Facebook at Work: a versão corporativa da rede social

Para distinguir a utilização social e profissional da rede, o Facebook lança uma versão destinada ao público corporativo: o Facebook at Work.

Autor: Luana Isabelle Carvalho

Algumas empresas permitem e outras liberam, mas o uso do Facebook e de outras redes sociais nos meios corporativos sempre foi visto com receio, pois possibilita a distração do usuário através de inúmeras ferramentas. Para distinguir a utilização social e profissional da rede, o Facebook se prepara para lançar uma versão destinada ao público corporativo, o Facebook at Work.

A empresa fundada e dirigida por Mark Zuckerberg, que nos últimos anos adquiriu também novidades muito populares como Whatsapp e o Instagram, aumentou ainda mais a sua participação na vida das pessoas, inclusive no meio corporativo, e agora pretende competir com LinkedIn, Google Drive e Microsoft, plataformas que já são muito utilizadas no meio profissional, conforme divulgado pelo Financial Times.

fb_2

Como funcionará o Facebook at Work:

A nova rede manterá a mesma interface já conhecida por seus usuários, mantendo a presença do feed de notícias, grupos e chat. No entanto, funcionará de forma independente, ou seja, não terá vínculo com o facebook pessoal, eliminando assim a preocupação de seus usuários com fotos, vídeos e postagens particulares.

O Facebook at Work, chamado assim de forma provisória, possibilitará a interação de colegas, compartilhamento de documentos e arquivos, elaboração de projetos, rede de contatos profissionais, utilização de um mensageiro instantâneo e até mesmo a substituição do e-mail. Com essa proposta, o Facebook pretende driblar a desconfiança de algumas empresas que bloqueiam o acesso a rede social para evitar distrações. Outra novidade na versão é  a ausência de publicidade, o que também pode indicar que a empresa está trabalhando em modelos premium baseado em assinaturas ou licenças empresariais.

Dentro do próprio facebook, a comunicação profissional já era feita através da versão coorporativa do site. Com isso, chegaram a discussão sobre a necessidade de expansão da rede para outras empresas, começando a desenvolver a ideia ainda em 2013 e que agora está em fase de testes por algumas empresas.

A novidade ainda não tem data prevista para chegar ao mercado, mas é perceptível que cada vez mais as empresas estão preocupadas com a  necessidade e importância da comunicação profissional. Nesse cenário, o Facebook, que é uma rede social extremamente conhecida por sua informalidade, tem a grande missão de se adequar ao meio corporativo e conquistar a confiança de organizações e empregadores, sem deixar de levar em conta que a privacidade e a segurança da informação também são grandes preocupações para as corporações.

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!