Snapchat passa a permitir envio de dinheiro

O Snapchat (aplicativo de mensagens que somem após o recebimento) anunciou a ferramenta Snapcash, que permite a transferência de dinheiro entre os usuários.(...)

Autor: Redação Impacta

Na última segunda-feira, 17 de novembro, o Snapchat – aplicativo de mensagens que se destroem após o recebimento – anunciou uma nova função, chamada de Snapcash, que permite a transferência de quantias de dinheiro real entre os usuários.

A nova ferramenta surgiu por meio de uma parceria com a empresa de pagamentos Square, que curiosamente pertence ao cofundador do Twitter, Jack Dorsey.  A Square fica responsável por guardar os dados bancários dos usuários e também pela logística da transferência.

imagem

O Snapcash funciona de maneira bastante simples, sendo necessário que o usuário cadastre as informações do cartão de débito vinculado à conta bancária que será utilizada. Para enviar, basta digitar o valor da quantia com o cifrão ao lado e clicar no ícone de dinheiro que surgirá no lugar do tradicional botão amarelo. Para aceitar a transferência, o usuário que recebeu tem até 24h. Após o prazo, o dinheiro volta ao remetente.

Por enquanto, a ferramenta do Snapchat é válida apenas nos Estados Unidos e é liberada para maiores de 18 anos com cartões das redes Visa ou Mastercard. A novidade também funciona só para o aplicativo versão android, mas tem a promessa de em breve chegar aos dispositivos iOS.

Outras empresas também investem na facilidade da transferência de dinheiro

Com o lançamento, o Snapchat se junta a outras empresas que também pretendem facilitar a vida dos usuários na transferência de dinheiro. Em outubro desse ano, a agência de notícias Reuters noticiou que o Twitter fez uma parceria com o banco francês BPCE para permitir o envio de dinheiro via tweets em território francês. O Facebook, também em outubro, foi flagrado testando a opção de transferência de dinheiro através do seu serviço de mensagens, o Messenger.

Os desafios para a nova ferramenta do Snapchat

Além da concorrência com novos aplicativos e ferramentas, além dos serviços já estabelecidos no mercado, como o Paypal, o Snapcash precisa vencer a desconfiança em torna da segurança de dados. Vale lembrar que, mesmo com a promessa da imediata destruição de fotos após o recebimento, o Snapchat teve imagens vazadas pela internet, através de um app de outra empresa. Além disso, milhares de logins e senhas das contas no serviço foram expostas na virada de 2013 para 2014.

Vencendo esses desafios, o serviço, assim como as ferramentas de outras empresas, tem tudo para renovar a maneira como lidamos com o dinheiro, facilitando a vida de consumidores e comerciantes.

1 Comentário

    Deixe o seu comentário!

    Não perca nenhum post!