Saiba a diferença entre carreira e emprego e como isso vai definir o seu futuro profissional

Entenda porque você deve começar a seu preocupar mais com a sua carreira para, assim, conseguir o melhor emprego!

Autor: Redação Impacta

Carreira e emprego são comumente confundidos pelos que estão ingressando no mercado de trabalho. Ambos são conceitos distintos e saber diferenciá-los é fundamental para entender as etapas necessárias da construção de vida profissional.

Quer entender as diferenças? Confira o post a seguir.

Emprego é temporário, carreira é permanente

Ter um emprego não significa ter uma carreira. Ele é a atividade que o profissional desempenha, no presente, para suprir suas necessidades financeiras. É claro que se você estiver atuando em sua área, o emprego vai além de apenas ganhar dinheiro para se manter, mas mesmo assim ainda não é sinônimo de carreira.

Essa vida profissional é algo que se constrói com o tempo e depende das decisões que a pessoa toma e tomou ao longo de sua trajetória. Dessa forma, construir uma carreira não depende apenas do emprego atual, mas sim de um planejamento que possibilite preparar-se para o próximo trabalho ou cargo.

É por meio do planejamento que você delimitará quais são os conhecimentos e experiência necessários para se destacar na posição que está ocupando, e então evoluir.

A construção de uma trajetória profissional vai levá-lo a possibilidades diferentes das que possui atualmente e, de preferência, para melhores. Nesse caminho existem duas possibilidades:

  • a primeira é quando a pessoa se especializa tecnicamente em uma área e evolui dentro dela, tornando-se uma referência no que faz;
  • a outra opção é a carreira executiva, em que o profissional visa a ascensão a novos cargos como, por exemplo, iniciar como auxiliar para chegar a gestor.

Nas duas opções, o importante é que as decisões sejam tomadas com base em um objetivo que deverá ser alcançado a longo prazo. Isso porque a carreira dá ao profissional essa perspectiva de futuro, adicionando em sua bagagem competências, ganhos financeiros e o mais importante; que é a satisfação pessoal.

Carreira não é sinônimo de vários empregos

Ter trabalhado em diversos lugares não significa, necessariamente, ter construído uma carreira. A trajetória profissional pode ser desenvolvida dentro da mesma empresa, pois cada mudança de cargo que implique maiores responsabilidades e/ou salário significa uma evolução dentro da estrutura hierárquica da organização. Isso representa um avanço em seu currículo e, consequentemente, em sua carreira.

Trabalhar em muitas empresas, porém executando as mesmas funções, não é ter uma carreira, já que não houve progresso dentro da profissão em que atua. Se você fizer a mesma coisa durante 5, 10 anos, sem alteração de cargo/salário, não está construindo uma trajetória profissional. Pelo contrário! Se você busca por algum conhecimento além das habilidades que sua função atual exige, está pensando nas possibilidades de crescimento futuras e, portanto, está seguindo os passos da construção de uma carreira.

Por exemplo, se você atualmente ocupa uma vaga de estágio que exige apenas o conhecimento técnico em sua área, mas está constantemente buscando por competências que agregam em seu currículo, o trabalho que desempenha terá resultados acima dos que eram esperados pela empresa.

Dessa forma, são grandes as chances de que esteja em primeiro lugar quando pensarem em uma efetivação. Essa visão de futuro é o que constrói uma carreira, sem que necessariamente tenha que mudar de emprego para evoluir.

Entenda a diferença de carreira e emprego

Sua carreira não é o que você está fazendo, mas sim o que já fez

Você não é apenas o que está fazendo atualmente, mas sim tudo o que já fez e ainda vai fazer, e isso é a chave para a concepção de sua trajetória profissional. Um emprego não é uma definição, mas sim algo temporário; com começo, meio e fim. Já a carreira diz respeito a tudo o que já construiu em seu histórico empresarial e continua construindo.

Ambos possuem uma relação de interdependência, já que não se constrói uma carreira sem emprego. Mas para que o emprego leve à carreira, é preciso uma série decisões e oportunidades, que acontecem de acordo com o desempenho de cada um.

Portanto, ao ser contratado, é preciso analisar quais atividades desempenhadas nessa função acrescentam algo que possa ser aproveitado futuramente. Sendo assim, deve-se ter claro, desde o princípio, onde você deseja chegar e quais as etapas necessárias para tal.

Isso não impede, entretanto, que os planos sejam alterados durante o percurso, de acordo com as oportunidades profissionais que surgirem. Mas o que é preciso ter em mente é que, mesmo com os imprevistos, é necessário ter claro o motivo pelo qual determinada decisão está sendo tomada, e se tal atitude contribui para alcançar seu objetivo final.

Quando não existe uma meta clara, as mudanças de trabalho podem parecer sem sentido e tornarem-se frustrantes.

Saiba como conectar carreira e emprego

O emprego depende das decisões que são tomadas pela empresa, e vão além de suas próprias vontades, já a carreira é de sua responsabilidade. Se você já possui um trabalho ou pretende conseguir um, e não sabe qual será seu próximo passo, é preciso parar e traçar um plano de carreira.

Comece se questionando se o que pretende fazer posteriormente se conecta com o que está fazendo no momento e o quanto a função que desempenha agora pode contribuir para alcançar o que deseja. Se não consegue enxergar uma conexão entre estes dois momentos, você deve analisar melhor e descobrir uma forma de conectá-los em algum ponto.

Sempre que surgir uma nova oportunidade, reflita seus prós, contras, e os motivos pelos quais outra função, por exemplo, seria melhor do que a que possui agora. É preciso questionar-se sempre; “por que estou fazendo isso?”, “onde pretendo chegar?”, “como meu trabalho pode contribuir para minha evolução?”.

Tendo respostas claras para tais perguntas, você será capaz de enxergar o caminho que precisa percorrer e em quais pontos precisa evoluir para alcançar a próxima etapa.

Carreira e emprego, portanto, são coisas distintas e que exigem cuidados diferentes para que tenham relação. Aos que desejam construir uma trajetória profissional, é fundamental não pensar apenas a curto prazo.

Agora que conhece a diferença entre carreira e emprego, já sabe quais são os passos que precisa seguir para construir a sua?

Se você gostou das dicas, comece agora mesmo a construir seu plano de carreira. Compartilhe o post em suas redes sociais para ajudar mais amigos a se planejarem também!

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!