Conheça os mitos e verdades sobre a certificação PMP
Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Você está criando uma conta para sua empresa?

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Conheça os principais mitos e verdades sobre certificação PMP

certificação de Profissional de Gerenciamento de Projetos (PMP) é voltada para gerentes de projetos e reconhecida mundialmente. Com ela, é possível comprovar a formação, a experiência e a competência para conduzir grandes trabalhos no mundo empresarial.

Mas, afinal, você conhece os mitos e verdades sobre certificação PMP? Não se preocupe, pois, neste artigo, vamos desmistificar o assunto.

A seguir, abordaremos as principais questões que envolvem a certificação PMP, para que você se informe melhor. Continue a leitura e confira conosco! 

A certificação tem data de validade?

Sim, a certificação PMP tem prazo de validade. O certificado pode ser usado por até 3 anos e, depois disso, você terá que se creditar como Professional Development Unit (PDU). 

Geralmente, as certificações do PMI demandam a obtenção dessas Unidades de Desenvolvimento Profissional para manter ativa sua certificação. Isso é importante para identificar se você é um profissional que está em contínuo processo de desenvolvimento, mas, para tanto, é preciso adquirir 60 PDUs a cada 3 anos.

Vale lembrar que é possível começar a computar as atividades de PDU assim que obtiver a certificação PMP. Uma hora de aprendizado ou retribuição atuando como profissional de Gerenciamento de Projetos, por exemplo, é considerada um PDU. 

É preciso acertar determinado percentual para passar no exame PMP?

Sim. Um dos pontos que poucas pessoas compreendem com clareza é: quanto é preciso acertar na prova para passar no exame PMP? Vale ressaltar que a avaliação é composta por 200 questões de múltipla escolha, com 4 opções de respostas em cada uma. 

Além disso, tais perguntas são divididas entre 175 questões válidas para o exame e mais 25 de validação. De acordo com a regra, você precisa acertar pelo menos 106 das 175. Elas têm pesos de avaliação que são divididos da seguinte maneira:

  • iniciação — peso de 11%;
  • planejamento — peso de 27%;
  • execução — peso de 21%;
  • monitoramento e controle — peso de 9%;
  • encerramento — peso de 9%;
  • responsabilidade profissional — peso de 9%.
Vale destacar que o candidato tem somente 4 horas para realizar a prova em um centro de exames. O tempo é suficiente para quem está preparado, mas quem não domina o conteúdo pode se perder nesse momento. Portanto, para que você tenha sucesso, é importante realizar cursos de preparação antes de fazer a avaliação.

Outro dado importante é que o exame pode ser realizado em português ou inglês, ficando a critério do candidato escolher o idioma no qual apresenta maior fluência. Contudo, ter conhecimentos básicos sobre a língua inglesa é fundamental para o entendimento de termos técnicos que não são traduzidos. 

Diligent student preparing home assignment outdoors

É necessário ser filiado ao PMI para fazer o exame?

Um dos grandes mitos envolvendo a certificação PMP diz respeito à necessidade de se filiar ao PMI para fazer o exame. Essa afirmação não é verdadeira, pois não se trata de um dos critérios para validar a prova do candidato.

Ser filiado ao PMI garante apenas um desconto para fazer o teste. Caso você tenha vontade de ganhar esse benefício, deve preencher a ficha de filiação no site do PMI antes de completar o formulário para o exame de certificação PMP. 

É necessário compreender, porém, que há um custo para essa filiação: US$ 129 e mais uma taxa de US$ 10. Tal valor é justamente descontado das despesas para a realização do exame PMP quando o candidato for realizá-lo. Assim, a filiação pode ser considerada como um investimento que trará retorno no futuro.

Dessa forma, o mais importante é entender que a não filiação ao PMI não é critério de impedimento para fazer o teste. Contudo, ser filiado proporciona um pagamento menor para a realização da prova e muitas outras vantagens, como a possibilidade de descontos em determinados seminários, além de feiras de vendas de livros. 

A certificação PMP vai aumentar o salário do profissional?

Outra dúvida comum quanto à certificação PMP é se ela vai aumentar o salário do profissional. Tal associação não é totalmente correta, pois aprofundar seu conhecimento em uma determinada área vai muito além de receber mais dinheiro. 

Fatores como a instabilidade econômica e as condições financeiras da empresa para a qual você trabalha são muito importantes na hora de definir maiores ou menores rendimentos. Uma companhia em crise, por exemplo, não terá condições de pagar salários elevados para seus funcionários.

A certificação PMP pode aumentar suas chances de ganhar cargos melhores (que, consequentemente, oferecem salários maiores), mas isso não é garantia. O essencial é que você busque se capacitar profissionalmente, sempre se atualizando e tendo como meta reger grandes projetos. 

Devo ser um Gerente de Projetos experiente para fazer a prova?

Algumas pessoas não sabem se há a necessidade de ser um Gerente de Projetos b experiente para fazer a prova. Bom, isso vai depender do fato de o possível candidato ter concluído a Universidade ou não, pois um curso superior conta como experiência para a certificação PMP.

Basicamente, quem tem formação de Bacharel ou equivalente, além do mínimo de 3 anos de estudo na área de gerenciamento de projetos, pode realizar o exame PMP. Por outro lado, aqueles que contam apenas com o diploma de Ensino Médio precisam comprovar uma experiência de 5 anos no setor. 

Com isso, podemos afirmar que ter um curso superior trará mais benefícios para você. Uma dica é realizar uma graduação a distância, com toda a comodidade que possibilita estudar com facilidade e qualidade.

Neste artigo, aprendemos quais são os principais mitos e as verdades sobre a certificação PMP. Nosso objetivo era que você pudesse se informar e fazer a escolha certa para seu sucesso profissional. 

Vale destacar que estamos falando de uma das certificações mais reconhecidas para a área de gestão de projetos, que visa garantir um importante diferencial para o currículo e a carreira do profissional. Com ela, você vai poder comprovar toda a sua experiência e sua prática no universo do gerenciamento de projetos. 

E então, gostou de ver quais são os mitos e verdades sobre certificação PMP? Que tal, agora, assinar nossa newsletter e receber conteúdos como este diretamente em sua caixa de entrada? Até a próxima! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados