Software permite editar condições climáticas em fotos com comandos de texto

Pesquisadores da Brown University anunciaram um algoritmo que permite editar clima, estação e período do dia em fotos de paisagens com um apenas um comando.(...)

Autor: Redação Impacta

Hoje em dia, todo mundo tem seus truques na manga quando se trata de edição de imagens. Mesmo amadores conseguem fazer alterações simples – e muitas vezes grotescas – em imagens digitais, às vezes com resultados nem sempre satisfatórios. Com o surgimento do Instagram e a popularização de aparelhos com câmeras mais potentes, fotos de paisagens estão sempre entre as favoritas. E o cenário de edição desse tipo de imagem está cada vez mais moderno.

Essa semana, pesquisadores da Brown University, nos Estados Unidos, anunciaram um algoritmo que pode alterar o clima, a estação e o período do dia em fotos de paisagens com um simples comando de texto.

Editar as condições climáticas em uma fotografia não é uma tarefa fácil. Em climas chuvosos, diferenças sutis acontecem em adição às gotas de chuva e céu acinzentado: o chão brilha, detalhes têm contraste menor e as cores se encaixam em matizes de verde.

Atualmente, esse trabalho é reservado para profissionais de Photoshop, mas o software da Brown University permitirá que os usuários consigam tornar uma paisagem ensolarada em um dia úmido e cinza com apenas alguns comandos de texto simples como “mais chuva”.

exemplo_software

Para criar o programa, os pesquisadores fizeram uma lista com 40 características que os usuários poderiam querer em suas fotos, como chuvoso ou sombrio. Em seguida, compilaram 8.000 fotos de câmeras fixadas ao redor do globo encarregadas de fotografar paisagens em três períodos diferentes do dia, durante várias condições climáticas e sazonais diferentes. Com ajuda de funcionários da Amazon Mechanical Turk, as fotos foram marcadas de acordo com a lista de 40 características e passaram a alimentar a base de dados do algoritmo. O software então utilizou inteligência artificial para determinar o significado de cada um dos 40 atributos e definir mudanças de textura, cor e contraste.

Em um breve teste realizado com estudantes, cerca de 70% dos participantes preferiram as fotos alteradas pelo computador em vez das editadas por profissionais utilizando Photoshop.

A seguir, confira no vídeo alguns exemplos do uso do software:

Conforme dito na publicação da Vice sobre o software, ainda que o algoritmo consiga adicionar textura e cor, ele ainda está limitado pela sua inabilidade de acrescentar estruturas completas e detalhadas a uma imagem como, por exemplo, folhas caídas em uma passagem de primavera para outono. Por hora, essa tarefa – e a adição de gatinhos fofos em pôsteres de filmes icônicos – ainda conta com o toque da mão humana.

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!