Gestão de Mudanças: como lidar com o novo?

A gestão de mudanças em uma companhia deve ser parte de um ambiente saudável de contínua evolução, já que com o mercado de trabalho dinâmico, uma (...)

Autor: Gabriella Uota

Para alcançar o sucesso profissional, é extremamente importante que você esteja preparado para lidar com situações que são características do momento atual. Entre elas, estão a cultura da inovação e a disrupção empresarial. 
O ritmo acelerado proposto em tempos de transformação digital faz com que uma gestão de mudanças acertada seja um pré-requisito para se destacar no mercado.
É essencial ter conhecimento em boas práticas para a tomada de decisão estratégica, análise de riscos, assim como a busca por processos saudáveis e sustentáveis para o ambiente de trabalho.
Afinal, ainda que toda a evolução seja pensada a partir de um caráter positivo – com boas intenções -, é preciso assegurar que a implementação de tal mudança estará bem embasada.
Mas como a gestão de mudanças pode impactar os próximos passos da sua carreira? 

   Você sabe o que é gestão de mudanças?

A gestão de mudanças em uma companhia deve ser parte de um ambiente saudável de contínua evolução.
Afinal, o mercado de trabalho é dinâmico. A cada momento, uma inovação surge, quebrando estruturas, até pouco antes, altamente sólidas.
É o que se vê em curso, nesse momento, com a reestruturação de grandes canais de televisão.
Sólidos grupos de mídia vêm aplicando grandes alterações em suas formas de oferecer entretenimento e informação para se manterem competitivos perante o crescimento de serviços de streaming.
Por isso, para que uma empresa se mantenha sólida e siga um caminho de bons resultados, é essencial que ela esteja preparada para passar por evoluções em suas estruturas.
Elas devem envolver as suas estratégias e, até mesmo, seu modelo de negócio, com muito empreendedorismo e inovação.
Como isso acontece de forma prática? Entenda!

   Saiba como acontece uma boa gestão de mudanças

A gestão de mudanças não pode ser encarada como uma ação pontual e momentânea.
Ainda que aconteça em ciclos, ela inclui uma série de estratégias que contribuem para uma adaptação suave do time, dos parceiros e até para um novo cenário. 
Em alguns casos, a gestão de mudanças pode ser encarada como uma metodologia. Por meio dela, situações adversas – ou momentos críticos – são vistas como um convite ao aprendizado.
Assim, um possível risco de fracasso acontece em um ambiente controlado, minimizando os impactos negativos – seja na saúde financeira do negócio, seja na cultura da organização. 
Em meio a esse processo, as lideranças desempenham um papel fundamental.
Por isso, estar preparado tecnicamente para tal pode ser um importante diferencial para um gestor. Da mesma forma, carregar soft skills, como resiliência, pode ser um ponto positivo em um cenário de gestão de mudanças.

   Qual o papel do líder na gestão de mudanças?

O líder é uma peça fundamental em um processo de transformação empresarial.
A gestão de mudanças bem alinhada acontece quando as camadas da liderança estão confiantes e bem preparadas para direcionar as suas equipes para os próximos passos.
Os líderes devem desempenhar um papel altamente estratégico. Eles serão os responsáveis por manter a tranquilidade das equipes, para que o ciclo da evolução organizacional aconteça com a menor fricção possível.
Dessa forma, uma série de pontos devem ser avaliados -até mesmo prevendo questionamentos que possam vir a surgir por parte das equipes. Entre eles: 

  • o impacto da mudança na rotina de trabalho;
  • como a alteração pode afetar a performance;
  • possíveis efeitos ou consequências na remuneração;
  • alterações de processos;
  • reorganização dos fluxos de trabalho.

Apresentando tais preocupações – ou mesmo conhecimentos -, você demonstra estar mais bem preparado para conquistar um cargo de liderança em uma empresa. 

   Que competências desenvolver para lidar com o novo? 

Um líder capacitado para gerenciar uma mudança, desenvolve algumas habilidades importante a serem exploradas. Falaremos sobre elas a partir de agora: 

  • Planejamento

Uma boa gestão de mudanças está diretamente atrelada a um sólido planejamento. 
Assim, riscos são medidos e prazos são estabelecidos. Mas esses são apenas dois dos pontos que servem como base para uma programação de tal nível.
O profissional que quer liderar times eficientes precisa conhecer metodologias de gestão ágil de projetos, assim como ter as bases de métodos para aplicar objetivos e resultados, como os famosos OKRs (Objectives and Key Results, ou objetivos e principais resultados, na tradução). 

  • Comunicação

Qualquer mudança deve ser bem comunicada. Para tal, o gestor deve mostrar muita clareza para que a equipe sinta que tem acesso a todas as informações relevantes. 
A forma de comunicar também é uma chave para a construção de uma relação de confiança.
Por isso, pense em uma boa escolha de palavras — e também no uso dos recursos mais adequados – sejam reuniões, trocas de emails ou planilhas. 
No mais, esteja preparado para dúvidas. Mantenha o acompanhamento da gestão de mudança com um bom formulário de perguntas frequentes já respondidas.
Não deixe de abrir espaço para questionamentos, demonstrando que qualquer insegurança é compreensível em uma fase de transição.

  • Alinhamento

Além de todo o processo de comunicação e planejamento, a gestão de mudança precisa acontecer com um profundo alinhamento entre todas as partes envolvidas – incluindo todos os tipos de liderança.
Isso implica os prazos, próximos passos, e, também, uma avaliação de expectativas. 
Para evitar frustrações ou falhas de comunicação em meio a um novo cenário empresarial, o gestor precisa manter uma rotina contínua de feedback, com tempo para interações essenciais – como conversas particulares. 
Por isso, é essencial que o profissional que deseja alcançar o sucesso e ter uma carreira sólida se mantenha continuamente atualizado. 
Só assim será possível desenvolver tanto as habilidades técnicas quanto fortalecer o networking e as relações interpessoais.
A gestão de mudanças seguirá, por um bom tempo, uma questão comum nas empresas.
As companhias estão se reinventando e é natural que cada uma dessas evoluções – de prazos ou de processos – ocorra com suavidade, mas no momento correto. 
Depois de descobrir como lidar com o novo por meio da gestão de mudanças, chegou a hora de pensar na sua capacitação profissional.
Para tal, baixe o nosso e-book com o Guia Completo sobre Pós-Graduação. Saiba como escolher o curso ideal!
E não esqueça de deixar seu comentários nos contando se a Gestão de Mudança é uma opção de carreira ou caso tenha ficado alguma dúvida!

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!