Pokémon Go revoluciona os games e a realidade aumentada

Chegando ao Brasil, o jogo Pokémon Go já revoluciona o mundo dos games, apresenta o renascimento da Nintendo e impulsiona o uso da realidade aumentada!(...)

Autor: Redação Impacta

Fenômeno mundial, o jogo Pokémon Go  finalmente está chegando ao Brasil e promete ser um sucesso também por aqui. Apresentando uma nova era no cenário de jogos digitais, o game não só revoluciona esse mercado, como leva a realidade aumentada para outro nível, abrindo imensas possibilidades para o desenvolvimento de novos programas, serviços e, claro, games.

Utilizando da conexão de dados móveis, servidores e GPS para oferecer uma experiência de jogo única e baseada na realidade aumentada, o Pokémon Go permite que o jogador encontre e capture os monstros da franquia nas ruas, parques e estabelecimentos da sua cidade.

O renascimento da Nintendo com o Pokémon Go

Criado em parceria da Nintendo com a Pokémon Company e pela produtora Niantic, que surgiu de uma cisão do Google, o game teve como seu primeiro grande feito o renascimento da empresa japonesa no mercado mundial de jogos.

Lançado de surpresa no dia 05 desse mês para os smartphones Android e iOS dos EUA, Austrália e Nova Zelândia, o Pokémon Go rapidamente se tornou um sucesso. O game ficou mais popular que o Tinder, se tornou o app mais utilizado, batendo o Whatsapp, entre os norte-americanos e trazendo a Nintendo novamente ao centro das atenções, fazendo suas ações aumentarem US$ 7,5 bi em apenas dois dias.

Pokémon Go revoluciona o mundo dos games e o uso da realidade aumentada

A revolução no mundo dos games

Nos últimos anos as grandes empresas de games têm aumentado seus esforços na criação de jogos que utilizem a realidade virtual. Mas cuidado para não confundir realidade virtual com realidade aumentada e é aí que está a sacada do Pokémon Go.

Realidade virtual simula um ambiente e experiências reais com o uso de dispositivos. Já a realidade aumentada mistura o mundo real com os elementos criados virtualmente. No jogo da Nintendo, você utiliza a câmera do seu smartphone para visualizar o ambiente real e o aplicativo insere os pokémons para que o treinador tente capturá-lo ou mesmo trave batalhas.

O segredo para tanto sucesso pode ser explicado em três pontos: o uso de uma franquia de sucesso com o Pokémon, recheado de fãs tanto dos games, quanto do desenho animado, o fato do game ser mobile e free to play, e o melhor uso da realidade aumentada.

Com fácil jogabilidade, bons gráficos e a sensação do jogador estar fazendo parte de um mundo fantástico de batalhas e captura de Pokémons, o game agora já inspira outras criadoras de jogos a focarem nas criações que utilizem as várias possibilidades da realidade aumentada, como é o caso da Ubisoft, que anunciou que deve investir na área.

A revolução no uso da realidade virtual

O jogo não é a primeira tentativa de utilização da realidade virtual. Desde que os smartphones se passaram a contar com câmera, GPS e internet banda larga, muitas empresas tentam emplacar projetos e aplicações nesse sentido.

Mas o acerto da Nintendo e da Niantic no uso da famosa realidade aumentada abre o mercado também para o incentivo da criação de aplicações úteis em diversas áreas, como na manutenção de equipamentos, por exemplo.

A possibilidade de unir o mundo real com informações digitais, como a apresentada no jogo, permite a imaginação para infinitas soluções corporativas. Com isso, as empresas, investidores e profissionais de tecnologia devem focar suas apostas nessa área.

Agora, resta aguardar a chegada oficial do jogo e ver os próximos passos do mercado na criação de aplicações de realidade aumentada. Deixe seu comentário!

Para saber mais:

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!