Como evitar a procrastinação? Confira aqui 5 dicas valiosas

A procrastinação é um hábito que está muito presente na vida de, praticamente, todo estudante. Preguiça, deixar para outros dias coisas que deveriam (...)

Autor: Gabriella Uota

Tem dificuldade de focar os estudos? Fica inventando desculpas para não voltar aos livros e qualquer ruído parece mais interessante que sua atividade? Costuma deixar tarefas para entregar na última hora? Demora o máximo possível para começar aquele trabalho difícil ou mesmo aguarda até que alguém cobre a sua participação para tomar uma atitude? 
Temos uma notícia: isso significa que você aderiu às artes da procrastinação. Sabe o que isso significa? Essa prática nada mais é do que deixar para depois alguma questão — desde uma tarefa rotineira até uma tomada de decisão complexa — e pode impactar negativamente a sua vida.
Algumas pessoas vão dizer que é pura falta de foco, outras que é somente uma fase ruim. Mas você sabia que há a possibilidade de ser também uma questão genética? Isso mesmo! Uma pesquisa realizada por cientistas da Universidade de Colorado, nos Estados Unidos, aponta que a procrastinação pode estar no gene humano. 
Qualquer que seja o motivo, é importante ter em mente que evitar a procrastinação pode gerar ótimos resultados não somente na sua vida pessoal, mas também na acadêmica e profissional. Quer saber como fazer isso? Então este conteúdo foi feito especialmente para você!
Veja como quebrar o ciclo e parar de procrastinar com 5 mudanças de hábito que podem ser facilmente aplicadas, dentro das qualidades profissionais que as empresas buscam!

      1. Crie hábitos corretos

Toda a transformação acontece com a ajuda de bons hábitos. O best seller O Poder do Hábito, escrito por Charles Duhigg, traz o seguinte pensamento: “Se você tem um hábito ruim, ele está sempre ali à espreita, esperando as deixas e recompensas certas”.
A ideia é não deixar que isso aconteça. Criar uma rotina de hábitos saudáveis é a base para evitar a procrastinação. Comece identificando quais são os gatilhos para a sua mania de adiar as coisas. São os prazos apertados? O nível de dificuldade da obrigação? Pura preguiça? Mude o seu mindset e recupere o controle da sua produtividade.
Se o seu desejo é ter um cronograma de aprendizado, baixe aplicativos para estudar e coloque no celular um lembrete com um tempo de dedicação diária. Isso vai ajudar a sua mente a entender que esses momentos são reservados para a aquisição de conhecimentos, algo importante para sua vida.
A técnica Pomodoro pode ser uma boa estratégia de produtividade e gerenciamento de tempo que ajuda a evitar a procrastinação. Se você ainda não conhece, saiba que é uma abordagem na qual o trabalho é dividido em períodos de 25 minutos de atenção total, com 5 minutos de intervalo. Pelo método, as pausas frequentes beneficiam a agilidade mental.

      2. Estabeleça pequenas metas 

O volume de estudos e de tarefas diárias pode parecer muito desafiador. E é verdade que, em alguns momentos da sua semana, as obrigações se acumulam e exigem um tempo que você, muitas vezes, não tem.
Para virar o jogo e não cair na procrastinação, pense de maneira simplificada. Foque as pequenas metas no lugar de tentar concluir várias ações ao mesmo tempo. É como colocar em prática a expressão “a passo de formiguinha”.
Pensando dessa maneira, crie uma lista de tarefas que precisam ser concluídas. Organização é essencial — e é até mesmo uma importante soft skill. Afinal, não é o bastante ser bom tecnicamente. O mercado de trabalho busca um profissional com perfil de execução.
Por isso, além de enumerar o que você precisa fazer, também categorize. Um bom caminho é separar em: para ontem, para hoje, para amanhã. A partir daí, é só seguir os prazos que estipular.

      3. Defina prioridades 

Priorizar faz toda a diferença e tem relação direta ao passo da categorização. Sem dúvida, nem todas as tarefas que você precisa concluir têm o mesmo nível de urgência. Certamente, alguma é a mais essencial, enquanto outras podem ser escalonadas de forma estratégica.
Evite concluir ou trabalhar apenas nos processos que você considera interessantes. É o caso até mesmo de manter um progresso nos estudos.
Por exemplo, se você tem afinidade com Matemática, é normal que goste mais de estudar questões da área. Mas ficar deixando para depois a prática da Biologia pode gerar um grande problema.
Se esse é um assunto de seu interesse, você pode também aprofundar e estudar sobre metodologias de gestão ágil. Assim, já começa a pensar de maneira analítica e empreendedora sobre diversas áreas.

      4. Elimine as distrações do ambiente

Vez ou outra a mente dá voltas. Pode ser muito mais divertido se imaginar nas férias com os amigos, pesquisando hotéis, ou navegar pelas redes sociais, conferindo o que os conhecidos estão fazendo, não é mesmo? Mas são essas as distrações que alimentam a procrastinação.
Dê um jeito de mudar tal cenário ao cortar o que pode ser um gatilho para a falta de foco. Algumas boas práticas, pensando nos estudos, são:

  • mantenha o ambiente organizado;
  • feche todas as abas do navegador do computador;
  • coloque o celular no modo avião ou retire as notificações totalmente;
  • deixe a televisão desligada.

Uma outra dica importante é colocar um aviso para a família na porta do quarto ou do cômodo no qual você se concentra, comunicando que, por determinado tempo, você estará 100% dedicado aos estudos. Dificilmente alguém vai arriscar interrompê-lo.
 

      5. Crie recompensas por metas alcançadas
Com mudanças de comportamento tão grandes, ser recompensando por reduzir a procrastinação é mais do que natural. Então, comece a se premiar pelas suas pequenas vitórias. Conseguiu finalizar um trabalho escolar dentro do prazo e com sucesso? Permita-se sair com os amigos. Deu tudo certo com o novo horário estabelecido para frequentar a academia? Outro presente e assim por diante.
Aprimorar hábitos próprios é um processo que requer cuidado e força de vontade. E, como falamos no começo deste texto, pode ser que a procrastinação esteja nos seus genes — por isso, paciência e não perca o foco.
Saber como evitar a procrastinação é uma habilidade muito valiosa, que ajuda até mesmo no controle da ansiedade e no desenvolvimento do seu perfil como um profissional. Ainda que deixar tudo para depois seja algo que é feito por muitas pessoas, não significa que é um tipo de hábito que traz benefícios. Por isso, escolha as dicas que mais vão ajudá-lo e coloque em prática desde já!
E aí, gostou dos truques sobre como evitar a procrastinação? Aproveite para ajudar seus amigos também! Para isso, é só compartilhar o conteúdo com eles nas suas redes sociais, e não se esqueça de deixar seu comentário nos contando se o conteúdo foi relevante para você!

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!