Como ativar a licença do Windows Server 2012 com linha de comando

Eduardo Popovici explica como ativar a licença do Windows Server 2012 com linha de comando. Confira!

Autor: Eduardo Popovici

Nessa nova versão do sistema operacional, não existe mais aquela questão de quantidade de dias para ativação. Significa que não fica aparecendo a janelinha dizendo “Olha, faltam 04 dias para expirar a sua licença!” 

A Microsoft removeu esse aviso, porém se a pessoa não ativa o sistema, não é possível utilizar uma grande quantidade de recursos e, logicamente, personalizar o sistema a livre vontade.

Essa descrição está bem disposta no material oficial de estudos do Windows Server, nas páginas 1-32, na parte de Implantação e Gerenciamento do Windows Server 2012.

Quando não estamos na área gráfica, precisamos utilizar a ativação por linha de comando, com o modo de Server Core, por exemplo. 

Como os computadores que executam a opção de instalação Server Core não têm o console Gerenciador de Servidores, você também pode realizar a ativação manual usando o comando slmgr.vbs.

Use o comando slmgr.vbs/ipk para inserir a chave do produto e o comando slmgr.vbs/ato para realizar a ativação após a instalação dessa chave.

O que pode acontecer é a ativação não ser possível devido tipo de chave que se está usando. Por padrão, quando você baixa a imagem por eopen (painel da Microsoft de licenças), elas são pré-configuradas com sua licença fixa em um servidor interno, sendo necessário alterar a chave para a ativação pela internet (Essa parte ninguém conta, né?).

Pois é, nesse caso quando você compra a licença oficial, terá duas chaves, sendo uma para ativação pela internet e outra para um servidor de licenças interno. Se for o seu caso de não conseguir ativar o Windows, tente o seguinte comando, substituindo o XXXXX pela chave de ativação pela internet e depois ative o Windows com o comando slmgr.vbs.

slmgr.vbs -ipk XXXXX-XXXXX-XXXXX-XXXXX-XXXXX

ipk: Chave de ativação pela internet.

kms: Chave de ativação por servidor interno da empresa.

Key Management Service, ou Serviço de Gerenciamento de Chave, é um modelo onde existem um ou mais servidores (chamados KMS Hosts), hospedados em sua rede local, e que são responsáveis por ativar automaticamente os demais computadores Vista, 7, 8, 2008 e 2012 em sua empresa. Em outras palavras, seria um Servidor de Ativação do Windows.

O mais bacana nesse recurso de ativação KMS é que pode ser configurado para validar todos os equipamentos de x e x dias. E se a pessoa levar o serial para casa não vai conseguir usá-lo, mas esse post deixo para outro dia.

Se gostou, comente. Se funcionou, comente. Se não… comente também! Sua opinião ajuda a melhorar o blog e, logicamente, fornecer conteúdo de qualidade para quem está com problemas.

Esse conteúdo foi postado originalmente no blog da HTBRAZ Connect, em 10 de julho de 2013, e pode ser conferido aqui.

Que tal se especializar em ambientes de redes?

A Impacta possui os melhores os cursos e certificações em redes. Conheça as opções e torne-se um profissional ainda mais qualificado para o mercado de trabalho.

4 Comentários

  1. william disse:

    mesmo fazendo o processo acima, não foi possível realizar ativação, da a seguinte MSN:
    erro: 0xc004e016 em um computador com uma edição não essencial do Microsoft Windows, execute ‘slui.exe 0x2a 0xc004e016’ para exibir o texto do erro.

    • Redação Impacta disse:

      Olá, William. Você pode pesquisar o tipo do erro nos fóruns da Microsoft e encontrar as variáveis. Use o comando slui.exe para identificar o tipo do erro de forma mais específica.

  2. Marcio Santos disse:

    Parabéns pela excelente matéria !!!

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!