Perfil analítico: por que desenvolver um perfil orientado a dados?

Perfil analítico é ter a capacidade de análise de um contexto ou situação para tomar decisões com interpretação de dados. Entenda tudo aqui!

Autor: Bruno Silva Saes

Não pode ler esse artigo agora? Ouça a matéria no Player abaixo:

“Em Deus nós confiamos. Todos os outros tragam dados”. A famosa frase é do estatístico William Edwards Deming. Para muitos a citação é o símbolo da cultura orientada por dados. O momento, aliás, é mais do que oportuno para quem acredita no potencial de um perfil analítico – tanto para negócios quanto para pessoas.
Com as recentes e contínuas mudanças vivenciadas na indústria, consequentemente, pelo mercado de trabalho, uma decisão baseada em argumentos validados é essencial. Na Indústria 4.0 cada etapa do processo produtivo pode ser analisada. Esse é um grande avanço tecnológico, aliás. Por isso, suposições perderam espaço.
A prova disso é que na América Latina serão investidos US$ 57 bilhões em transformação digital até 2020 – e até 2021 é esperado que o valor alcance nada menos que US$ 2 trilhões. Com isso, há uma expectativa de que sejam gerados 450 mil novos postos de trabalho relacionados à digitalização dos processos e dos negócios.
Quer aproveitar o momento para otimizar seu desenvolvimento e se destacar na carreira? Descubra, neste post, como você pode se desenvolver ao conquistar um perfil analítico!

Como as novas tecnologias estão impactando o mercado de trabalho

O perfil profissional que o mercado de trabalho busca mudou. Ele já não é o mesmo do que era encontrado alguns poucos anos atrás. Pensando em desenvolvimento profissional, as habilidades técnicas continuam sendo muito importantes. Mas, nos dias atuais, há uma busca por profissionais cada vez mais versáteis e ligados à tecnologia.
As inovações tecnológicas, afinal, têm sido o motor da indústria. Por isso, até mesmo áreas do campo de humanas, por exemplo, estão recebendo um novo perfil de atuação. É o que se vê com o uso de aplicativos, softwares ou mesmo inteligência artificial para aprimoramento do trabalho.

Mercado de trabalho em tempos de Indústria 4.0

Com sistemas cada vez mais conectados, processos catalogados e uma compilação de dados organizados – com a ajuda do Big Data -, não é de se estranhar a crescente busca por profissionais com perfil analítico.
Por isso, para manter o progresso nos estudos e saber como se especializar da forma que é esperada pelo mercado de trabalho, é importante ter um planejamento de carreira estratégico.
Antes de aprender como desenvolver um perfil analítico, entenda melhor a seguir do que se trata esse conceito.

O que caracteriza o profissional com perfil analítico

Perfil analítico pode ser caracterizado como a capacidade de análise de um contexto ou situação. O profissional dotado de tal habilidade consegue tomar decisões a partir da interpretação de dados.
No contexto empresarial, a análise de informações leva a uma atuação muito mais estratégica. Afinal, a tomada de decisão é validada por informações relevantes – que tendem a ser um retrato da saúde de uma companhia. E essa não é só uma questão para quem atua com business intelligence, que é um campo tão promissor.
No entanto, para ter um perfil analítico não basta ter clareza sobre a importância da cultura data-driven. Também é essencial ter conhecimento sobre as melhores formas de coletar, combinar e avaliar tais dados.
Com uma visão analítica, uma situação passa a ser encarada de maneira mais completa. Isso porque, para a análise, é necessário realizar uma divisão de todas as camadas de uma situação para, só assim, conseguir ter uma noção ampla e completa sobre o contexto de cada uma das partes.

O perfil analítico como diferencial competitivo

Para entender melhor como é o perfil de um profissional orientado a dados, separamos algumas habilidades – entre as soft skills – que estão presentes na vida de tal profissional. Confira!

Pensamento crítico

Aquele que tem pensamento crítico consegue tomar decisões pautadas em informações validadas e não apenas em suposições. Assim, questões como intuição e pressentimento perdem força e a avaliação das situações é estruturada a partir dos fatos.

Curiosidade

A vontade de chegar na raiz de uma questão faz com que aquele que tem perfil analítico consiga chegar a reflexões que, em um primeiro momento, não estavam claras entre as primeiras evidências de uma situação. Isso pode ser chamado de curiosidade ou, para outros, a certeza de que o fator principal de qualquer questão não está nas camadas mais superficiais.

Solução de problemas

Curiosidade e pensamento crítico levam a um ponto que é um grande diferencial no mercado de trabalho – até mesmo para quem sonha com um emprego no Vale do Silício, por exemplo! Por isso, quem tem um perfil analítico tende a focar muito mais na solução do que no problema, sendo uma habilidade que faz toda a diferença para os profissionais da transformação digital.

Maneiras simples e estratégicas de desenvolver um perfil analítico

Agora que você já tem clareza sobre todas as vantagens de ser um profissional com perfil analítico, chegou a hora de você descobrir o que pode ser feito para ter tal habilidade no currículo.
Afinal, seja para se preparar para um cargo de liderança ou para aprimorar a sua atuação, saber como analisar contextos é algo extremamente importante. É o tipo de questão que contribui até mesmo para os momentos definitivos que acontecem vez ou outra na vida pessoal – você vai conseguir saber com muito mais facilidade qual caminho seguir.
Para desenvolver um perfil analítico, você deve:

  • adicionar livros na sua rotina de aprendizado, estudando sobre gestão pessoal;
  • escutar podcasts que abordam a cultura data-driven;
  • fazer o exercício diário de solucionar problemas buscando a raiz de cada questão;
  • evitar fazer suposições ou tirar conclusões sem analisar os fatos;
  • ser questionador e sempre buscar avaliar todos os cenários possíveis nas situações;
  • saber interpretar dados e, principalmente, ter segurança para utilizar as fontes adequadas;
  • realizar cursos que abordem análise de dados ou business intelligence.

Uma pessoa com perfil analítico consegue se destacar profissionalmente por ter algumas características da área de inteligência mercadológica. Ou seja, atuar olhando para os dados, para o contexto, sabendo que é necessário ter uma compreensão geral sobre a estrutura de um fato, faz com que os atos dessa pessoa sejam muito mais confiáveis.
Em tempos nos quais tudo pode ser medido e acompanhado por meio de bancos de dados, o perfil analítico é um super diferencial. Gostou de aprender mais sobre isso? Então compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais e mostre que você está por dentro das principais tendência do mercado!

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!