Prova do Enem: esclareça definitivamente todas as suas dúvidas

Começar a fazer faculdade é o sonho de muitos jovens e adultos, não é mesmo? Graças a tantas oportunidades, hoje já é possível ingressar no ensino (...)

Autor: Rogério Ramalho

Começar a fazer faculdade é o sonho de muitos jovens e adultos, não é mesmo? Graças a tantas oportunidades, hoje já é possível ingressar no ensino superior e alcançar uma das maiores conquistas: ser calouro! E fazer a prova do Enem é parte do processo, sendo uma das chaves para o seu sucesso acadêmico.
Mas você sabe tudo sobre essa prova que é aplicada todos os anos em todas as localidades do Brasil? Pois é, é importante saber como a prova do Enem funciona, como você deve se preparar e de que forma ela realmente vai ajudar nos seus estudos e no ingresso na faculdade. Afinal, é com essa nota que muita coisa pode mudar para você — e mudar para melhor.
Pensando nisso, elaboramos um verdadeiro guia para ajudar em todas as dúvidas que você tem e até nas que nem pensou que tinha. Quer saber tudo sobre o Enem? Então, continue a leitura e fique superpreparado para dar uma guinada na sua vida pessoal e profissional!

O que é o Enem?

Essa é, definitivamente, a primeira pergunta que você deve se fazer para entender aos poucos o que significa o Enem. Para dar o pontapé inicial, vale saber o que significa a sigla: é o Exame Nacional do Ensino Médio. Ele foi criado em 1998, e é praticamente obrigatório para ingressar no ensino superior, já que faz parte do vestibular em diversas faculdades e universidades em todo o País.
Para você ter uma ideia, são mais de mil instituições que tornaram a prova do Enem como parte essencial dos seus processos seletivos. Inclusive, isso não vale apenas para as faculdades públicas, viu? Para quem quer fazer uma universidade privada, é importante considerar fortemente se preparar e sair bem no exame, já que isso pode fazer toda a diferença.
Outro detalhe a saber é que o Enem também serve como prova de conclusão e término oficial do ensino médio, em especial, para estudantes que são maiores de 18 anos e cursam o EJA, Educação de Jovens e Adultos. Ou seja, a prova é mais uma chance para quem atrasou os estudos e quer concluir com êxito essa etapa tão importante da vida acadêmica!

Qual o objetivo do Enem?

Como ponto principal, a prova do Enem foi desenvolvida para ser a avaliação mais importante de desempenho de todo e qualquer estudante, tanto de escolas públicas quanto de instituições privadas que estejam finalizando o Ensino Médio. Assim, o exame consegue medir qual o nível de instrução e aprendizado de milhares de jovens que pretendem ingressar no ensino superior.
Ser vestibulando é estar incluído na faixa prioritária dos estudantes que o Enem quer atingir. Isso significa que, para você realmente ter chances em qualquer faculdade, se inscrever e fazer a prova se torna requisito primordial para o seu futuro. Então, tenha isso em mente e fique atento às universidades que usam esse resultado para novos estudantes.
Além disso, o Enem se tornou peça fundamental para outros processos de seleção, que abordaremos ainda neste post. Isso só reforça que o objetivo do exame é o de levar às universidades os futuros estudantes que têm grande potencial acadêmico e uma sólida base adquirida no período da escola — detalhe mais do que importante.

Qual a importância de participar do Enem?

Como mencionamos, muitas universidades usam a nota do Enem para que os alunos entrem em seu quadro de estudantes e comecem a frequentar normalmente o ambiente universitário. Porém, é válido dizer que a importância do Enem vai muito além, já que, com essa nota em mãos, você também pode tentar ajuda financeira pelo Fies.
O que é? É o Fundo de Financiamento Estudantil, voltado para quem deseja cursar uma faculdade privada e não tem condições de arcar com as despesas. Para pedir o auxílio, é obrigatória a nota da prova do Enem. Aí, é só torcer para conseguir um bom desconto nas mensalidades e só começar a pagar depois que se formar!
Fora isso, tem outra maravilha que começou a valer faz pouco tempo: com a nota do Enem, você pode até mesmo ingressar em faculdades em Portugal! Isso mesmo, você não leu errado. Tudo isso por conta de um acordo firmado desde 2014 entre o governo federal e instituições portuguesas que facilitam a entrada de estudantes brasileiros.
Nesse último caso, é importante que você consulte o site do Inep para conferir as universidades participantes desse acordo e veja se em alguma delas existe o curso que você tanto sonha em fazer. Já pensou em estudar fora e voltar para o Brasil com uma bagagem incrível de conhecimento e pronto para começar uma pós-graduação por aqui?
São vários os tipos de cursos esperando por você, seja no Brasil, sejam em terras portuguesas! A importância de fazer o Enem é incontestável e, se você parar para analisar, é visível o quanto o exame veio para ajudar estudantes que participam do processo seletivo, sem terem que ficar fazendo mil provas diferentes para vagas em faculdades distintas, o que ainda diminui muito o estresse.

Qual a relação do Enem com o ProUni e com o SISU?

Desde 2009, o Enem se tornou obrigatório para quem quer entrar em uma universidade pública por meio do Sistema de Seleção Unificada, o SISU. Agora, o ProUni (Programa Universidade para Todos) também é uma ferramenta importante e conta com a nota da prova do Enem para quem quer ganhar bolsas parciais ou integrais em universidades pagas, uma ótima chance!
Caso você não saiba, o SISU tem edições no começo de cada período letivo, ou seja, duas vezes ao ano e, com a sua nota do Enem, você concorre a vagas em universidades do Brasil inteiro, não só no estado em que reside. A concorrência é grande, justamente por ter toda essa abertura, mas vale a pena!
Lembre-se de que o SISU fica aberto durante quatro dias, tudo de forma online, para que você preencha seus dados e a sua nota e fique apto a concorrer à vaga. Aí, é só aguardar a chamada dos alunos que atingiram a nota e a posição que você alcançou dentro do sistema. Nada complicado, afinal, é apenas uma questão de organização e planejamento para não perder datas.
Já o ProUni é voltado para estudantes que têm baixa renda, mas que querem cursar a universidade privada. Para ajudar esses jovens, o governo federal criou mais esse sistema, que exige 450 pontos, no mínimo, na prova do Enem, além de não zerar nenhuma das provas e ter renda familiar de, no máximo, um salário mínimo e meio por pessoa, no caso das bolsas integrais, e três salários mínimos, no caso das parciais.
No mais, você precisa seguir algum dos seguintes requisitos:

  • ter estudado o Ensino Médio em sua totalidade em qualquer escola pública, ou na condição de bolsista integral, caso tenha sido cursado parcial ou completamente na rede particular;
  • ser professor da rede pública básica e estar entre os candidatos que concorrem a vagas nos cursos de licenciatura;
  • ser portador de alguma deficiência física.

Como se inscrever na prova do Enem?

Agora que você já notou que deve fazer a prova do Enem, chegou o momento de pegar as dicas de como fazer sua inscrição, até porque você não vai perder o prazo e deixar de fora aquela oportunidade na faculdade de tecnologia que tanto sonha em se graduar, não é mesmo? Então, papel e caneta em mãos e anote as dicas.
Para o ano de 2018, as inscrições já foram encerradas, em maio. Mas não se esqueça de que, geralmente, é nesse mesmo período que elas abrem, então, é importante ficar bem atento para se preparar para o ano que vem e, se for o caso, nos anos posteriores também. Depois, siga os seguintes passos:

  • entre no site;
  • preencha seu CPF;
  • vai aparecer um pedido de seleção para uma figura em específico. Selecione;
  • coloque seus dados, como a data de nascimento;
  • mais uma vez, será solicitado que você selecione uma figura;
  • na página de dados pessoais, você deverá preencher corretamente todos os pedidos;
  • coloque também o seu endereço atual, onde você mora;
  • atendimentos específicos: se você precisar de algum atendimento extra, como nos casos de pessoas gestantes, lactantes, em situação hospitalar ou qualquer outra indicação, é bom informar a sua necessidade, ok?
  • dando continuidade, indique qual será a língua estrangeira aplicada na sua prova. Hoje, os idiomas são Inglês ou Espanhol;
  • para a prova, indique o estado e a cidade em que pretende fazer o Enem;
  • daí, é só confirmar os dados sobre a sua prova;
  • agora, se você ainda está cursando o Ensino Médio, deverá informar em que escola está matriculado, e qual o período dos estudos até o momento da inscrição;
  • atenção: quem estuda em escola pública, pode pedir a isenção da taxa da prova do Enem. Para isso, é preciso informar os dados socioeconômicos;
  • durante o preenchimento do formulário, é essencial que você informe também seus números para contato, como telefone fixo e/ou telefone celular. Vale ressaltar que é por meio desse número que você receberá algumas informações, ou seja, preencha corretamente;
  • não se esqueça de informar um e-mail que seja válido. Isso significa que é bom você usar o endereço que realmente mais usa e acessa. Mais uma vez, esse vai ser um ponto de contato importante entre o Enem e você, já que todas as informações sobre a sua prova vão para lá;
  • agora, a etapa é ainda mais importante: a sua senha de acesso. Lembre-se de que ela será a mesma usada para que você acompanhe sua inscrição, seus resultados e também a inscrição nos programas como o ProUni e o SISU. Se você perder ou esquecer, só conseguirá recuperar com a ajuda de um SMS que será enviado ao seu celular, aquele mesmo que foi cadastrado anteriormente;
  • por fim, chega a hora do pagamento da GRU ou Taxa de Inscrição da prova do Enem. Se você não tem direito à isenção dessa taxa, a página vai gerar automaticamente a Guia de Recolhimento da União, GR, no valor correspondente de R$ 82,00, mas fique atento que esse montante também pode sofrer alteração para os próximos anos;
  • quando for confirmado o seu pagamento, prontinho, você estará devidamente inscrito para a prova do Enem!

Quando é realizada a prova do Enem?

Em geral, a prova do Enem ocorre no segundo semestre de cada ano. Para 2018, as datas fechadas para o exame são 4 e 11 de novembro, em dois domingos consecutivos, e terá duração de 5 horas e 30 minutos para a primeira prova e de 5 horas para a segunda. Isso dá mais ou menos 3 minutos para que você resolva cada questão e ainda uma hora para a redação.
É bom ficar atento a essa questão da hora, viu? Isso porque tem muito estudante que acaba se enrolando na resolução das perguntas e perde mais tempo em algumas partes do que em outras, o que é normal, mas, se não houver equilíbrio, você pode se prejudicar. A melhor dica é começar a fazer as questões que você mais entende e, assim, ir ganhando tempo.
Outro detalhe que você precisa ter em mente e fazer disso uma regra é o horário de chegada para realizar o exame. Nada de chegar apenas com alguns minutos de antecedência, viu? Faça valer a máxima de que melhor chegar antes do que se atrasar e perder essa oportunidade! Portanto, se organize e planeje para estar no local da prova com pelo menos uma hora antes do início.
Quer mais dicas? Procure não se estressar nos dias que antecedem essa data tão importante para o seu futuro profissional e, melhor: tente manter a calma. Alimente-se bem, durma cedo e não fique correndo atrás de conteúdos que ainda não assimilou completamente horas antes da prova. Isso só fará você ficar angustiado e ainda mais nervoso do que o normal.
Quanto à alimentação, só leve o essencial para que consiga ficar tranquilo durante a prova. Água e frutas são muito recomendadas, mas é melhor você evitar lanches pesados como sanduíches ou bolachas mais gordurosas, afinal, o nosso estômago tende a ficar mais enjoado em momentos de pressão, como pode acontecer no dia da sua prova.

O que cai na prova do Enem? E de que forma ela é dividida?

Existem vários modelos de provas. Para 2018, por exemplo, são cinco tipos, divididos por cores como o amarelo, cinza, azul, rosa e branco. As questões são as mesmas em todas elas e o que muda mesmo é a ordem — isso tem como intuito principal evitar colas e outros problemas. Outro detalhe é que a sua prova já vem com seu nome impresso!
Como você já sabe, o Enem acontece em dois dias de prova. No primeiro, que será dia 4 de novembro, um domingo, você terá as primeiras 90 questões, que serão divididas em:

  • Linguagem, Códigos e suas Tecnologias: com 45 questões;
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias: com 45 questões;
  • Redação: composta por uma proposta de texto dissertativo-argumentativo.

O que cai na prova de Ciências Humanas e Suas Tecnologias? Todo o conteúdo programático referente às áreas de História, Sociologia, Filosofia e Geografia. Já a prova de Linguagens é aquela em que você encontrará perguntas sobre Português, como gramática, interpretação de texto e literatura, além de artes!
E o que cai no segundo dia de prova? O do dia 11 de novembro?

  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias: com 45 questões;
  • Matemática e suas Tecnologias: com mais 45 questões.

Para essas provas, é importante você saber que, na parte de Matemática, você terá foco principal na resolução de problemas que também envolvem lógica. E, na de Ciências da Natureza, o que será mais abordado são questões de Física, Química e Biologia.
Mas atenção: há ainda as questões que são multidisciplinares, ou seja, abordam temáticas de diferentes áreas em uma mesma pergunta. Elas costumam vir nas áreas de Natureza, Humanas, Linguagens e Matemática. Vale ficar ligado para entender quando uma aparecer e conseguir conectar todas as partes para responder!
Por fim, você vai passar todas as respostas para o seu gabarito, que deve ser preenchido com caneta preta e em tubo transparente. Jamais leve caneta azul ou lápis para a parte final de preenchimento, pois, assim, a sua desclassificação será confirmada e você perderá um ano importante para o ingresso na faculdade. Não erre por pouco, combinado?

Como se preparar para a prova do Enem?

Abaixo, separamos algumas dicas para você se organizar e chegar preparado para garantir a sua aprovação no Enem. Fique de olho!

Tenha um cronograma de estudos e foque matérias em que tem mais dificuldade

A melhor forma de se preparar para a prova do Enem é estudar sempre e de pouco em pouco, para ir assimilando todas as áreas compreendidas pelo exame. Logo no começo do ano letivo, separe todos os tópicos que serão abordados nos meses seguintes e organize um tempo de estudo para cada um deles, respeitando e seguindo à risca o seu cronograma.
É importante que você dê foco às áreas em que naturalmente sente mais dificuldade. Por exemplo: se for matemática, dedique alguns dias a mais para a resolução de questões e provas passadas, para entender exatamente o estilo do que é perguntando no Enem. Além disso, vale a pena você conversar com seu professor e pedir alguns exercícios extras para lhe ajudar.

Pratique constantemente a escrita e leia bastante

Se o seu problema maior for a redação, não se preocupe. É tudo uma questão de prática e aprendizado de técnicas de escrita. Qualquer pessoa pode escrever bem e saber se expressar por meio das palavras. Basta que ela treine como fez com a matemática no exemplo anterior. Aproveite e leia bastante, sobretudo, jornais, revistas, livros e legendas de filmes.
O bom é estar em contato com a linguagem e tentar colocar em prática sempre que possível tudo o que você for aprendendo. Aqui, vale a mesma regra de outras áreas: converse com seu professor e pergunte se tem como ele revisar algumas redações que você quer fazer como parte do treinamento, para que ele lhe oriente e direcione no que precisa ser melhorado.

Considere um cursinho e grupos de estudo e conversação

Em último caso, você pode pensar em fazer um cursinho extra. Existem opções que são pagas, mas também há muitas iniciativas que oferecem aulas de redação de forma gratuita, principalmente, as que são conveniadas a universidades públicas, tanto estaduais como federais. Sem contar que você ainda pode pedir ajuda a quem realmente entende de escrita!
Fora isso, não desanime quando não conseguir dar alguns passos adiante em determinado assunto, como aquelas fórmulas de química ou regrinhas de física. Como dissemos, tudo é uma questão de prática e, quanto mais você se exercitar, mais vai conseguir assimilar os conteúdos. Que tal se unir a outros colegas e fazerem um grupo de estudos?
Já para as línguas estrangeiras, nada melhor do que assistir a muitos filmes, acompanhar músicas lendo as letras e depois fazer também algumas redações em inglês ou espanhol. Ficar de olho na gramática é fundamental, já que muitas questões com esse enfoque caem na prova, então, aprenda o máximo que puder quanto a isso.
Outra dica muito bacana é participar de grupos de conversação que existem em várias cidades brasileiras. Se você fizer uma rápida busca na internet, vai notar que muitos estudantes marcam um determinado dia para praticarem o idioma de forma descontraída, com o objetivo de treinarem e ficarem ainda mais próximos da língua, algo muito recomendado!

Esteja sempre por dentro do que acontece na atualidade

Lembre-se de que estar conectado com tudo o que acontece na atualidade também é fundamental. Muitos exames têm usado um tema principal para a prova. Questões como a poluição das águas, do ar, guerras, armas nucleares, conflitos de terra e imigração já figuraram em provas do Enem e quem não estava por dentro desses assuntos ficou devendo informação e pecou em respostas mais inteligentes e com mais chances de acerto.
Por isso, mais do que nunca, leia! Fique informado, converse com seus pais, amigos, familiares, e não deixe jamais de se informar. Complemente seus estudos com opiniões sólidas sobre o que mais se é discutido no mundo e fique munido de todas as informações necessárias para você sair na frente dos outros candidatos e fazer uma excelente prova do Enem!
Então, com todas essas respostas sobre como funciona a prova do Enem, você conseguiu entender melhor o processo, os pontos principais e como deve se preparar para essa etapa tão importante da sua vida acadêmica? Prepare-se e, principalmente, acredite e invista em você!
Gostou do nosso guia? Então confira muito mais no nosso Manual de estudos para o Enem: saiba como se preparar para a prova. Inscreva-se aqui e receba o seu!
[rock-convert-cta id=”2754″]

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!