Quem são os profissionais que trabalham com dados?

Procura-se Especialista em Dados! Quer saber quem são os profissionais que trabalham com dados e as empresas estão atrás? Veja nossa Lista de 9 Opções!(...)

Autor: Redação Impacta

Não pode ler esse artigo agora? Ouça a matéria no Player abaixo:

Se você atua ou está se preparando para entrar no mercado de trabalho em áreas como tecnologia, marketing, gestão ou negócios, com certeza, já deve ter percebido a importância que o conhecimento no uso de Dados tem ganhado nesses setores, não é mesmo?

E não é só por aqui que está acontecendo. Com o grande volume de informações que as empresas lidam atualmente e em um cenário mundial com o mercado VUCA (termo usado para definir o período de maior Volatilidade, Incerteza, Complexidade e Ambiguidade), os negócios que são orientados por dados aumentam as chances de crescimento com foco em resultados e na eficiência.

É por isso que são cada vez mais comuns as empresas que se definem como Data Driven ou Orientada por Dados, levando o uso das informações para a estratégia central do negócio. Porém, para transformar essa imensidão de dados em informações relevantes, é preciso ter profissionais especializados na área.

Logo, é normal que você esteja percebendo essa “popularização” de vagas que pedem profissionais  com habilidades específicas como: análise de dados, orientação à dados, pensamento analítico, alfabetização em dados ou mesmo ciência de dados.

Mas quais são os cargos e profissões mais solicitadas com conhecimento em dados? Para te ajudar com essa resposta, confira a lista que preparamos para você!

9 Profissionais que trabalham com dados

 profissionais_trabalham_dados

Engenheiro de dados

Apesar do Cientista de Dados ser a “bola da vez” nas listas e previsões para o mercado de trabalho de tecnologia – e não é à toa, como você pode ver aqui -, a verdade é que o Engenheiro de dados é ainda mais requisitado nas empresas e cargos disponíveis para hoje.

Isso porque a Engenharia de Dados é a base para desenvolver o pipeline, que definirá a organização, fluxo e a estrutura de armazenagem e apresentação das informações coletadas, transformando os dados brutos em informações que poderão ser analisadas. Ou seja, sem esse profissional não existe a análise de dados.

Marketing Data Scientist

Uma das áreas em que mais cresceu a busca por especialistas em dados nos últimos, sem dúvidas, é a de marketing digital. Isso porque as facilidades de mensuração e acompanhamento de métricas no meio online, permitem a criação de soluções mais personalizadas e assertivas com base nos dados.

Seja na criação de modelos de recomendação, como fazem algumas soluções de e-commerce ou mesmo no produto – como a Netflix -, ou para ter uma comunicação personalizada com o seu público, o foco do uso de dados pelo marketing é sempre otimizar o ROI- retorno sobre o investimento e, claro, aumentar os resultados. 

Para isso, são procurados especialistas em marketing com conhecimentos em criação de dashboards, análise de dados, acompanhamento de métricas, definição de KPIs, otimização para SEO, criação e acompanhamento de resultados em campanhas de Google Adwords e Social Ads e etc.

Engenheiro de Machine Learning

Outra área que é cada vez mais ouvida por aqui no meio corporativo é Machine Learning – ou aprendizado de máquina -, que tem o objetivo de desenvolver técnicas e implementar sistemas capazes de automatizar a forma de aprender e de obter conhecimento pelas máquinas.

Para atuar nessa importante área para a evolução da robótica e da inteligência artificial, o engenheiro de machine learning deve conhecer bem o desenvolvimento de softwares e ainda aliar habilidades como estatística, matemática e análise de dados com linguagens e tecnologias como Python e R.

Arquiteto de dados

Muitas vezes visto como a evolução da atuação do desenvolvedor ou administrador de Banco de Dados – DBA, o Arquiteto de Dados passa a ter como tarefa, além da montagem e gerenciamento do modelo de processamento de de dados, a estruturação de soluções que garantam a sincronia com a organização das informações.

É esse profissional que vai ser responsável ainda pelo planejamento da Governança de Dados e muitas vezes atuará juntamente com o Engenheiro de Dados para projetar e entregar pipelines úteis e facilitadores.

Analista de Business Intelligence

Podendo ser chamado de Analista de BI, Especialista em Inteligência de Negócios ou simplesmente Analista de Negócios, esse profissional é responsável por melhorar processos internos, aumentar a produtividade e otimizar desde a criação de produtos e serviços até a entrega final. Portanto, saber fazer a análise de dados é inevitável para a função.

Nesse cenário, o analista colherá informações de diversas fontes para desempenhar suas funções, tratando  e apresentando as principais métricas diretamente com os diretores e tomadores de decisão da empresa.

O conhecimento no uso de ferramentas de dashboard, tais como Tableau e Power BI, são essenciais e, em muitas empresas, esse profissional trabalhará junto ao Marketing Data Scientist na priorização de tarefas e projetos de melhoria, sempre com foco no resultado.

Desenvolvedor de Data Warehouse

Em tradução ao português, o termo Warehouse significa armazém, o que já dá uma boa ideia da atuação desse profissional. Porém, com o avanço tecnológico e a popularização da computação em nuvem, o desenvolvedor de Data Waherouse passou a trabalhar com uma infraestrutura virtualizada de armazenamento.

Atuando junto ao arquiteto de dados, podemos dizer que esse desenvolvedor terá o objetivo principal de encontrar soluções para unir e facilitar a análise de dados dispersos de diversos pontos, sem conexão ou correlação, entregando-os em uma interface amigável, sendo ideal para projetos de Big Data.

Analista de dados

Não poderíamos fazer essa lista sem falar deste que é o cargo que mais mais apresenta vagas disponíveis no mercado, não é mesmo? 

O analista de dados é responsável por realizar a coleta, compilar e interpretar as informações disponíveis para obter insights que possam direcionar a tomada de decisões em um negócio. Podendo estar focado em determinada área ou departamento da empresa, o profissional terá o objetivo de monitorar processos e detectar possíveis alterações ou situações que demandam ações.

Na rotina do analista de dados são realizadas diversas análises que podem auxiliar equipes, como marketing ou BI, a definir estratégias mais vantajosas e eficientes.

Cientista de dados

Outro profissional que também não poderia ficar de fora é o Cientista de Dados. Em alta no mercado, ele é o responsável por liderar a exploração e desenvolvendo de ferramentas ou técnicas para trabalhar com um grande volume de dados.

Vale notar que esse profissional deve fazer mais do que apenas localizar os dados. Suas responsabilidades e habilidades também incluem a geração de insights, capacidade de raciocínio analítico para reconhecer tendências, especificar necessidades, identificar pontos cegos e saber tomar decisões que gerem valor à empresa.

DPO – Data Protection Officer

No mês em que a Lei Geral de Proteção de Dados entra em vigor no Brasil, não podemos falar de dados sem falar na sua proteção, não é mesmo? 

Antes mesmo da nova Lei, os profissionais capazes de desenvolver soluções e estratégias para aumentar a segurança na captação, armazenamento e e gerenciamento dos dados já eram procurados pelas empresas. Afinal, os ataques cibernéticos com o objetivo de capturar dados geram grandes prejuízos e, infelizmente, são cada vez mais comuns.

Para garantir a aplicação das melhores práticas e ferramentas para adequação às normas da LGPD, o profissional mais indicado é o DPO, que fica encarregado pela proteção de dados nos aspectos jurídicos e tecnológicos.

Para isso, o especialista deve ter conhecimentos tanto na área de direito quando nas técnicas para proteção de dados online.

E não é só isso. Com cada vez mais empresas orientadas por dados, a tendência é que as habilidades relacionada a área sejam exigidas em ainda mais cargos e áreas, seja na criação de novos ou na adaptação de tarefas e profissionais atuais. Por isso, ter esses conhecimentos com certeza será importante para qualquer profissional nos próximos anos!

Esperamos ter ajudado para a sua preparação. Bons estudos!

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!