Funcionários relatam problemas de trabalhar no Facebook

Você vive reclamando do seu emprego e sonha em trabalhar em empresas como o Facebook? Porém, mesmo em gigantes, como o site, existem problemas e críticas.(...)

Autor: Bruno Saes

Você vive reclamando do seu emprego e sonha em trabalhar em grandes empresas como o Facebook? Sinto muito se esse texto te desapontar, mas saiba que mesmo em gigantes modernos, como na rede social de Mark Zuckemberg, existem problemas e funcionários insatisfeitos.

Seja pelas políticas internas ou pelo ambiente de trabalho no Facebook, não são poucas as críticas que a empresa recebe na web. O site Business Insider preparou uma lista com algumas das queixas feitas por funcionários em sites como Quora (que reúne perguntas e respostas) e em blogs pessoais.

Plantões de 24h/dia durante 7 dias/semana

Durante 6 semanas no ano, os engenheiros do Facebook precisam ficar de plantão, à disposição da rede social por 24 horas por dia, atendendo a qualquer chamado, seja de dia ou noite. Esse foi o relato do engenheiro Keith Adams, que conta, inclusive, que ele não pode sair da cidade durante esse período.

Engenheiros cumprem plantões de 24h/dia por 7 dias na semana

No Facebook não existem muros entre a vida pessoal e profissional

A rede social trabalha com a cultura do “seja você mesmo”, encorajando seus funcionários a se sentirem livres no ambiente de trabalho. Esse fato (que pode parecer muito legal pra quem está de fora) acaba gerando pouco profissionalismo. Essa a opinião de um colaborador que faz a reclamação no Quora.

Gestores não sabem ou não focam na formação de equipes

Um ex-funcionário disse que o Facebook valoriza muito mais as vitórias individuais de seus colaboradores do que as conquistas por equipe. Esse tipo de atitude está enraizada em todos os níveis da empresa, principalmente em seus gestores.

Infraestrutura não funcional

Criar coisas legais em um ambiente de trabalho é muito mais fácil com 500 pessoas do que com 4 mil. O rápido crescimento do Facebook fez com se perdesse o foco na organização ou estabilidade.

Decisões tomadas por estagiários

Um engenheiro de software do Facebook, Philip Su, publicou em seu blog pessoal uma lista com as “10 Coisas que eu odeio sobre trabalhar no Facebook” (veja aqui, em inglês). Uma das maiores críticas é de que decisões importantes são tomadas sozinhas por engenheiros, designers e até mesmo por estagiários. Isso mostra que as pessoas no comando não têm muita noção de como deveria funcionar uma empresa.

 Esqueça as comidas e bebidas de graça. O ambiente de trabalho é péssimo.

Um funcionário descreveu o ambiente como “salas cheias de gente sentadas ombro a ombro, sem nenhuma privacidade”. O que não é nenhum cenário ideal para o trabalho.

Uma gigante que se comporta como uma novata

Um ex-colaborador comparou a política de trabalho do Facebook com um filme do comediante Adam Sandler, em que o personagem já é velho, mas age como um adolescente. Para ele, apesar de ser uma gigante, a empresa de Zuckenberg se comporta como uma startup.

Companheiros de trabalho esnobes

A convivência entre os funcionários também foi alvo de críticas dentro da empresa. Um ex-empregado disse que “O tom de voz das pessoas era carregado de menosprezo e hipocrisia”.

Um dos problemas no Facebook é a arrogância dos colegas de trabalho

Tarefas inadequadas

Uma das reclamações mais inacreditáveis que apareceram no levantamento foi essa, em que um colaborador diz que teve de executar tarefas totalmente inadequadas como separar roupas sujas de um diretor.

O “emprego perfeito”

Apesar dessa compilação de críticas, ainda são muitas as vantagens de atuar em uma gigante da tecnologia, como é a empresa de Zuckenberg. Agora você sabe que dificilmente exista um emprego totalmente perfeito, dependendo muito mais do que você busca para sua carreira e qualidade de vida.

Aqui você pode ver todos os relatos de funcionário e ex-funcionário do Facebook no levantamento do Business Insider.

1 Comentário

    Deixe o seu comentário!

    Não perca nenhum post!