Cybersecurity: Mercado de Trabalho e os Desafios da Segurança da Informação

O setor de Cybersecurity é um dos mais Importantes no Mercado dos Próximos Anos, além de uma Ótima Oportunidade de Carreira. Assista à Live!

Autor: Redação Impacta

Uma das áreas que mais crescem no mercado – e que é uma das principais tendências em tecnologia nos próximos anos – é a de Cibersegurança. Afinal, com cada vez mais pessoas e empresas conectadas, mais dados serão gerados, e mais ciberataques aparecem.

Além disso, o cenário atual do mercado de trabalho deve contribuir para o aumento dos ataques. Segundo previsões de especialistas do setor, como a WatchGuard Technologieso crescimento do home-office proporcionará mais vulnerabilidades e oferece um terreno fértil para ações criminosos e ciberataques.

Por isso, a Segurança da Informação torna-se uma área ainda mais estratégica para os mais variados negócios, que agora precisam garantir a defesa da operação e das informações disponíveis contra possíveis violações e crimes cibernéticos.

Com o aumento dessa demanda, as empresas vão precisar de profissionais especialistas em cybersecurity. Por isso, a área pode ser uma ótima opção de carreira para quem se interessa ou já atua com tecnologia.

Para esclarecer as principais dúvidas sobre esse mercado de trabalho e debater os desafios do setor no Brasil, realizamos recentemente uma live com dois especialistas. Se você não viu ao vivo, pode assistir aqui agora! Confira:

Cybersecurity: Mercado de Trabalho e os Desafios da Segurança da Informação

O que você verá no vídeo:

Mercado de Trabalho para Segurança da Informação 

1 – Conheça a si mesmo

2 – Preparação para a entrevista

3 – Storytelling na entrevista

4 – O que o recrutador irá avaliar.

Com Renan Oliveira, especialista na gestão e desenvolvimento de pessoas e na criação de processos estratégicos para aquisição de talentos, atuando com Recrutamento e Seleção focado em profissionais da área de Tecnologia da Informação

 

Os Desafios da Cibersegurança e da Segurança da Informação

 

1 – Aspectos Internacionais

2 – GDPR e LGPD na visão de risco e Infosec

3 – Requisitos mínimos para a Proteção e Privacidade de Dados

4 – A importância da Auditoria de Segurança

Com Ralf Braga, auditor de Segurança da Informação, membro do Comitê ISO/IEC JTC 1 SC 27, especialista em Segurança, Compliance e Gestão de Risco, trabalhando GDPR – a regulamentação europeia para proteção de dados pessoais.

Deixe suas dúvidas nos comentários que teremos prazer em te responder!

4 Comentários

  1. Henrique disse:

    Qual caminho para ingressar na carreira de segurança de dados quando se tem o básico de informática?
    Obrigado

    • Redação Impacta disse:

      Olá, Henrique! O conhecimento mesmo que básico em informática já é uma ótima bagagem para construir uma formação na área. A resposta para sua dúvida, contudo, pode variar muito de acordo com o seu objetivo: pretende fazer uma graduação, cursos livres ou já tem superior completo e quer se especializar em uma pós? Existem diversas opções, mas sem dúvidas que cursos de introdução à Segurança da Informação, Proteção de Dados, Defesa Cibernética e mesmo em redes serão fundamentais para a atuação na área! Esperamos ter te ajudado!

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!