Condutor de cobre ou alumínio? Saiba quando e por que utilizá-los

Há vários tipos de componentes que são um condutor de energia elétrica. Os dois principais são alumínio e cobre. Quanto utilizá-los? Confira:

Autor: Redação Impacta

Não pode ler esse artigo agora? Ouça a matéria no Player abaixo:

Há vários tipos de componentes que são capazes de conduzir energia elétrica. Mesmo assim, do ponto de vista comercial, dois são os principais: alumínio e cobre.

O cobre é mais caro e, comparativamente, mais pesado que o alumínio. Mas por que então o alumínio ainda não é amplamente usado? Em que situações cada material é usado? No final das contas, qual é o material mais adequado e por quê? Essas são algumas das questões discutidas no post de hoje.

Onde cada material é usado?

No geral, a principal aplicação do alumínio é em grandes redes de transmissão. O cobre é a opção no caso de instalações domésticas e urbanas.

O que determina que tipo de material será usado?

Basicamente, o tipo de condutor que se aplica melhor às condições impostas é o usado. Peso, custo, aquecimento e capacidade de condução elétrica são alguns dos fatores físicos e químicos que são levados em consideração na escolha.

Dessa forma, os condutores de alumínio são mais usados em grandes redes de transmissão e o cobre em instalações domésticas, por exemplo.

Condutor de cobre ou alumínio?

Vantagens do alumínio

Comparativamente, o alumínio já chegou a ser oito vezes mais barato que um equivalente de cobre. Além disso, o condutor de alumínio tem metade do peso do seu correspondente de cobre.

A terceira maior vantagem desses condutores é resistir melhor à deformação. Todas essas características reduzem os custos do uso desse material em grandes transmissões, pois as torres podem ser menos robustas e o espaçamento entre elas pode ser maior.

Vantagens do cobre

Maior resistência aos fatores externos como oxidação e corrosão galvânica. Essas características reduzem o risco de superaquecimento das fiações. Além disso, o cobre é mais maleável que o alumínio, favorecendo o uso para aplicações e instalações em que fios flexíveis são necessários ou desejáveis.

Outro ponto é o fato de que a maioria das estruturas existentes já são de cobre e as conexões cobre-cobre são muito mais confiáveis que alumínio-cobre.

Por fim, a legislação brasileira, por meio da ABNT NBR 5410, impõe restrições legais ao uso de alumínio em locais com uma ocupação muito densa ou onde o acesso é um pouco mais difícil. Por isso, em hospitais e hotéis, por exemplo, é proibido usar alumínio.

Veja outras restrições da norma brasileira para instalações elétricas de baixa tensão, a ABNT NBR 5410, aqui!

Compare você mesmo as caraterísticas de cada tipo de condutor:

Cobre Alumínio

Resistividade elétrica: 17,241 Ω.mm²/km – 28,264 Ω.mm²/km

Densidade:  8,89 g/cm³ – 2,703 g/cm³

Peso (densidade x resistividade): (17,241 x 8,89)/(28,264 x 2,703) = 2

Massa atômica: 63,6u.a. – 27u.a.

Preço (tonelada)*: US$ 5.800 – US$ 1.800

Do ponto de vista econômico, o alumínio sempre foi menos oneroso que o cobre e não há indícios de que isso vá mudar em um horizonte visível de análise. Porém, até mesmo pelo uso mais recorrente, os avanços tecnológicos e de segurança têm sido mais presentes em relação ao cobre – como as instalações flexíveis.

Por isso, para se optar para o uso de condutores de alumínio, é preciso ter uma manutenção constante da rede com equipe especializada. Além de, evidentemente, se observar as restrições da lei nacional do setor.

Se o peso é um fator importante, o alumínio é o mais recomendável. Agora, se o mais importante for a maleabilidade, o cobre é a opção mais viável.

Qual dos dois conduítes você utiliza? Em que ocasião? Compartilhe suas experiências!

Você sabe como funcionam os cabeamentos ópticos? Veja aqui!

14 Comentários

  1. JURANDIR LUIZ VARGAS DA SILVA disse:

    Senhores, estou em vias de iniciar a implantação de um Projeto residencial.
    O Proprietário da obra, está com intenções de usar condutor de alumínio nos trechos entre pontos de alimentação. Ou seja, alimentação do barramento de cobre dos medidores, usar alumínio, entre os barramentos de cobre dos medidores até os quadros internos nos apartamentos usar condutor em alumínio.
    A principio não vejo objeções técnicas. O obra irá oferecer uma Economia considerável. Qual é a opinião dos Senhores.

    • Maria disse:

      Quanto a condutividade do cabo em alumínio faz-se necessário pesquisar na tabela de corrente elétrica, geralmnte a bitola salta em duas casas, mas CUIDADO!!!! quanto a conexão com os interruptores e acessórios em geral que tenham pois se tiver cobre nu com o alumínio nu, ao conduzirem a corrente elétrica podem gerar uma “pilha galvânica”, hoje temos como estanhar o aumínio, seria uma solução

    • Max disse:

      Cuidado ao utilizar cabos de alumínio em instalações residências. O alumínio irá baratear o seu projeto, mas o risco de se utilizar este material é grande se não tomarmos as devidas providências. Como a oxidação do Al é maior do que o cobre, teremos problemas de aquecimento em conectores ou ate mesmo provocar incêndios. O Al não aceita soldas, sendo o ideal utilizar sempre conectores de pressão para este caso. Como a maioria dos nossos eletricistas não foram treinados para trabalhar com cabos de Al não compreendem tal situação de risco. Logo se não quiser ter dores de cabeça processos e etc. É melhor esquecer o Al por enquanto, pois as tecnologias mudam com o tempo e futuramente poderemos de uma liga de outros metais ao Al que poderiam diminuir tais oxidacoes.

  2. Carlos disse:

    Qual cabo triplex Alumínio posso aplicar numa distância do patrão a casa de 70mt.
    Obs.tenho cabo triplex alumínio 16mm posso utilizar.
    Obrigado

  3. Gostaria de tirar uma dúvida para uma antena de rádio frequência ( PX ), cano cobriado,ou de alumínio qual o melhor material ?

  4. Adriano disse:

    A NBR-5410 proibe o uso de aluminio em instalações residenciais, só é permitido em instalações comercial e industrial. Mesmo nesses lugares o uso não é frequente por causa da necessidade de manutenção constante.

  5. Moaci disse:

    Gostaria de saber para fazer enrolamento de bobina para a aerogerador caseiro para carregar bateria qual que é melhor cobre ou alumínio

  6. Moaci disse:

    Qual qual o melhor fio para enrolamento de aerogerador caseiro para produção de amperes para carregar bateria com retificação

  7. Jsir Candido de Souza disse:

    Pteciso estender uma ligação de 100ms do padrão até a residência. Qual a bitola mais indicada do cabo de cobre?

  8. Rui disse:

    Olá. Da caixa padrão até minha casa serão aproximadamente 60 metros. Posse usar o alumíno 16mm neste trecho até meu quadro de luz em casa e dali fazer a distribuição em cobre? Da uma baita economia neste trecho de 60 metros. obrigado

  9. Moises Dias de Alvarenga disse:

    Alumínio perde energia ao conduzila?

  10. Para usar cabos de aluminio devemos ver a NORMA NBR 5410, só permeite cabos de aluminio em industtia e comercio com ressalvas.
    Segundo a maioria dos profissionais não sabe trabalhar com cabos de alumínio, pricipalmente no que tange a conecção.

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!