The Martian: a Tecnologia influenciando a Criação Literária

Como a maioria dos livros, o romance The Martian foi escrito em um computador. Mas ele também foi escrito por um computador. Entenda!

Autor: Adam Junqueira

Já abordamos anteriormente como a tecnologia cada vez mais avançada vem permitindo que os vídeo games sejam considerados uma forma de arte e parte do patrimônio cultural da humanidade. Mais do que isso, a tecnologia também já está fazendo suas primeiras contribuições criativas na literatura. 

Como a maioria dos livros, o romance The Martian (O Marciano – ainda sem tradução oficial), foi escrito em um computador. No entanto, diferente da maioria dos livros, ele também foi escrito por um computador.

Bom, em partes. Primeira obra do escritor americano Andy Weir, o romance difere de tantas outras odisseias espaciais por ser essencialmente fidedigno às leis de física e matemática que regem o universo real.

A trama acompanha a narrativa de um irônico astronauta chamado Mark Watney, que após se tornar um dos primeiros humanos a andar sob a superfície de Marte, é abandonado por seu time, que deixa o planeta pensando que ele está morto depois que se perdeu em uma tempestade de areia.

O realismo de The Martian, que vem sendo chamado de “o melhor romance de ficção científica pura em anos”, se deve à vontade do autor – que antes de tudo é engenheiro de software, entusiasta do espaço e devoto de assuntos como física relativística, mecânica orbital e história da exploração espacial – de mostrar um plano de voo realista na história, o que consequentemente o levou a desenvolver um programa que pudesse criar um.

Eu queria saber quanto tempo levaria para eles chegarem lá (Marte) e qual era a rota de retorno planejada,” disse Weir. “A rota de retorno era particularmente importante pois eu queria saber como seria o delay da transmissão entre a nave e a Terra durante qualquer momento da história.

O veículo espacial apresentado no livro é movido por motores iônicos que, como Weir diz, “aplicam pequenos impulsos constantemente. Usar motores químicos convencionais requereria muita massa em combustível.”

Embora tudo isso pareça bem complicado para leigos, para o autor o que dificultava não era o cálculo de trajetórias orbitais sem aceleração, mas sim a constante aceleração dos motores iônicos e sua capacidade de alterar a direção de seus impulsos a qualquer momento. Para tanto, o aplicativo foi criado.

Eu o configurei para que pudesse mexer com o ângulo dos impulsos em qualquer ponto da jornada, bem como ligar ou desligar os motores,” diz ele.

O aplicativo, chamado apenas de “orbits”, também calcula o quão longe a espaçonave estaria da Terra e de Marte em qualquer momento. Planejar o trajeto da missão com o app também se mostrou útil para Weir quando estava escrevendo as transmissões entre o astronauta e o laboratório espacial da NASA, por exemplo: ele poderia calcular as marcações de tempo exatas para por nessas conversas.

O app também pode fazer a projeção do movimento de todos os corpos como uma animação ao invés de apenas mostrar o trajeto todo de uma vez,” explicou Weir.

O romance se tornou um fenômeno de vendas em 2012 após publicação independente e foi, enfim, lançado como um “livro físico” essa semana, provando que a tecnologia, conforme previsto por tantos autores de ficção científica no passado, seguirá assumindo um papel cada vez maior e mais importante na criação e produção de obras de entretenimento.

Esse conteúdo foi adaptado do artigo original de Angela Watercutter, disponível em wired.com.

Curtiu o post? Deixe seu comentário nos contando se o conteúdo foi relevante para você ou caso tenha ficado alguma dúvida!

2 Comentários

  1. Marcel Moreira disse:

    Procurei e não achei o livro em portugues. Ainda não existe tradução?

    • Olá, Marcel!
      Infelizmente o livro ainda não foi lançado em nossa língua. A última novidade após o lançamento da versão impressa foi uma nomeação a um prêmio de melhor áudio book.
      Estou ansioso pelo lançamento internacional do livro, mas enquanto não acontece a Amazon tá com uma promoção bacana pra versão Kindle.

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!