, terá alicerces mais estruturados para acompanhar e aproveitar esses ensinamentos. Abaixo, você confere algumas das premissas para se tornar um dirigente recomendado pelo PMI. Veja:

  • ter profundo conhecimento do que são os padrões PMI;
  • estudar pelo menos três horas diariamente;
  • participar de debates sobre as questões essenciais;
  • passar por exercícios simulados;
  • inscrever-se em algum curso preparatório de certificação PMI;
  • aplicar a gestão de projetos no seu cotidiano;
  • dominar o manual da certificação almejada;
  • ser aprovado nos testes.

saiba-o-que-e-pmi-e-porque-ele-e-fundamental-na-gestao-de-projetos

Quais certificações são oferecidas?

Como já adiantamos, o processo para alcançar esse atestado de competência inclui escolher qual é a certificação mais adequada à sua personalidade.
A administração de planos e iniciativas envolve muitas áreas: supervisão de pessoas, de compras, de obras, de tarefas etc. A seguir, você verá os oito tipos de certificações oferecidas. Observe:

  • certificação PMP (Profissional de Gerenciamento de Projetos): é o indicador de habilidades mais famoso no planeta quando o assunto é a gerência de iniciativas. Esse aprimoramento é muito recomendado para quem tem vocação de liderança e já trabalhou comandando equipes;
  • certificação CAPM (Técnico Certificado em Gerenciamento de Projetos): é ideal para iniciantes ou investidores de projetos que queiram refinar sua habilidade de controlar o andamento das ações. Cada vez mais, esse modelo vem sendo reconhecido pelas empresas como importante indutor de conhecimento;
  • certificação PMI-SP (Profissional em Gerenciamento de Cronograma do PMI): ele é voltado para profissionais com ambições de se especializar em elaborar e controlar cronogramas durante a execução de projetos;
  • certificação PMI-RMP (Profissional em Gerenciamento de Riscos do PMI): aprimora a capacidade de identificar, avaliar e conciliar os efeitos das ameaças contra a empresa. Esse curso contribui para que um profissional consiga detectar, com mais facilidade, novas chances de crescimento;
  • certificação PgMP (Profissional de Gerenciamento de Programas do PMI): serve para aprender a administrar diversos projetos complexos em andamento simultaneamente e que influenciam diretamente na performance estratégica;
  •  certificação PfMP (Profissional de Gerenciamento de Portfolio do PMI): capacita o gestor de projetos a criar, administrar e alinhar portfólios à realidade de cada organização;
  •  certificação PMI-ACP (Profissional Certificado em Métodos Ágeis do PMI): essa é uma versão de aprendizagem voltada às pessoas que utilizam as táticas de metodologia ágil de gestão;
  • certificação PMI-PBA (Profissional em Análise de Negócios do PMI): essa especialização é direcionada à análise de negócios e ajuda os profissionais a comandar equipes com um olhar mais empreendedor.

Quais os benefícios aos profissionais?

Desenvolver um bom trabalho e conquistar reconhecimento é o sonho de qualquer um, não é mesmo? Os cursos e certificações do PMI abrem as portas para novas oportunidades no mercado.
Para quem anseia por respostas financeiras rápidas, esse trajeto é bastante favorável. Afinal de contas, as capacitações agregam valor aos profissionais, fazendo com que eles consigam melhores vencimentos.
A gestão de projetos envolve atividades sensíveis para muitos negócios, tanto na esfera privada como na pública. Os empregadores procuram por níveis elevados de conhecimento na coordenação de ações decisivas para o sucesso ou o fracasso de um empreendimento.
Por conta da alta concorrência no mercado atual, as companhias necessitam de diferenciais que despertem a atenção dos clientes. Por isso, profissionais aptos a oferecer excelência a preços competitivos valem mais do que ouro.
Já os que recebem instruções da marca PMI se evidenciam ainda mais. Isso porque a empresa tem a segurança de que esse especialista é habilitado para o desafio.
Como as técnicas do PMI são flexíveis, é possível ajustá-las às necessidades de uma organização específica. Por essa razão, existe muito espaço para aberturas de vagas nesse segmento.
O PMI propõe boas práticas na execução do trabalho, mas é o time de cada empresa que vai tocar a empreitada de acordo com os distintos cenários e setores. Abaixo, segue uma série de vantagens do PMI para a carreira. Confira!

Reconhecimento

Por causa da seriedade do PMI, cuja reputação ilibada é praticamente unânime no ramo, ter um certificado da entidade é como ganhar um carimbo, uma entrada VIP para o mercado. As empresas automaticamente param para olhar o currículo de um candidato com uma qualificação sofisticada como essa. 

Know-how em metodologias

O gerente de projetos se tornou uma profissão com identidade própria. Ela exige saber o que determinam os principais protocolos, princípios e ações do ramo.
O aprovado recebe noções profundas sobre como usar pesquisas, conciliar conflitos e aproveitar a experiência de pessoas há mais tempo na área para aperfeiçoar seus resultados. Esse conjunto de incumbências, portanto, vai muito além do que as de um gerente tradicional.

 Atualização

Um profissional credenciado exibe alinhamento às atualizações do setor, tanto na questão ética das principais discussões em andamento como na evolução de tecnologias e procedimentos novos.
Uma chancela desse timbre atesta que você não é acomodado, algo de muito valor na atualidade. Os empregadores querem colaboradores com iniciativa e entusiasmo.

Ampliação do networking

O leque de contatos para o trabalho aumenta e ainda recebe mais qualidade. Afinal de contas, você conhecerá colegas que também estão se certificando durante essa jornada.
Além deles, também terá contatos com ex-alunos também habilitados. Essa troca de experiência, muitas vezes, é a oportunidade que faltava para você subir.

Novas ideias

Quando você faz um curso do PMI, sai de uma bolha para entrar em uma teia de conhecimento e desenvolvimento recíprocos.
Além do networking, isto é, uma nova rede de contatos para futuros empregos, a troca de experiência proporciona benefícios indiretos, como a ampliação dos horizontes. O aprendizado e a história de outras pessoas da sua área podem ser grandes aliados em seu sucesso.
Um colega que tenha passado pela mesma situação profissional que você serve como uma bússola na sua trajetória. Assim, fica mais simples driblar os erros e aumentar as chances de operações bem-sucedidas.

Vasta área de atuação

Como já mencionamos no início deste post, a gestão de projetos é uma carreira promissora porque está em toda a parte.
Ela é necessária na tecnologia da informação, na prestação de serviços, na metalurgia, na siderurgia, nas áreas que envolvem a extração do petróleo, nos setores químicos, farmacêuticos etc.
Em todos esses segmentos, há companhias que valorizam o selo PMI, mais um motivo a favor dessa opção de treinamento e instrução.

Salários mais altos

Nos últimos anos, as certificações do PMI obtiveram um elevado nível de prestígio mundial. Como essa entidade é especialista em gestão de projetos, ser reconhecido por ela é a garantia praticamente automática de cargos de chefia.
Isso porque o gerenciamento de planos abrange a administração de outras pessoas também. Como consequência, é muito comum que os profissionais aprovados pela instituição consigam salários mais altos.
Além disso, até mesmo em relação aos colegas não certificados, as remunerações para os ex-alunos do PMI são mais substanciais.

Autoestima

Por seu muito difícil de conquistar, uma certificação PMI é como um grande desafio. Talvez ela seja para você como as Olimpíadas são para um atleta.

Embora o caminho seja árduo, chegar ao seu final será uma enorme vitória. Isso vai estimular a sua autoconfiança, um quesito muito importante para quem tem ambições no gerenciamento de pessoas e pretende galgar posições de liderança. 

oque_e_pmi

Qual a diferença entre PMI, PMBOK e PMP?

As siglas PMI, PMBOK e PMO circulam com muita frequência nos sites das melhores agências de empregos, no LinkedIn e nos grupos de WhatsApp e do Facebook que reúnem profissionais.
Afinal de contas, elas são muito utilizadas em seleções de empregos e são referência em educação no setor de gerenciamento.
Se você fica confuso com essa combinação de letras, fique tranquilo. Abaixo, a gente vai explicar cada uma delas. Isso tudo com direito a uma pequena revisão sobre o que é PMI. Vamos lá?

PMI

Como já explicamos, mas nunca é demais reforçar, já que ensinar é nosso principal compromisso, o PMI é a sigla para Project Management Institute ou Instituto de Gerenciamento de Projetos.
O PMI, portanto, é a entidade. Sediada nos Estados Unidos, ela reúne centenas de países há mais de 40 anos com o objetivo de fomentar a educação na área de gestão de projetos. Desse modo, quando você ouvir falar de PMI, não se esqueça que se trata da instituição.

PMBOK

Já o PMBOK (Project Management Body of Knowledge ou Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos) é um pacote de instruções elaborado pelo PMI para alcançar uma gestão de projetos de sucesso. É como uma cartilha com boas práticas nessas atividades.
Ele é publicado desde 1987 e oferece informações sobre a metodologia PMI em mais de 10 idiomas, com tiragem superior a um milhão de cópias.
No PMBOK, existe um vocabulário padrão para os participantes de todas as nações envolvidas, o que torna a comunicação internacional bastante fluída.
Uma terminologia pode ser reconhecida por brasileiros, americanos, canadenses etc., sem a necessidade de fazer traduções sobre elas: todos a entendem perfeitamente!
Isso traz enorme contribuição para o desenvolvimento profissional. É possível aproveitar a experiência de outros continentes sem sair de sua cidade.
Não basta, porém, conhecer todo o PMBOK se não houver a aplicação dele nas atividades práticas. É preciso treinar a habilidade de interpretar esse código e adaptá-lo às suas condições cotidianas.
Nesse contexto, é indispensável conhecer o que é o PMP (Projeto Management Professional ou Gerente Profissional de Projetos). Acompanhe a seguir!

PMP

O PMP é o título com o qual o PMI (a entidade) condecora os alunos que passam em seus exames. Essa qualificação é emitida desde 1984 e é uma das oito formas de certificação desse famoso instituto.
Acima, caso queira, você retoma um pouquinho mais sobre cada um deles no tópico “Quais certificações são oferecidas?”.
Com esse selo, o profissional se capacita para dominar protocolos, mecanismos e condutas baseadas nos métodos do PMI. Por meio de muita pesquisa, ele descobre novos instrumentos, teóricos e práticos, para garantir mais seriedade e consistência em suas decisões, o que quase sempre significa êxito. 
O documento permite ainda que esse gerente desenvolva e aperfeiçoe suas aptidões para o controle de dados, para prever os riscos e para ter resiliência e sagacidade diante de imprevistos e emergências. Vale lembrar que o mercado exige que se faça tudo isso em alta velocidade!
Com esse preparo, o gestor se torna capaz de projetar operações curtas, com data para início e término, bem como as de médio e de longo prazos. Também pode trabalhar em companhias dos mais diferentes portes. 
O PMP é tido como a mais reconhecida certificação em todo planeta nesse tema. O PMI, em 1999, foi a primeira associação em nível mundial a ter seu projeto de preparação avalizado pela International Organization for Standardization (ISO) 9001. Que tal recapitular as abreviações?

  • O que é PMI? Project Management Institute ou Instituto de Gerenciamento de Projetos;
  • o que PMBOK? Project Management Body of Knowledge ou Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos;
  • o que é PMP? Project Management Professional ou Gerente Profissional de Projetos.

Conhecer o que é PMI, portanto, pode fazer toda a diferença na carreira. Por meio de seus certificados, os profissionais conseguem respeito no mercado de trabalho, aumentam suas chances de promoções e salários mais altos e ainda por cima ampliam sua rede de contatos profissionais. 
Assim, você aprofunda suas habilidades e consegue ficar atualizado sobre o que há de melhor no mundo nesse segmento.
O resultado vai ser independência financeira e crescimento profissional, já que você terá total condição de oferecer uma gestão eficiente. Gostou do nosso conteúdo? Então, compartilhe este artigo nas redes sociais!

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!