Sisu – Sistema de Seleção Unificada: Como funciona?

O SISU - Sistema de Seleção Unificada é um Programa que Facilita a Entrada de Estudantes no Ensino Superior por meio da Nota do ENEM. Entenda Tudo sobre (...)

Autor: Redação Impacta

Uma questão que ronda a cabeça de muitos estudantes é sobre o que é e como funciona o Sisu. Afinal, esse é um sistema muito importante e eficaz para permitir o acesso de alunos ao Ensino Superior. 

Portanto, entender o Sistema de Seleção Unificada é uma ótima forma de garantir a sua entrada na faculdade de maneira descomplicada.

O que é e como funciona o Sisu?

De maneira simples e prática de compreender, o Sisu é um programa do Governo brasileiro em que  os estudantes de todo o país podem se inscrever para tentar ingressar no ensino superior. 

Basicamente, o objetivo do sistema é selecionar bons estudantes para instituições federais e também instituições estaduais de ensino superior. Ademais, o período de inscrição ocorre duas vezes ao ano a cada início de um novo semestre.

A inscrição é feita por meio da nota do estudante no Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM.

Uma das maiores vantagens do Sisu é que a sua inscrição não é cobrada e pode ser realizada através da internet em apenas uma etapa. 

É importante ressaltar que, a cada edição, não é apenas uma instituição que participa do Sisu. Portanto, é possível encontrar muitas vagas nos cursos desejados.

Por exemplo, no ano de 2017, a Universidade do Pará disponibilizou, através do Sisu, 20 vagas do curso de Administração. No final do período das inscrições, os candidatos que melhor se posicionaram foram selecionados de acordo com o número das vagas disponibilizadas.

o que é SISU

Quem está permitido a participar do SISU?

O Sistema de Seleção Unificada funciona semelhante a outro programa nacional, o Prouni. Ou seja, o candidato precisa ter feito a prova do Enem e não ter zerado a redação. Somente dessa forma ele pode se candidatar.

No entanto, é válido frisar que algumas universidades adotam um parâmetro de notas. Assim sendo, para que os alunos sejam selecionados no Sisu, é preciso ter tirado uma nota mínima, a qual é determinada pela instituição. 

Por conta disso, se no momento da inscrição do Sisu a nota não tiver sido o suficiente, o aluno não precisa se preocupar. A instituição envia uma mensagem avisando para que ele melhore nas próximas tentativas ou encontre uma instituição que aceite a nota que possui.

Além disso, o estudante que já se encontra matriculado em alguma universidade pública, também pode participar. 

Porém, ele precisa ter feito o Enem até o ano de 2018. Nesse caso, é importante ressaltar um porém: o aluno não pode ocupar duas vagas ao mesmo tempo e deve escolher um dos cursos oferecidos.

Realizando a inscrição

Como dito anteriormente, a inscrição é descomplicada e deve ser feita através da internet. Na página do Sisu, por exemplo, é possível encontrar diversas informações para fazer a inscrição. 

Uma dessas informações, por exemplo, é sobre a taxa de cobrança. Uma das maiores vantagens do Sisu é que ele não cobra nenhuma taxa. Por isso, para entrar no sistema, basta inserir o número de inscrição e a senha que foi cadastrada no Enem. 

Resultado e matrícula

O candidato pode encontrar o resultado nos seguintes locais:

A partir do momento em que é selecionado pelo Sisu, o aluno precisa entrar em contato com a instituição de ensino a qual o aprovou. A intenção é colher dados como horário, local e procedimento, para que seja realizada a matrícula.

É importante se manter atento nesse instante, já que o prazo para fazer a matrícula é definido no cronograma do Sisu.

Como conferir as notas do Enem no Sisu

O Sistema de Seleção Unificada permite facilidades na hora de conferir os dados e notas. Quando o candidato entra na página do Sisu e começa a preenchê-la com número de inscrição e senha do Enem, o site consegue recuperar automaticamente as notas do exame.

Dependendo da instituição de ensino, é possível encontrar pesos diferentes para cada prova realizada. Quando isso acontecer, o aluno não precisa se preocupar. Uma ótima funcionalidade da página é que ela calcula automaticamente a nova nota para apresentá-la ao candidato.

Principais vantagens do Sisu

Como já é de se imaginar, o Sisu oferece ótimas vantagens para os estudantes que buscam ingressar em uma faculdade. Os aspectos mais vantajosos notados, são: 

1. Não é burocrático

O Sisu não cobra nenhuma taxa de inscrição e nem uma série de comprovantes e documentos muitas vezes desnecessários. Mesmo que seja um programa sério, basta fazer a prova do Enem mais recente.

2. Pode concorrer duas vezes

Com a mesma edição da prova do Enem, é possível participar duas vezes do Sisu. Isso, logicamente, no primeiro e no segundo semestre do ano seguinte. 

No ano seguinte, por exemplo, pode-se participar em janeiro e, caso não seja aprovado, em junho.

3. Vasta opção de vagas

Com cada vez mais universidades públicas aderindo ao Sisu, o número de vagas aumenta de forma considerável. 

Portanto, a cada ano, é possível encontrar mais opções. Dessa maneira, o leque de oportunidades é muito grande, sendo difícil não conseguir a tão sonhada vaga.

Existe nota mínima para participar do Sisu?

Na verdade, para participar do Sisu não existe, de fato, uma nota mínima. O que pode ocorrer é de algumas universidades terem essa exigência. Entretanto, o Sisu não a possui. 

Uma das únicas exigências é, como dito anteriormente, que tenha uma nota superior a zero na redação. Além disso, é preciso ter feito a prova mais recente do Enem.

Como conseguir uma boa nota no exame?

Uma das melhores e mais tradicionais formas de conseguir uma boa nota no exame é justamente estudando e se dedicando. Além disso, como a redação não pode ser zerada, é indicado sempre estar atento aos mais diversos assuntos do momento. 

Dessa maneira, é possível conseguir se sair melhor na redação que é, de fato, uma das principais exigências do Sisu.

Conclusão

O Sistema de Seleção Unificada é uma das melhores alternativas para quem deseja ingressar no ensino superior público. 

Como não possui grande burocracia, permite duas tentativas para o aluno. Além do mais, é uma das melhores oportunidades e mais acessíveis a todas as pessoas, independente da realidade de cada um. 

Além de dispor de opções vantajosas para todos os candidatos, ainda oferece versatilidade e uma enorme possibilidade de escolha. Para isso, basta entender como funciona o Sisu.

Quer começar a se preparar para tirar uma ótima nota no próximo ENEM? Clique aqui e baixe o mais completo manual de estudos para o ENEM!

3 Comentários

    Deixe o seu comentário!

    Não perca nenhum post!