O que o sucesso do Leicester City na Premier League nos ensina sobre liderança e gestão?

O que o sucesso do time do Leicester City na Premier League nos ensina sobre liderança e gestão? Confira as lições que podemos tirar!

Autor: Rodrigo Cipullo

Se você acessou nos últimos dias alguma página de esportes na internet deve ter lido, ou visto, algo sobre a incrível conquista do time Leicester City na Premier League, o principal campeonato de futebol inglês.

Indo contra todas as expectativas e previsões da imprensa e casas de apostas inglesas, a equipe centenária da região central da Inglaterra conquistou, com duas rodadas de antecedência, seu primeiro título na elite inglesa.

Com elenco e orçamento bem modestos comparado aos gigantes da Premier League, como Manchester United, Manchester City, Chelsea e Arsenal, os Raposas – como são conhecidos por lá – começaram o campeonato com um único objetivo traçado: escapar do grande risco de serem novamente rebaixados no campeonato de pontos corridos mais organizado, difícil e rico do mundo.

A vitória, totalmente improvável, tem encantado os fãs do esporte que gostam de ver um azarão se sair bem.  Os fanáticos, certamente, vão passar anos debatendo como eles fizeram isso. Mas o triunfo de Leicester também vai despertar o interesse no mundo dos negócios para deixar grandes lições de gestão, liderança e motivação de equipes. Não acredita? Confira:

O que o sucesso do Leicester City nos ensina sobre liderança e gestão

ranieni

1ª Lição: lideres de sucesso aprendem com o fracasso!

Claudio Ranieri, técnico italiano de 64 anos, sem grandes conquistas em toda sua carreira e com acúmulo de trabalhos contestados, é o grande líder responsável por esse conto de fadas. Uma das críticas era que ele alterava muito suas escolhas nas equipes que treinou. No Leicester ele resistiu a fazer isso.

Os líderes são rotineiramente forçados a aprender com seus erros, escolhas e fracassos para, assim, nunca desistir dos seus objetivos, sempre visando o melhor para todos a sua volta. O que fez Ranieri é o que você deve fazer.

2ª Lição: ter foco em seus objetivos principais!

O Leicester não foi bem em todas as competições que disputou, mas teve foco, tempo e dedicação para escolher a melhor opção para o sucesso. O foco pode estar diretamente ligado a saber o que é ou não importante para sua organização. Saber onde quer chegar significa ter um rumo para o sucesso.

3ª Lição: inspire-se em quem já chegou lá!

A imprensa inglesa atribui grande parte do sucesso do Leicester ao uso da tecnologia no futebol, uma técnica cada vez mais comum nos maiores e mais vitoriosos clubes do mundo. A comissão técnica analisou grandes quantidades de dados dos jogadores no gramado, para que assim, eles executassem o melhor movimento ou função nos jogos.

Agora, por exemplo, com o Cloud Computing as empresas menores podem detalhar os dados para aproveitar as oportunidades com criatividade e perseverança, se diferenciar no mercado e chegar ao topo.

4ª Lição: Saiba trabalhar em equipe e extrair o melhor de todos que o cercam!

Enquanto a maioria das potências inglesas no futebol possui jogadores badalados, o Leicester tem um elenco de jogadores talentosos e esforçados, sem nenhuma super estrela. Provavelmente, não vão conseguir esse tipo de sucesso individualmente como fizeram juntos. Então, é fundamental pensar, motivar e extrair o melhor de todos na organização para entenderem o papel que desempenham na realização de um propósito coletivo maior: o sucesso de todos!

Você gosta de futebol? O que achou dessa conquista épica? Quais as lições que o Leicester deixou para o sucesso da sua carreira ou empresa? Faça seu comentário.

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!