Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

4 dicas para desenvolver sua criatividade!

Sempre ouvimos dizer que alguém é criativo. Mas, afinal, o que há por trás das pessoas assim designadas? Essa capacidade é um talento ou é possível desenvolvê-la?



Ao contrário do que parece, aumentar a criatividade é um processo que está disponível para todos nós, pois ela está muito mais relacionada à preparação e ao esforço contínuo do que ao dom.



Ter boas ideias e pensar “fora da caixa” não é um privilégio. Se você se preparar adequadamente, logo será capaz de elaborar projetos inovadores e impulsionar a sua carreira.



Neste post, separamos 4 dicas para te ajudar a aumentar a criatividade. Confira:

1. Fuja das zonas de conforto

Thomas Edison inventou a lâmpada e outras coisas. Com a história, tornou-se um dos mais aclamados inventores de todos os tempos. É dele a frase: “a genialidade é 1% inspiração e 99% transpiração”.

Embora já seja uma afirmação clichê, ela tem uma grande dose de verdade. Fato é que a sua principal mensagem — é preciso trabalhar duro, por mais genial que você se considere — nos ajuda muito a refletir sobre o conceito de criatividade.

Ter ideias criativas é, antes de tudo, encontrar soluções arrojadas para as diferentes circunstâncias que aparecem em nossa vida. Ou seja, as velhas resoluções não interessam para resolver certos problemas. Surge, então, a necessidade de criar algo.

A criação é um trabalho como qualquer outro, pois depende da execução de determinadas etapas. Como você bem sabe, esse procedimento requer dedicação, independentemente do âmbito ao qual nos referimos.

Para dar origem a alguma coisa nova, no entanto, é fundamental que pensemos diferentemente daquilo que nós estamos acostumados a imaginar. O mesmo vale em relação ao senso comum instituído à nossa volta.

Levar o pensamento para outros lugares não deve ser visto como algo que somente os grandes gênios podem fazer. Tal gesto é acessível para qualquer pessoa, desde que ela se capacite para isso.

A melhor forma de fazê-lo é, sem dúvidas, fugindo das zonas de conforto das suas visões de mundo. Sendo assim, em vez de pensar em X, porque você sempre pensou dessa maneira e está habituado a ela, pense em Y e Z.

Mas existe um jeito prático de sair da zona de conforto? Sim, existem vários:

  • para obter resultados distintos, aja por meios que você ainda não tentou;
  • especialize-se com cursos livres on-line;
  • leia livros ou e-books sobre assuntos variados;
  • faça passeios culturais em museus, teatros etc.;
  • visite lugares aos quais nunca foi;
  • procure por um coaching de carreira;
  • assista a filmes cujos temas não têm a ver com a sua preferência corriqueira;
  • dedique 10 minutos do seu dia à realização de brainstorming.
Preocupando-se em fazer algumas dessas práticas, a sua mente aos poucos descobrirá novas aptidões. Acumulando perspectivas diferenciadas sobre as situações-problema, você terá um repertório de planos em constante atualização.

O hábito de olhar para uma situação e obter reflexões inovadoras para solucioná-la está diretamente associado às práticas de inovação que mantemos em nosso cotidiano.

2. Invista na sua educação

Grande parte das sugestões dadas ao longo do tópico anterior estão relacionadas ao simples fato de dedicar parte do seu tempo à formação. Ela pode ser formal, informal e até mesmo artística.

Conhecer os melhores cursos é só uma das práticas que você precisa exercer cotidianamente. Depois, é claro, deverá fazê-los visando sempre a reunião de um bom conjunto de conhecimentos.

Tenha em mente que o investimento em cultura e em educação nunca é suficiente e jamais será um desperdício. Abrir novas portas na vida e aumentar a criatividade podem andar juntas o que requer certificações e estudos que sejam bem planejados.

Nós sabemos que a rotina de trabalho tende a ser exaustiva. Contudo, é fundamental se organizar e encontrar um bom ritmo de produtividade para que você possa ter tempo de construir o seu “arsenal criativo”.

Se souber como investir em você devidamente, tudo pode melhorar, porque profissionais criativos se destacam no mercado de trabalho.

Sendo assim, não desista em nenhum momento de buscar elementos que agreguem conhecimento ao seu dia a dia. Eles valem a pena a curto e longo prazo e não há como perdê-los: uma vez que você os absorveu, eles fazem parte das suas habilidades.

criatividade

3. Cuide de você para aumentar a criatividade

Nada disso — ser criativo, acumular ideias etc. — será possível caso você não esteja bem preparado enquanto ser humano.

Não adianta buscar pelo processo criativo sem ter uma base sólida. Podemos entender como solidez um corpo saudável e uma mente sã.

Ou seja, uma boa alimentação e noites bem-dormidas são imprescindíveis. Esqueça a imagem do gênio recluso, que não tem vida social e não dispõe de tempo nem para comer.

Você precisa se cuidar e fazer exercícios físicos, caso contrário, as especializações citadas nos outros tópicos não terão nenhuma função.

As emoções também ocupam um lugar de destaque nesse sentido. Ao passar por turbulências emocionais ou dificuldade pessoais na sua vida, lide apenas com elas e dê atenção às necessidades circunstanciais.

Quando se sentir melhor, volte a pensar no diferente, porque é impossível ser criativo sem foco ou disposição para tal.

4. Aprenda com os erros

Lembre-se: a criação pressupõe o erro. Portanto, não deixe de tentar porque, aparentemente, algo deu errado.

Para chegar aos resultados mais satisfatórios, você terá que percorrer todos os caminhos possíveis. Caso contrário, não encontrará a melhor ideia para aquela situação.

Errar é uma espécie de laboratório para criar aquilo que você quer. Sem vivenciar os seus erros com paciência, você dificilmente conseguirá chegar ao lugar ideal.

Dessa forma, não se preocupe com as chances de fracasso. Eles são um componente totalmente relevante para alcançar o sucesso. Pouco a pouco você entenderá que encontrar percalços nos seus pensamentos é absolutamente natural.

Afinal, não achar as resoluções pelas quais você busca é, também, deparar-se com as vias para resolver outros tipos de problema.

Enfim, continue aprendendo com tudo aquilo que faz, inclusive com as práticas que não aparentam ser tão eficientes. Saber observar e ter ousadia são 2 requisitos demasiadamente úteis para aumentar a criatividade.

Ficou com alguma dúvida? Quer compartilhar as suas experiências conosco? Deixe um comentário no post!
[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados