Reskilling e Upskilling: entenda o que são e como você deve se qualificar

Já ouviu falar em Reskilling e Upskilling? Explicamos os Dois Conceitos de Qualificação Profissional para você transformar sua carreira!

Autor: Redação Impacta

Você conhece as novas metodologias chamadas de Reskilling e Upskilling? Bom, elas se originam da palavra em inglês “skill”, que significa “habilidade”, e a sua variação “skilling” está sendo bastante utilizada para se referir a se tornar hábil e/ou desenvolvido em algo.

Com relação a isso, fala-se abundantemente da “lifelong learning”, que em português pode significar aprendizagem contínua ou educação para toda a vida.

Nela, é ressaltada a ideia de ultrapassar o conceito de educação que limita o aprendizado ao sistema formal escolar. Sendo assim, parte-se da premissa que a obtenção de conhecimento e habilidades surge ao longo da vida no ambiente acadêmico, pessoal e corporativo.

Essa concepção é constituída em quatro pilares:

  • Aprenda a conhecer;
  • Aprenda a ser;
  • Aprenda a fazer;
  • Aprenda a conviver.

Mas no que isto tudo pode implicar no seu desenvolvimento e área de atuação no mercado? Calma que já vamos te explicar. Por hora, precisamos voltar aos conceitos de Reskilling e Upskilling e entendê-los melhor e de maneira ampla.

Reskilling e Upskilling: entenda o que são

Upskilling

O Upskilling é um conceito de aprimoramento e crescimento na sua área de atuação atual que, quando visto da maneira correta, acarreta em agregar maior valor à empresa e aumentar, assim, o seu domínio sobre determinados assuntos. 

Ao fazer este ‘up’, você acabe otimizando o tempo que você normalmente gasta com tarefas rotineiras ao realizá-las com mais qualidade, além do desenvolvimento de uma visão analítica.

Isso possibilita um crescimento de carreira ainda mais estruturado, e a proatividade é fundamental para isso.

Para implementar o Upskilling, Kelly Palmer – diretora de aprendizagem no Linkedin e Yahoo! recomenda 5 passos:

1 – Identifique algumas habilidades futuras

Converse com a área de RH da sua empresa e verifique o que eles têm a dizer sobre seu histórico e suas habilidades. Solicite um feedback para seu gestor!

2 – Analise as habilidades fundamentais que você já têm

Realize uma autoavaliação. O feedback de terceiros não é o único ponto importante. A autocrítica faz parte da nossa vida e é um dos pontos de maior maturidade que o ser humano pode ter. Seja sincero consigo mesmo e se autoavalie com sabedoria! 

3 – Defina quais serão as metas de aprimoramento

Escolha em até três habilidades que sejam possíveis de alcançar, tendo em vista que definir metas é importante para atingir objetivos claros e reais.

Comece anotando em algum caderno ou escreva um texto em seu computador, buscando quais são as três habilidades que você realmente busca aprimorar.

4 – Mapeie a jornada de aprendizagem

Liste cursos, podcasts, projetos e artigos que você pode fazer. Com o advento da internet, informações e conteúdos surgem a cada segundo. Você pode encontrar facilmente algum conteúdo de seu interesse de aprendizagem e dedicar-se a ele. O que não falta é material!

5 – Meça o progresso das suas iniciativas

Defina a qualidade e avalie os progressos. Não adianta traçar metas e objetivos sem olhar para o seu progresso. E não se esqueça de, enquanto traça a sua jornada, olhar para ela e avaliar com sinceridade a qualidade e progresso que vem obtendo.

Reskilling e Upskilling: entenda o que são e como você deve se qualificar

Reskilling

O Reskilling é o conceito ligado a requalificação, ou seja,  quando o profissional busca aprender novas habilidades, reinserir-se e investir em novos âmbitos do mercado de trabalho, seja por vontade própria ou até mesmo pelas atuais necessidades da era digital, o que acontece com bastante frequência.

Um bom exemplo de Reskilling pode ser dado entre o século XVII e XIX, na Primeira Revolução Industrial na Europa, quando o processo de produção foi alterado. 

Naquele tempo, eram utilizados de forma intensa o trabalho artesanal (realizado por artesãos, profissionais responsáveis por fabricações de produtos de forma manual), entretanto, com o surgimento de fábricas e do trabalho assalariado, essa função foi perdendo sua força e o seu valor, até entrar em desuso. 

É exatamente isso que acontece no nosso cenário atual caracterizado pela transformação digital.

No entanto, nem tudo pode ser visto de uma forma negativa. Da mesma maneira que muitas profissões podem deixar de existir, o mercado sempre está reinventando-se e o surgimento de novas profissões estão cada vez mais frequentes.

“Skills” e a era digital

A velocidade da tecnologia está sendo elevada mais e mais, sendo necessário chegar na adaptação constante. Antigamente, sabíamos que uma pessoa era médica, administradora ou jornalista. Já hoje em dia, um jornalista pode ser tanto um palestrante, um empreendedor e um consultor. 

Um profissional pode ser especializado e exercer mais de uma profissão e isto está tornando-se cada vez mais comum no âmbito empresarial e no mercado de modo geral.

Os conhecimentos e habilidades estão expandindo-se cada vez mais, fazendo com que se desenvolvam e encaixem de forma constante, homogênea ou não,  no mercado de trabalho.

A atual situação mundial

Como resultado da Covid-19 e todas as problemáticas que vieram com a pandemia que afeta o mundo, quem nunca refletiu em como será a sociedade futuramente após todo esse cenário? 

Não podemos negar que essa nova adaptação atrapalhou nossa vida cotidiana e nos puxou para rápidas mudanças no nosso consumo, vida social, vida corporativa, etc, para que produzamos mesmo com a desaceleração da economia.

Da mesma forma que propomos os 5 passos no Upskilling, também podemos utilizar a autoanálise e refletir através do Reskilling se queremos e podemos adquirir novas habilidades para poder atuar no mercado de forma diferente.

Quem nunca pensou em correr atrás de sonhos abandonados? Montar metas e abrir novos caminhos e novas possibilidades em uma nova carreira pode ser considerado e deve ser incentivado pela sua autoconfiança e coragem!

Estamos em uma era de constantes mudanças e mudar a si mesmo também é algo natural e que pode ser buscado em sua jornada pessoal e profissional.

Conclusão

Reskilling e Upskilling são noções que trazem desenvolvimento e abrem novos caminhos e jornadas inesperadas, tanto para crescimento já na sua área de atuação, como em investimento em novas áreas.

Tais práticas podem alavancar sua carreira e trazer de dentro de você uma ótima experiência de vida tão produtiva e transformadora. Não acha que vale a pena pensar e aplicar mais do assunto em sua vida?

Para aprender mais e conhecer diversos assuntos como este, entre em nosso site e assine nossa newsletter!

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!