Chegou o fim do controverso plugin Java

A Oracle anunciou que o seu plugin Java deixará de existir. Entenda porque a empresa tomou essa decisão e porque ela foi comemorada pelo mercado de TI.(...)

Autor: Bruno Saes

Nessa última quarta-feira a Oracle, gigante fabricante de softwares, anunciou em seu blog oficial que o plugin Java deixará de existir. E essa notícia foi bastante comemorada pelo mercado e pelos desenvolvedores de navegadores. Entenda os porquês.

Por que cancelar o plugin Java?

A empresa alega que o motivo do cancelamento é que os maiores navegadores do mercado, como Google Chrome, Firefox e Microsoft Edge, estão acabando com a possibilidade de instalação de plugins, eliminando assim, o acesso a programas como Flash, Silverlight e Java.

Por isso, para a Oracle não faz mais sentido insistir com o plugin. A empresa agora passa a incentivar o uso da Java Web Start, que é uma tecnologia nova e que não se encaixa como plugin.

Com isso, a empresa irá desencorajar o uso do seu último kit de desenvolvimento Java lançado no mercado, o JDK 9. A desativação completa do plugin virá em uma futura atualização do kit.

O controverso plugin Java finalmente foi cancelado

Por que comemorar?

A notícia foi comemorada – apesar de vista como tardia – pelos profissionais de segurança da informação e pelos usuários. O motivo não é difícil de entender.

Lançado em 1995, o plugin Java já era motivo de preocupação para os especialistas de segurança. Ao longo dos anos são inúmeros os casos de falhas e vulnerabilidades, que facilitaram ataques a muitos usuários domésticos e industriais no mundo todo.

As falhas foram tantas que a Oracle chegou até mesmo a ser acusada nos Estados Unidos de enganar o público, pois alegava que o plugin era mais seguro do que na verdade é.

E você, gostou da notícia? Deixe um comentário e nos diga o que achou!

1 Comentário

    Deixe o seu comentário!

    Não perca nenhum post!