DBA: como se tornar um administrador de banco de dados?

O DBA - administrador de banco de dados - é um dos profissionais mais importantes nas grandes empresas. Entenda tudo sobre a profissão nesse artigo!(...)

Autor: Redação Impacta

Não pode ler esse artigo agora? Ouça a matéria no Player abaixo:

Muitos profissionais que atuam na área de TI se interessam especificamente por banco de dados e, por isso, pretendem seguir a carreira como um DBA. Trata-se de uma função extremamente importante se pensarmos na quantidade de dados que são gerados o tempo todo e circulam livremente pela rede.
No mundo tecnológico em que vivemos, é praticamente impossível imaginar a vida sem o apoio dos computadores e dos softwares com seu poder de processamento. Nesse contexto, quem trabalha com administração de banco de dados tem um papel crucial na tarefa de armazenar tanta informação de maneira segura e eficiente. Mas quem é esse profissional?

O que é um DBA?

A sigla DBA significa Database Administrator — administrador de banco de dados. Ele é responsável pela totalidade da administração de um sistema de banco de dados ou uma base de dados, ou seja, cuida dos processos de instalação, atualização, otimização, integridade, consistência, segurança e confiabilidade, que demandam decisões gerenciais apropriadas e ágeis. Além disso, ele efetua backups, monitora e aprimora sua performance.
Antes de escolher essa carreira, é interessante analisar se o seu perfil está alinhado às necessidades da profissão. Quem tem dificuldade de foco e concentração ou não consegue investir longos períodos em estudos, provavelmente não se adaptará à rotina de trabalho.
Administrar banco de dados exige muito conhecimento técnico e estudo constante, principalmente para saber o que fazer em situações de muita pressão e que exijam resolução rápida e precisa para recuperar dados, obviamente sem falhas. Além disso, é preciso ter muita paciência para lidar com tecnologias mais ultrapassadas, ter espírito de equipe e disposição para buscar e assimilar novas tecnologias.

Como é a formação em DBA?

É comum encontrarmos profissionais de DBA graduados em Sistemas de Informação, Engenharia da Computação, Processamento de Dados e cursos específicos para banco de dados. Para exercer bem essa função, é preciso ser curioso, conhecer muito sobre tecnologia e dominar o SGBD (Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados) com o qual for trabalhar.
São muitos os caminhos preparatórios para a formação em DBA, inclusive as experiências on-line, cujo objetivo é agilizar o aprendizado com o máximo de alternativas. Mas o que estudar e como começar?

Modelagem de dados

Para um DBA ou qualquer outro profissional de banco de dados, este assunto é o primeiro e mais importante. É fundamental saber criar tabelas e relacioná-las entre si, já que esse é o primeiro passo para fugir de problemas que podem surgir lá na frente, como espaço no servidor e performance.

SGBDs

Para os iniciantes, é interessante pesquisar sobre os SGBD mais usados pelas organizações atuais. São eles:

O MySQL é o SGBD mais popular, usado por empresas de pequeno, médio e grande porte ao redor do mundo. Por isso, é recomendado para quem está iniciando na carreira. Outra ótima opção de software livre é o PostgreSQL, embora seja menos popular que o MySQL.
Quanto ao Microsoft SQLServer e Oracle, são softwares mais caros e, por isso, são opções para empresas de médio e grande porte. Para quem pretende se preparar para trabalhar com as empresas de peso do mercado, essa é a alternativa ideal.
Atualmente, o Cassandra e o MongoDB têm natureza semelhante ao NoSQL. Os SGBD desse tipo são utilizados quando o banco de dados do projeto ou software precisa de uma estrutura que utilize os padrões NoSQL. Grandes empresas como o Facebook, o Google e o Twitter usam essa tecnologia, assim como os softwares modernos.
Existem outras espécies de SGDBs relacionais e NoSQL disponíveis, no entanto, para quem está começando a carreira de DBA, dominar os conceitos básicos é mais importante. Com o tempo e a experiência adquirida, é natural que se encontre as ferramentas e tecnologias mais adequadas para compor o trabalho de cada um.
DBA: Como se tornar um administrador de banco de dados

Fóruns

São canais muito úteis para estudo e consulta. A grande vantagem de se procurar apoio nesses locais é a possibilidade de participar de discussões diárias, trocando experiências e informações relevantes para solucionar problemas pontuais do dia a dia enfrentados pela maioria dos DBAs. Não deixe de conferir as opções a seguir:

Blogs e sites

Sites e blogs têm sido cada vez mais procurados para informações de todo o tipo e com essa área de atuação também é assim. São excelentes fontes de pesquisa e até aprofundamento em assuntos especializados. Você pode encontrar muito material útil nos seguintes canais:

Livros sobre banco de dados

Boa parte das fontes seguras de informações técnicas ainda consta no bom e velho livro. Seja no formato tradicional (papel) ou em versões digitais, vale muito a pena consultá-los e, se possível, adquiri-los. A seguir, selecionamos uma pequena lista de exemplares em inglês para dar um suporte rico e interessante aos seus estudos.

Embora a maioria das certificações exija conhecimento básico de inglês, nunca é demais recorrer também a alguns títulos em língua portuguesa para complementar os seus estudos. Confira:

Onde e como procurar emprego na área?

Estamos em plena era da informação instantânea e nunca compartilhamos tantos dados com tanta rapidez e volume de informações como agora. Isso se deve às buscas na internet, nos aplicativos, nas redes sociais e outras fontes.
Especialistas nesse segmento afirmam que há muita demanda por DBAs; no entanto, são poucos os profissionais habilitados. Contudo, as oportunidades podem ser encontradas em sites de emprego ou redes sociais para negócios como o LinkedIn e grande parte das vagas são oferecidas em São Paulo.

Um bom networking faz toda a diferença

Criar redes de contato é fundamental para qualquer profissão e na área de TI não é diferente. Assuntos relativos a DBA são muito específicos e ficam em locais “ocultos”, como fóruns, sites e blogs. Portanto, constituir um networking com profissionais do mesmo ramo é essencial para ficar por dentro de tudo o que acontece e, além disso, é uma forma de criar oportunidades de trabalho e crescimento profissional.
A atuação do DBA só tende a evoluir. Com o avanço da tecnologia da informação, as empresas necessitam cada dia mais de aperfeiçoamento e otimização em seus bancos de dados. Essa profissão já não é mais algo para se esperar em um futuro próximo — a sua importância está no presente. Especialize-se e garanta o seu espaço!
Para dar um up nos seus estudos, comece a pesquisar um novo curso agora mesmo! Acesse e conheça uma lista imperdível de oportunidades para deixar o seu portfólio ainda melhor!

Deixe o seu comentário!

Não perca nenhum post!