Como se tornar um desenvolvedor de games?

Uma das áreas que mais crescem no mundo está abrindo espaço no mercado para novas profissões, como a do desenvolvedor de games. Saiba como começar (...)

Autor: Redação Impacta

Não pode ler esse artigo agora? Ouça a matéria no Player abaixo:

O mercado de jogos está em total expansão — o surgimento de novas tecnologias e a popularização dos dispositivos móveis contribuíram bastante para isso. Segundo os dados divulgados pela Newzoo, o faturamento de jogos digitais representa US$ 94,4 bilhões.
Nesse cenário, uma profissão que está em alta é a de desenvolvedor de games. Como essa carreira reúne uma série de conhecimentos nas áreas de programação e design, é preciso investir muito em qualificação profissional para ter sucesso no mercado de trabalho. Se você tem interesse na área e pretende se tornar um desenvolvedor de games, continue lendo este artigo!

Como funciona a carreira de um desenvolvedor de games

Muitos profissionais pretendem ingressar nessa profissão e desejam ser contratados por uma grande empresa. Afinal, essa é uma oportunidade de iniciar a carreira e crescer profissionalmente. Se esse também é o seu objetivo, veja a seguir os passos que você precisa seguir para trabalhar em uma grande empresa e se tornar um desenvolvedor de games de sucesso.

Procure uma formação prática

O primeiro passo para se transformar em um profissional de jogos renomado é buscar se capacitar. Um curso tecnólogo voltado para a criação de jogos digitais é uma excelente alternativa para investir na sua carreira.
Por se tratar de um curso com duração menor, é totalmente voltado para a prática profissional. Isso quer dizer que, antes de terminá-lo, você terá aprendido não só a teoria, mas também a execução de vários conhecimentos. E, apesar de ter duração de apenas 2 anos, essa formação é reconhecida pelo MEC e permite que o aluno faça uma pós-graduação ou MBA em sequência.

Teste os seus conhecimentos

Mesmo antes de ser contratado por uma grande empresa, procure desenvolver seus conhecimentos em projetos próprios. Muitas vezes, a experiência em projetos pessoais é um fator que contribui para a contratação de um profissional. Afinal, se você quer se candidatar a uma vaga de desenvolvedor de games, é interessante que você construa um portfólio que certifique o seu conhecimento sobre o assunto.

Saiba trabalhar em equipe

Outro ponto essencial para ser contratado em uma grande empresa é saber trabalhar em conjunto com outras pessoas. É comum que as organizações deixem de contratar profissionais excelentes do ponto de vista técnico, mas que não lidam bem com o trabalho em contato com outros colaboradores. Sendo assim, procure interagir com todas as pessoas envolvidas nos projetos de maneira profissional e eficiente.  

Esteja atento ao mercado

Sem dúvidas, um requisito indispensável para o profissional que pretende ingressar na área de games é se manter atualizado. Por esse motivo, investir em certificações de curto prazo também é uma forma de adquirir ainda mais conhecimentos e habilidades exigidas pelo mercado.

como-se-tornar-um-desenvolvedor-de-games

Quais são as ferramentas mais comuns no desenvolvimento de games

Existem alguns programas que facilitam bastante o desenvolvimento de games e, por isso, é interessante saber utilizá-los. Esse pacote de recursos simplifica o processo de criação e evita que um jogo tenha que ser construído do zero. Conheça algumas dessas ferramentas:

  • CryEngine — lançado pela Crytek, o programa de criação de jogos oferece suporte a recursos de realidade virtual. Com ele, é possível criar games cada vez mais realistas e os efeitos visuais são bem interessantes. A iluminação é feita em tempo real, assim como os efeitos de luz e sombra, que são dinâmicos.
  • Unreal — o software é bastante utilizado para programar jogos em 2D ou 3D. É uma ferramenta ideal para desenvolvedores iniciantes, uma vez que é intuitiva e não exige muito conhecimento prévio.
  • Unity — é outra opção de ferramenta para a criação de games. No entanto, ela é indicada para desenvolvedores que têm mais experiência e conhecimento intermediário de programação.

Quais características o profissional de games deve ter

Inteligência emocional

É fato que dominar o desenvolvimento de jogos é primordial, mas saber lidar com pessoas é tão importante quanto. Até mesmo atuando de forma independente, mas especialmente se for trabalhar em equipe dentro de uma empresa, é preciso saber se relacionar com os clientes. Essa é uma grande oportunidade de aprendizado para que o profissional cresça na sua área.

Ser especialista e generalista

Já falamos anteriormente sobre o quanto o mercado de trabalho valoriza profissionais que dominam os diferentes aspectos de um jogo. No entanto, é interessante ser especialista em alguma área (como 3D, por exemplo), já que isso confere mais credibilidade e abre muitas portas de desenvolvimento profissional.

Entender de programação é requisito básico

Sabemos que a programação é a linguagem básica do jogo. Por esse motivo, é fundamental pensar na lógica do game. Por mais que o layout seja importante, antes é preciso focar em noções de usabilidade.

Ser um caçador de soluções

É preciso ter dinamismo para conseguir resolver os problemas que surgem nos games. Por isso, cultivar uma mentalidade que foca nas diversas possibilidades de solução, em vez de pensar apenas no problema, é indispensável. O profissional do mercado de games precisa ser rápido e perspicaz.

Entender inglês

É imprescindível entender pelo menos o básico de inglês. Isso porque os materiais disponíveis para estudo geralmente estão nesse idioma, então é preciso que você domine, no mínimo, a leitura. Além disso, a maior parte dos softwares são programados em inglês.

Como é o mercado de games

É fato que o segmento de jogos está em franca ascensão no Brasil e, inclusive, o Marketing Digital tem se apropriado da gamificação em algumas estratégias. Afinal, os games são excelentes formas não só de entretenimento, mas de motivação para colaboradores e clientes. O princípio dos jogos de incentivar os consumidores com recompensas tem se mostrado altamente eficaz na criação de engajamento contínuo.
Sem dúvidas, a demanda por desenvolvedores de games tende a crescer exponencialmente. Por esse motivo, investir em capacitação é o primeiro passo para desenvolver suas habilidades e conquistar sucesso profissional!
Neste artigo, apresentamos diversas informações sobre a profissão de um desenvolvedor de games. Para saber mais, confira também o e-book gratuito “Desenvolvedor de games: como é o mercado no Brasil?” e entenda tudo para começar na área!
 

2 Comentários

  1. Izaqueu disse:

    valor do curso por favor

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!