Lifelong Learning: entenda o que é e porque é tão importante atualmente

Você saber o que é Lifelong Learning? Entenda o conceito de Aprendizado Contínuo e Saiba Porque ele é tão Importante para a Carreira Atualmente. Veja (...)

Autor: Redação Impacta

Você já ouviu falar em Lifelong Learning? Não? Mas com certeza você já ouviu falar que o aprendizado nunca para, não é mesmo? 

Nesse artigo iremos falar sobre essa abordagem de busca pelo conhecimento que já existe há algum tempo, mas vem crescendo nos últimos meses. Boa leitura!

O que é Lifelong Learning?

Lifelong Learning é uma expressão em inglês que significa o mesmo que “formação contínua” ao traduzir-se para a língua portuguesa. A ideia não é nova, já que esse conceito possui quase 50 anos de existência.

O Lifelong Learning sustenta que o processo de aprendizagem é contínuo, ou seja, ele começa na primeira infância e nos acompanha até o final de nossas vidas. Sendo assim, a aprendizagem não é algo que acaba ao concluirmos o ensino médio ou cursarmos uma faculdade

Desse modo, é fundamental que o indivíduo busque constantemente se aperfeiçoar, seja durante uma conversa informal, seja a partir da leitura ou seja por meio de qualificações, tais como cursos, pós-graduações, palestras, congressos, seminários, dentre outras possibilidades de apreensão do conhecimento. 

É importante frisar que não apenas o conhecimento teórico irá contribuir para a formação do indivíduo, mas que o próprio exercício da profissão é uma maneira de se aperfeiçoar. 

Além disso, vale destacar que uma postura de constante aprendizagem contribui também para as relações pessoais, tendo em vista que o processo de formação e troca de conhecimento pressupõe o diálogo e o respeito ao próximo. 

Os quatro pilares do Lifelong Learning

O Lifelong Learning está baseado em quatro pilares que auxiliam na sua implementação. Veja quais são e aprenda a como adotar uma postura de constante aprendizagem em sua vida. 

 

  • Aprender a Conhecer

 

O primeiro pilar do Lifelong Learning diz que o indivíduo deve estar aberto a aprender sobre diversos assuntos distintos e dialogar com pessoas que expressam diferentes perspectivas sobre um mesmo tema.

 

  • Aprender a Fazer

 

Além de aprender a buscar conhecimento, é de suma importância aprender a aplicá-lo. Realizar na prática um conhecimento abstrato é uma excelente maneira de testar as suas habilidades e limitações. 

Fora isso, a aplicação do conhecimento à realidade é uma interessante maneira de encontrar formas de aprimorar as limitações identificadas. 

Ademais, quando necessitamos aplicar um conhecimento na prática, precisamos contar com o apoio e o auxílio de outras pessoas, ou seja, necessitamos realizar o trabalho em equipe, o qual é uma das maneiras mais eficientes de aprender a fazer algo. 

 

  • Aprender a Conviver

 

Como destacado anteriormente, a postura de alguém que procura o conhecimento é de respeito e diálogo com o próximo. Assim sendo, busque sempre compreender a perspectiva do outro, mediar conflitos, cooperar, trocar conhecimento e, essencialmente, construir conhecimento. 

O indivíduo que busca conhecer não deseja intimidar os demais com a sua opinião, mostrar que está certo e encerrar o diálogo, mas sim proporcionar o ambiente mais agradável para a troca de conhecimento e experiências. 

Sendo assim, aprender a conviver com a opinião do outro e respeitá-la é um pilar indispensável para quem busca se aperfeiçoar continuamente. Durante a trajetória pela busca do conhecimento, damo-nos conta que mudamos de pensamento em diversos momentos, porque percebemos que anteriormente estávamos equivocados. 

Nesse sentido, cabe a cada um dispor de sua liberdade para buscar o verdadeiro conhecimento sem medo de errar. Isso auxilia o indivíduo a ser solidário com o próximo, pois se nós mesmos mudamos de opinião e passamos a não concordar com aquilo que acreditávamos a princípio, por que sermos tão duros com os demais?

Além disso, lembre-se que a própria ciência evoluiu por tentativa e erro. Portanto, equivocar-se e mudar de opinião faz parte da busca pelo conhecimento. 

 

  • Aprender a Ser

 

Por fim, o último pilar do Lifelong Learning é o aprender a ser. Ao adotar uma postura de constante busca pelo conhecimento do mundo à nossa volta, acabamos por conhecer melhor a nós mesmos. 

Conhecer a si próprio e saber identificar aquilo que sentimos é um poderoso conhecimento, tendo em vista que atualmente duas habilidades indispensáveis para o mercado de trabalho são a inteligência interpessoal e intrapessoal. 

Assim sendo, o conhecimento técnico por si só não é capaz de modificar a realidade, pois necessitamos trabalhar em equipe e, por conta disso, aprender a lidar com as demais pessoas, e também a gerenciar as nossas próprias emoções, tendo em vista que a rotina de trabalho está cada dia mais agitada e competitiva. 

Por que essa habilidade é tão valorizada no mercado de trabalho?

Certamente, você já deve ter percebido que o mercado de trabalho atual não é o mesmo que o seu pai e a sua mãe ocuparam na época deles, correto? 

Antigamente, uma pessoa passava uma vida toda dentro de uma mesma empresa. Além disso, a tecnologia não avançava tão rapidamente como hoje, de modo que as qualificações não eram necessárias com tamanha frequência. 

Ademais, anteriormente a população não possuía tanto incentivo para ingressar no ensino superior e, hoje, por meio de diversas políticas públicas, há um maior número de pessoas graduadas no Brasil, o que torna o mercado de trabalho mais competitivo. 

Sendo assim, adotar uma postura de constante aprendizagem é fundamental para manter-se atualizado sobre as frequentes transformações nas demandas da sociedade e, consequentemente, do mercado de trabalho, bem como para se destacar em meio a diversos profissionais altamente qualificados. 

Além disso, como já mencionado antes, habilidades interpessoais e intrapessoais estão sendo cada vez mais demandadas, tendo em vista que, ao longo dos anos, constatou-se que uma maior atenção às questões humanas auxilia de forma significativa a produtividade e a qualidade do trabalho exercido. 

Concluindo…

Como você pôde perceber ao longo deste post, adotar uma postura de constante aprendizagem auxiliará você tanto profissionalmente como pessoalmente, visto que essas duas áreas da vida se atravessam e se complementam. 

Portanto, inicie agora mesmo a sua jornada pela busca de um maior conhecimento e leia mais sobre Lifelong Learning. Além disso, conte conosco para aprender mais sobre diversos novos assuntos inscrevendo-se na nossa newsletter.

2 Comentários

    Deixe o seu comentário!

    Não perca nenhum post!