Videomarketing: 7 motivos para investir nessa tendência

O Videomarketing já é uma realidade que traz resultados para muitas das grandes empresas na web. Entenda porque você deve investir na área em 2019!(...)

Autor: Netshow.me

Do engajamento às vendas, saiba como o vídeo online pode contribuir com sua estratégia de marketing

Se você já está familiarizado com o mundo do marketing digital, sabe que o vídeo online é um formato indispensável para qualquer estratégia. Dinâmico e de fácil consumo, o vídeo online já está inserido no dia a dia de grande parte dos brasileiros, seja no YouTube, nas redes sociais, em serviços OTT como Netflix ou em uma infinidade de plataformas de streaming.
Segundo a pesquisa The State of Video Marketing 2018, feita pela empresa Wyzowl, 81% dos negócios utilizam vídeo como ferramenta de marketing. Dentro desse recorte, 78% dos profissionais entrevistados disseram que o vídeo traz um bom retorno sobre investimento (ROI). 
E a sua empresa, investe em uma estratégia sólida de videomarketing? Não?! Então preste atenção nos argumentos que vamos dar a seguir e que podem fazer você mudar de ideia – ou conseguir convencer seu chefe de que o vídeo online é um caminho sem volta para o marketing.

  1. O uso de vídeos só tende a crescer

Se o vídeo passou a fazer parte da maneira como nos comunicamos, então é natural que as equipes de marketing e comunicação se adaptem a este formato para atingir novos públicos. Isso não significa deixar de lado os outros formatos, mas utilizá-los de modo complementar, explorando o melhor das características de cada um.
Por mais que o título desse texto use a palavra “tendência”, tudo indica que os vídeos online são muito mais do que isso. Eles vieram para se consolidar no mercado. Uma pesquisa da empresa Cisco prevê que o tráfego de vídeo irá representar 82% de todo o tráfego da internet até 2022. Ainda tem dúvidas do poder dos vídeos online?

  1. Maior compreensão e identificação com a mensagem

O vídeo é um formato que proporciona uma maior compreensão da mensagem. A associação entre imagens, sons e textos facilita a retenção do conteúdo na memória. Além disso, a possibilidade de usar animações, gráficos e outros recursos contribui para simplificar a explicação de conteúdos mais técnicos e complexos.
O uso de vídeos também aumenta as chances de o público se identificar com a mensagem. Um bom conteúdo em vídeo pode provocar mais associações positivas com a marca do que outros formatos, devido à junção de recursos audiovisuais que apelam para diferentes emoções e humanizam a empresa.

  1. Versatilidade de formatos e conteúdos

Há inúmeros tipos de conteúdos que podem ser explorados com vídeos online. No caso do videomarketing, é possível fazer lançamento de novos produtos, transmissão ao vivo de eventos, webinars com colaboradores e convidados, ações com influenciadores digitais, tutoriais de produtos e sessões de dúvidas, cases de sucesso, vídeos com curiosidades e bastidores da empresa, ações de branded content e muito mais!
E não precisa se prender ao formato tradicional de vídeo gravado não! Você pode experimentar fazer transmissões ao vivo, animações, utilizar gráficos, ilustrações e o que a criatividade mandar.

  1. Mais engajamento e compartilhamentos

Vídeos podem envolver os espectadores de uma maneira mais profunda do que outros formatos, o que gera mais engajamento. A pesquisa The State of Video Marketing 2018, que mencionamos anteriormente, também aponta que 81% dos consumidores já se convenceram a comprar um produto ou serviço ao assistir a um vídeo.

Quando conseguimos engajar os espectadores, eles se tornam mais que consumidores: viram verdadeiros fãs da marca. Com isso, a divulgação espontânea acontece naturalmente por meio dos compartilhamentos. Segundo o Facebook, 48% do tempo de vídeo assistido na rede social vem de conteúdos compartilhados pelos usuários. É um poder de alcance que pode ser maior do que comerciais de TV em horário nobre – e bem mais barato.

edicao_de_videos_01

  1. Vídeos podem contribuir com as vendas

Sabe o famoso funil de vendas? Os vídeos podem ser inseridos em todas as etapas para ajudar a impulsionar os resultados. Comece com conteúdos que têm o objetivo de educar o cliente, fazer com que ele perceba que tem um problema a ser solucionado. Aos poucos, introduza o seu produto e como ele ajuda na resolução desse problema. Por fim, destaque todos os diferenciais e vantagens do seu produto para ajudar na decisão de compra.
Tudo isso pode ser feito por meio de webinars, cases de sucesso, tutoriais, demonstrações do produto e outros conteúdos que acompanham o cliente em sua jornada de compra. Outra possibilidade é o live shopping, ou seja, utilizar a transmissão ao vivo para vender produtos. Durante a transmissão, você pode apresentar seu produto em detalhes, tirar dúvidas ou até mesmo fazer uma live para um lançamento, concedendo condições de compras especiais para os espectadores.

  1. Transmissão ao vivo potencializa os resultados

Nos argumentos anteriores, mencionamos algumas vezes a possibilidade de realizar transmissões ao vivo. Mas vale reforçar este argumento por um ótimo motivo: o live streaming potencializa os resultados obtidos com vídeos online.
Como tudo acontece em tempo real, o engajamento do público é maior, especialmente quando a live permite interação via chat. Todos querem fazer parte daquele momento único. A live contribui também para humanizar a marca, já que há um representante disposto a dialogar diretamente com os espectadores. É uma excelente ferramenta para se aproximar e criar laços com seu público.

  1. Melhor posicionamento nas buscas

A técnica de SEO é muito bem empregada por diversas empresas em seus blogs e landing pages para melhorar seu posicionamento nas ferramentas de busca. Mas o que ainda não é feito em grande escala é otimizar o vídeo para que ele também seja bem ranqueado. E isso pode ser feito por meio do título, da descrição, das tags, entre outros elementos.
Mas por que ter todo esse trabalho? Porque os vídeos ganharam destaque na busca do Google, porque ainda não há muitos concorrentes para isso e porque o YouTube é o segundo maior buscador do mundo – o que mostra o tamanho do público que procura por vídeos. Aposte nos vídeos também como parte de sua estratégia para aumentar o tráfego orgânico.

Onde publicar os vídeos?

Tão importante quanto produzir bons conteúdos é escolher a melhor plataforma de streaming para publicá-los. Afinal, dependendo do seu objetivo, essa escolha pode fazer toda a diferença nos resultados.
Se você busca uma opção gratuita, o YouTube e as redes sociais como Facebook e Instagram são as plataformas mais utilizadas.
Entretanto, se você tem objetivos como ter um ambiente de vídeos restrito e personalizado, captação de leads, monetização ou acesso a ferramentas avançadas de transmissão ao vivo, a melhor solução é buscar uma plataforma profissional de vídeos online.
A plataforma de vídeos Netshow.me, por exemplo, permite tanto fazer lives profissionais quanto hospedar, gerenciar e monetizar seus vídeos com segurança. Tudo isso com a possibilidade de criar um layout com a sua identidade visual, incorporar o ambiente de vídeos dentro do seu site ou até mesmo desenvolver uma plataforma de vídeos totalmente personalizada e white label, como se fosse uma Netflix da empresa. Além disso, você pode captar leads e conferir relatórios completos de audiência.
Este post foi escrito pela equipe do Netshow.me, empresa especializada em soluções profissionais para vídeos online e transmissões ao vivo. Acesse o site e saiba mais!

1 Comentário

    Deixe o seu comentário!

    Não perca nenhum post!