O amplo e crescente mercado de análise e desenvolvimento de sistemas

Com as tecnologias avançando cada dia mais e mais, uma das áreas mais promissoras dentro do mercado é o desenvolvimento de sistemas.

Autor: Redação Impacta

Como sabemos, a demanda por profissionais na área de Tecnologia vem crescendo cada dia mais. De acordo com um estudo realizado pela ABES, em parceria com a IDC, o Brasil está acima da média mundial nesse setor.
Em 2018 o seu crescimento foi de 9,8%, enquanto a média mundial alcançou os 6,7%. Para 2020 há uma projeção de crescimento de 15%, com um faturamento total de US$ 60 bilhões.
O profissional de tecnologia tem sido mais requisitado, isso porque tanto o poder público quanto o privado necessitam de sistemas informatizados atualizados para gerir de forma mais rápida e eficiente o seu crescimento.
 Nesse artigo, falaremos de uma área de estudos que é uma das principais portas de entrada para quem quer se especializar em Tecnologia: Análise e desenvolvimento de sistemas. Então continue a leitura e veja como se especializar em uma das áreas que mais cresce no mercado.

Mas quem é um Analista e desenvolvedor de sistemas?

O desenvolvimento consiste na etapa prática do estudo dos sistemas que conectam hardwares, softwares e o usuário final, para que sejam geradas soluções efetivas a partir daí.
O tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas é, portanto, um especialista na criação de sistemas informatizados; apto a desenvolver, analisar, montar e implementar sistemas de informação, além de gerenciá-los e atualizá-los posteriormente.
É esperado desse profissional um conhecimento amplo na estrutura física de computadores e periféricos, além de domínio de banco de dados, idioma inglês (sobretudo em termos técnicos) e constante atualização sobre novas tecnologias, linguagens de programação (Java, .net, Cobol, etc) e plataformas para desenvolvimento de aplicativos.
O objetivo da aquisição desse conhecimento é colocá-lo em prática visando o melhor aproveitamento das máquinas, garantindo estratégias assertivas na fluidez de processamento de dados e informações.
Em virtude disso, o campo de atuação de um tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas é extremamente amplo.
Além de um verdadeiro gerenciador de software livre, este profissional pode trabalhar como programador, analista de negócios, analista de requisitos, analista de desenvolvimento, analista de testes, arquiteto de software, gerente de projetos, gerente de qualidade, gerente de configuração, gerente de TI e até mesmo diretor de TI ou CIO em empresas de maior porte.
Sem mencionar a possibilidade de investir em negócio próprio, tornando-se desenvolvedor ou consultor de sistemas de informação.
Por conta dessa amplitude e consequente estabilidade, pode-se dizer sem dúvidas que análise e desenvolvimento de sistemas é uma das áreas mais promissoras e seguras para investir em formação e carreira.
shutterstock_661113826

O mercado para um desenvolvedor e analista de sistemas

Para aqueles que desejam ingressar nesta área, temos uma boa notícia, o mercado é um dos que mais cresce no Brasil e em todo o mundo, visto que as empresas estão buscando cada vez mais profissionais capacitados para suprir suas necessidades. Mas não basta somente a graduação, hoje em dia é imprescindível um currículo com diversos cursos.
Para os universitários, a possibilidade de se conquistar um estágio na área é muito alta, no final do primeiro semestre já é possível encontrar alguma oportunidade que ensinará as noções básicas de uma profissão bem complexa.
O salário para esse setor varia muito de sua experiência profissional, como em qualquer departamento, mas a média nacional gira em torno de R$6.452,00 por mês. 
Segundo a pesquisa da plataforma de recrutamento Revelo de 2018, calculou-se que após o primeiro ano da sua formação, a remuneração poderá chegar a R$5.000,00, lembrando que isso varia de empresa e a sua ocupação e formação.

Mas como se formar na área?

Você que pretende seguir para esse mercado, com certeza deve se interessar por exatas. Mas não basta aprender técnicas de programação, na grade curricular haverá algumas aulas para conhecimento de práticas para gerenciamento.
O curso busca formar um profissional que esteja qualificado para realizar todas as etapas do projeto de sistemas de Software, desde concepção, análise, teste, gestão, implantação e manutenção dos sistemas.
Os desenvolvedores precisam ainda entender os requisitos de negócio do cliente e fornecer recomendações para melhorar os aplicativos ou sistemas de software, a fim de garantir que atendam às necessidades dos usuários ou clientes.
No curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas da Faculdade Impacta, o aluno aprende a criar programas, softwares e sistemas para as empresas, além de aplicativos para celulares.
Com 70% de sua carga horária dentro de laboratórios práticos, além de ter a oportunidade de criar a sua própria empresa, para aprender com situações reais e desenvolver suas habilidades de gestão, você participará desde sua ideia inicial até o lançamento no mercado.
Ficou interessado? Garanta já sua inscrição na graduação em Análise e desenvolvimento de sistemas, temos as modalidades presencial e EAD!

Possibilidades de especialização

O profissional de análise e desenvolvimento de sistemas pode se especializar em áreas que hoje, estão em alta no mercado de tecnologia, como:

Segurança da Informação

Considerado um dos pilares de uma empresa, a área de segurança da informação é um conjunto de medidas para manter a confidencialidade da empresa.
É uma área que vem gerando novos cargos e funções, buscando pessoas mais qualificadas para suprir suas necessidades. Visando diminuir os casos de informações confidenciais serem expostas, criou-se a lei geral de proteção de dados (LGPD)
Seu objetivo é esclarecer para os clientes o propósito do uso de seus dados pessoais e documentar isso em relatórios, gerando mais tranquilidade e confiança.

Internet das coisas (IoT)

De uma forma simples, IoT é o modo como os objetos estão conectados entre si e se comunicando de forma rápida, através dos Softwares que compartilham os dados de uma rede. Isso se refere à qualquer aparelho que você possa imaginar, desde um relógio à um carro.
Segundo a Gartner, em 2020 estima-se que 12 bilhões de aparelhos estarão conectados a IoT. Veja nosso curso online sobre os fundamentos da internet das coisas e esteja preparado para a inovação do mercado.

Devops

O Devops não possui um conceito em definitivo, o seu significado é muito flexível, mas sua principal função é acelerar os processos de produção, isso garante que as empresas atendam seus clientes com uma qualidade maior e garantindo satisfação e sucesso nas negociações.
Os desenvolvedores serão responsáveis pela idealização e acompanhar o funcionamento do aplicativo em todo o ciclo, realizando assim atualizações que melhore a experiência dos usuários.
O Devops é inovador e desafiador para as empresas de tecnologia e o mercado necessita de novas transformações. Por isso, oferecemos nosso curso com certificação para que você esteja pronto para suprir essa necessidade e nosso MBA em Cloud Computing e Devops.
Gostou do nosso artigo? Então deixe seu comentário para tirar suas dúvidas ou sugestões. Compartilhe com seus amigos pelas redes sociais!

1 Comentário

  1. wilson moreira alves sampaio disse:

    Me formei nessa aréa estou satisfeito até porque mesmo sendo técnologo podemos realizar um pós graduação em seguida.
    Att;
    Wilson Sampaio
    Consultor Técnico de Software De Gestão.

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!