Saiba como calcular juros financeiros no Excel

Uma das funções mais úteis para o Excel é a de calcular juros financeiros, permitindo saber quanto terá de pagar ou receber em um investimento. Veja (...)

Autor: Redação Impacta

Não pode ler esse artigo agora? Ouça a matéria no Player abaixo:

Seja para impulsionar a empresa ou suprir os gastos pessoais, as linhas de crédito tendem a ser uma ótima opção quando não se tem o valor necessário para aplicar. Por isso, saber como calcular juros financeiros no Excel pode ser bem vantajoso. Assim, você aproveita a melhor oportunidade para manter as contas em dia e garantir o sucesso do seu negócio.
Talvez você já tenha feito um curso de Excel, mas quer relembrar quais são as funções disponíveis. Aproveite a oportunidade para conferir algumas dicas sobre a necessidade das linhas de crédito. Neste artigo, você vai encontrar também o conceito de juros simples e composto. Boa leitura!

Será que o crédito é a melhor opção?

Você provavelmente já ouviu vários discursos sobre como economizar e comprar à vista é um excelente negócio. Realmente essa não é apenas uma solução econômica, como também próspera. Entretanto, nem sempre é possível traçar um planejamento financeiro sem o aporte do crédito para realizar ações fundamentais ou com excelente retorno.
As linhas de crédito pessoal contam com a facilidade do cartão de crédito e do cheque especial, além de financiamentos de bens e serviços como imóveis, automóveis, viagens e estudos. Já uma empresa tem também à disposição outras possibilidades como o crédito para capital de giro, financiamentos para investir na infraestrutura e o cartão BNDES.
Contudo, ao contrário de quem investe seus ativos financeiros, os empréstimos agregam os tão assustadores juros, que deixam as parcelas e o valor total mais oneroso. Por isso, é preciso contratar com inteligência para garantir a melhor linha de crédito, observe alguns detalhes antes de contratar:

  1. mantenha um controle orçamentário, anotando gastos e entradas;
  2. tenha clareza sobre o objetivo para a solicitação do crédito e confira se está de acordo com o seu orçamento (pessoal ou empresarial) e a capacidade de quitação do mesmo;
  3. pesquise para definir a melhor opção de compra;
  4. faça uma reflexão para ver se há mesmo a necessidade de crédito;
  5. confira qual das opções oferece as melhores condições de pagamento.

juros no excel

O que são juros?

Toda vez que um empréstimo financeiro é feito, o rendimento obtido pela empresa que emprestou o dinheiro é chamado de juros. O que determina qual valo
r a pessoa que fez o empréstimo precisará retornar, é a taxa de juros. Para o cálculo dessa taxa, são levados em conta diversos fatores como histórico do cliente, valor emprestado e risco.

Juros simples

A taxa de juros simples é baseada no valor total financiado. Ou seja, a taxa percentual é calculada de acordo com o capital principal, assim, as parcelas serão sempre as mesmas. Fora de uso hoje em dia, esse formato acontecia principalmente para empréstimos com quitação realizada em curto prazo.

Juros compostos

O sistema de juros mais popular (por ser também o mais rentável para a financeira do que o retorno sobre juros simples), é também conhecido pelo seu efeito bola de neve. Isso porque a taxa de juros é sempre calculada sobre a parcela anterior, com a incisão dos juros.
Isso significa que um financiamento com prestações de 100 reais, com juros de 5% ao mês, terá o valor total de R$105,00 na primeira parcela. Já no segundo mês, o cálculo será baseado na prestação anterior (R$105,00) então a parcela será de R$110,25 e assim sucessivamente.

Afinal, como calcular juros financeiros no Excel?

Se você já conhece as funções do excel básico, deve ter uma ideia de como existem muitas fórmulas e funcionalidades que é possível implementar nas planilhas. Assim, você consegue organizar a rotina pessoal e da sua empresa, não é mesmo? Outra utilidade importante dessa fórmula é oferecer aos seus clientes o parcelamento com juros. Veja a seguir como calcular as taxas e descobrir o valor das parcelas:

Aplique os juros simples

Para calcular os juros simples, você pode usar a seguinte fórmula: J = C x i x t
Onde:

  • J = juros;
  • C = capital emprestado;
  • i = taxa de juros;
  • t = tempo do financiamento.

No Excel, basta criar uma tabela, preenchendo os valores em 4 linhas. Por exemplo, para devolver em um ano, os 6 mil reais que você pegou emprestado com a sua mãe, com uma taxa de juros simples a 1% ao mês. Você preencheria cada linha da seguinte forma:

  1. 6000,00 (que é o capital emprestado);
  2. 1% (que é a taxa de juros);
  3. 12 (que é o tempo de financiamento);
  4. =A1*A2*A3 (que é a fórmula para determinar os juros simples).

Pronto, se você fez esse exemplo usando as funcionalidades do Excel, descobriu que o valor dos juros é de 720 reais. Caso a quitação seja junto com as parcelas, isso significa que você acrescentará 60 reais a cada mês, ou seja, cada parcela ficará em 560 reais.
É importante notar que o prazo deve ser de acordo com a taxa de juros. Então, se no exemplo, ao invés da taxa de juros ser ao mês (a.m.), os juros fosse ao ano (a.a.), o tempo considerado na linha 3 seria 1. Fique atento, pois é comum que a taxa de juros incida ao dia e não por mês.

Avalie os juros compostos

Para descobrir os juros compostos, calcule a fórmula seguinte: M = C x (1 + i) ^ t
Onde:

  • M = Montante (o valor total);
  • C = capital emprestado;
  • i = taxa de juros;
  • t = tempo do financiamento.

Para descobrir o valor,  você pode usar a função na planilha do Excel onde os valores seguem a seguinte ordem =PGTO(i; t; C; vf; tipo)
Além da legenda anterior a essa fórmula, vf significa valor futuro e é opcional, assim como tipo que serve para determinar se a data de vencimento ainda não chegou (0), ou já expirou (1).
Voltando ao exemplo dos juros simples, caso você tenha pegado o mesmo valor (R$6.000,00), com a sua mãe, para quitar em 12 meses, com uma taxa de juros de 1% ao mês e ela tenha resolvido usar os juros composto com você, a planilha com o cálculo (mantendo a ordem das informações do exercício anterior) seria a seguinte:

  1. 6000,00 (capital emprestado);
  2. 1% (taxa de juros);
  3. 12 (tempo de financiamento);
  4. 0 (para não usar o valor futuro);
  5. 0 ou 1 (0 para pagamentos antes do vencimento e 1 para quitações já vencidas);
  6. =PGTO(A2;A3;A1;A4;A5)

Como são opcionais, no caso de nulo para os dois últimos campos, você nem precisaria preenchê-los. Se você fez o exercício, deve ter percebido duas diferenças do outro exemplo: uma é que valor retornado pelo Excel está em negativo (isso acontece por se tratar de juros), o outro é que, ao invés de apresentar o valor total, ele retorna o valor de cada parcela.
Então, você precisaria pagar mensalidades de R$533,09. Multiplicando pelo total de prestações, o valor total com juros seria de R$6.397,08.

Calcule a taxa de juros

Uma situação comum ao contratar um crédito, é a de saber o valor do empréstimo, a quantidade de parcelas e o valor total ou o valor de cada mensalidade, o pgto. Assim, para descobrir qual foi a taxa de juros usada, basta usar a função TAXA:
TAXA=(t;pgto;C;tipo;M)
Você pode inserir o pgto e deixar o M (montante, valor total) em branco e vice-versa.
Então, para um empréstimo de um carro, no qual você pagará 48 parcelas de R$794,00, financiando o valor de R$25.000,00 (Capital emprestado), a função poderia ser montada da seguinte forma:

  1. 25000 (Capital emprestado)
  2. -794,00 (PGTO, deve ser apresentado negativo)
  3. 48 (tempo de financiamento)
  4. TAXA=(A3;A2;A1)

Pronto! A taxa de juros aplicada é de 2%!
Viu como calcular juros financeiros no Excel com essas dicas rápidas fica simples e seguro? Lembre-se de avaliar antes de contratar qualquer empréstimo, se existe alguma opção mais rentável. Esperamos que você possa aplicar essas fórmulas no seu dia a dia, principalmente para descobrir os rendimentos obtidos sobre suas aplicações!

Quer aprender mais sobre como controlar as suas finanças com o Excel? Então venha assistir o curso gratuito do Excel: Controle de Contas a pagar. Basta clicar abaixo e fazer sua inscrição para já começar a aprender!

300x150-curso-gratis-excel-img

Se você gostou deste artigo e gosta do conhecimento sem limites, oferecido de forma simples, prática e real, siga a gente no FacebookTwitter e LinkedIn. Assim você receberá sempre o que tem de mais inovador, criativo e atual sobre a sua área!

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!