jQuery – Escreva Menos e Produza Mais!

A ferramenta jQuery é uma biblioteca criada para facilitar e tornar objetivo o desenvolvimento no JavaScript, lembrando que o JQuery não é uma linguagem.(...)

Autor: Redação Impacta

Por Glaucio Daniel*
Com o amadurecimento do uso da internet em nível mundial no decorrer de anos recentes, os usuários de internet estão aprendendo a usar efetivamente os recursos da web. Isso gera a necessidade constante de produção de sites interativos e aplicações web que enriqueçam a sua experiência na web. 
Hoje os internautas, que esse ano atingiram a expressiva marca de 2 bilhões de usuários no mundo, esperam por soluções objetivas, funcionais e intuitivas. Para nós, desenvolvedores web, isso constitui um desafio incrível e apaixonante: melhorar a experiência do usuário.  
Uma linguagem de programação que é muito usada na maioria, senão em 90% dos sites da web, é o JavaScript, também conhecida como uma Linguagem de Script que funciona no lado do usuário, é diferente de uma linguagem que funciona do lado do servidor como o PHP. 
Para ilustrar: imagine que você está se cadastrando no Facebook.com para validar os dados que você preencheu usamos uma linguagem que funciona ou roda no lado do usuário chamamos essa linguagem de Client Side(Roda no lado Cliente) quando você clica no botão para enviar, suas informações são processadas pelos servidores do Facebook que usam uma linguagem Server Side (Roda no lado Servidor), esse processo funciona numa arquitetura chamada Cliente/Servidor ou Client/Server.
O JavaScript é uma linguagem que normalmente roda no lado Cliente. E é uma linguagem poderosa, não usada apenas para validações ou efeitos, mas permite acessar e manipular todo o conteúdo de um site antes de chegar ao usuário.
O jQuery é uma biblioteca criada para facilitar e tornar objetivo e produtivo o nosso desenvolvimento com JavaScript. jQuery não é uma nova linguagem de programação, é JavaScript com muitas melhorias que nos poupam tempo e ajudam a enriquecer a experiência do usuário.
Foi lançada em 2006 em um evento nos Estados Unidos chamado BarCamp, criado por John Resig, autor do livro Pro JavaScript Techniques.
Uma das maiores virtudes do jQuery é o fato de ser Cross Browser (roda em qualquer navegador moderno – IE 6+, Chrome, Safari 5+, Opera, FF 3.6+), outras virtudes é o fato de ser rico em plug-ins, ou seja, programadores com conhecimentos sólidos de jQuery podem escrever plug-ins que facilitam a vida do Programador.

  Veja abaixo dois exemplos da simplicidade do jQuery: 

  • Para selecionarmos um item com JavaScript usamos a sintaxe: 

document.getElementById(“nome”).Value;
Com jQuery:
$(“#nome”).val();

  • Para selecionarmos todos os campos checkbox de um formulário com jQuery podemos usar:

$(“input[type=’checkbox’]”); Ou simplesmente $(“:checkbox”)
Para selecionarmos todos os elementos que possuam uma classe css por exemplo:
$(“.obrigatorio”).css({ ‘color’:’red’, ‘font-weight’,’bold’});
Para usarmos plug-ins o caminho é ainda melhor, existe uma série de plug-ins jQuery esperando por você:veja um exemplo:
Validate:
$(“#idform”).validate({
rules:{
nome: ‘required’,
email: {
required: true,
email: true
}
},
messages:{
nome: ‘Digite o nome’,
email: ‘Digite um e-mail válido’
}
});
Imagina fazer a validação de um formulário se fosse usando apenas JavaScript.  Pois é, era assim que fazíamos antigamente (há apenas alguns anos atrás).
Muitos alunos têm perguntado se com o HTML5 o JavaScript irá morrer. Eu encaro justamente o contrário, com o HTML5 e podemos utilizá-lo desde já, e com JavaScript e as bibliotecas JavaScript iremos criar aplicações que irão surpreender ainda mais o usuário, com o HTML5, aí sim usaremos muito mais JavaScript do que jamais visto antes. WebGL, Canvas, LocalStorage, Device Orientation, Page Visibility, apenas para mencionar alguns dos milhares de recursos do HTML5 e Css3.

   Para vermos o uso do jQuery com HTML5 e css3 poderá ver as seguintes referências:

  • Quando o vídeo carregar clique em alguma parte dele:

http://goo.gl/UDm55
Para ficar impressionado com HTML5, WebGL  e Javascript, passe o mouse sobre a água.
http://jsdo.it/3cm/ydrm
CSS3 3D com JavaScript e HTML5 (Clique nos itens do menu direito, em especial 3D Transitions)
http://goo.gl/Li1k3
Agora com HTML5 e JavaScript especialmente jQuery teremos um universo de possibilidades.
Esperamos que essa matéria tenha dado uma visão geral sobre a biblioteca e suas utilidades, quanto mais os desenvolvedores usarem e se aperfeiçoarem no desenvolvimento de soluções, mais novidades teremos para os usuários e mais usuários teremos em nossas aplicações.
*Glaucio Daniel é Developer Advocate para HTML5 na HTML5 Dev, atua como instrutor de TI, Database Administrator SQL Server e MySQL, Desenvolvedor Web, com foco em PHP, ASP, JavaScript e bibliotecas, JQuery ExtJs. Ele atua como instrutor e desenvolvedor na Impacta Certificação e Treinamento. Ministrou treinamentos para mais de 3500 alunos e empresas de diversos setores, entre eles estão: Vale, Petrobras, Itaú, Bradesco, Sabesp, Telefônica, Prefeitura de São Paulo, HSBC, USP, Folha de São Paulo, CBN ,Tribunal de Contas da União, o Tribunal Regional Eleitoral, Polícia Militar SP.
Curtiu o post? Deixe seu comentário nos contando se o conteúdo te ajudo a otimizar o uso dessa ferramenta ou se ficou alguma dúvida!

1 Comentário

  1. Olá,
    O seu artigo dá uma visão geral da utilidade de jQuery que é muito interessante. Para mim, é agora mais facil de escrever o meu código na sintaxe de jQuery do que em javascript puro (ou dizemos clássico), e é muito mais curto também. Você tem razão quando fala do nível de imaginação que precisamos para lembrarmos da maneira antiga pela qual programávamos.
    Obrigado por um resumo bem feito para os primeiros passos.

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!