Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Veja 8 boas práticas para ingressar no mercado de trabalho

Acabou de sair do ensino médio ou está se preparando para ingressar no mercado de trabalho mas não sabe como? Confira aqui 8 práticas fundamentais para facilitar sua inserção e iniciar sua carreira de sucesso! Acompanhe-nos!

1 - Batalhe por um estágio (ainda que não remunerado) em uma grande empresa

Existe um Projeto de Lei que busca proibir as empresas de ofertarem estágios não-remunerados. O PLS 424/2012 ainda se encontra em discussão no Senado mas, até o momento, é possível sim às empresas oferecerem chance para que estudantes permaneçam por um período curto em seus escritórios, com o único e exclusivo intuito de proporcionar a eles maior vivência empresarial.

Tal prática é muito comum nas grandes agências de publicidade e pode ser a chance de tornar seu CV poderoso logo no início da carreira!

2 - Monte um currículo objetivo

Um levantamento de uma das maiores agências de emprego do país revelou que 15% dos profissionais são descartados nos processos seletivos pela má qualidade de seus currículos (e isso vale desde cargos de direção até o preenchimento de vagas de estágio).

Como ingressar no mercado de trabalho? Comece montando um bom CV. Um currículo deve ser simples, objetivo, atualizado e relatar de forma clara as experiências do candidato.

Ao fazer um currículo, elabore-o perguntando a si mesmo:

“Se eu fosse o selecionador, me sentiria interessado em conhecer mais sobre mim, após ler este CV?”
Algumas dicas:
  • Quantas páginas deve ter um currículo? Um bom CV deve ter entre 1 e 2 páginas;
  • Use folha branca para impressão e fontes clássicas, como Arial, Times New Roman ou Verdana;
  • Não use discursos em primeira pessoa;
  • Não mencione pretensões salariais. A depender o valor inserido, essa informação pode já ser a primeira barreira entre você e a empresa;
  • Jamais minta ou omita informações;
  • Na falta de uma gama extensa de experiências, intercâmbios e trabalho voluntário podem fazer a diferença em seu CV inaugural.

3 - Não despreze os trabalhos temporários

Em média, 15% dos empregados temporários são efetivados após o fim do contrato. Além de enriquecer seu CV, um trabalho dessa natureza ampliará seu networking (falaremos dele mais adiante) e representa uma oportunidade direta de efetivação. Vale a pena buscar esse caminho.

4 - Estude a empresa antes de se dirigir a uma entrevista

O erro mais comum (e grave) cometido pela maioria dos candidatos em uma entrevista. Você pilotaria um Boeing sem nunca ter visto um painel de uma aeronave? Então por que você se julgaria capaz de trabalhar em uma empresa que você sequer sabe o que produz?

Não tenha dúvida de que os recrutadores esperam que você conheça bem a estrutura da empresa para a qual você se candidata. Dessa maneira, não vá a uma entrevista antes de saber tudo sobre:

  • Produtos/serviços da organização;
  • Área de atuação;
  • Dados financeiros: faturamento, receita líquida nos últimos períodos, custos, etc.
  • Missão, visão e valores;
  • Planos de expansão no médio e longo prazo;
  • Entre outros dados (mostrar domínio sobre a empresa certamente impressionará o entrevistador!).

Boas práticas ajudam a ingressar no mercado de trabalho

5 - Procure empresas que apostem em sua formação

Não é incomum ouvir falar em empresas que subsidiam cursos de capacitação e até a graduação de seus funcionários. A construção de um currículo e, sobretudo, de uma experiência sólida de mercado, se faz com acúmulo de boas oportunidades aproveitadas.

Dessa forma, desde o primeiro emprego, dê sempre preferência por empresas que tenham a cultura de investir em treinamento e capacitação de seus colaboradores, ainda que a remuneração não seja tão atrativa.

O mais importante no início de carreira não é o salário, mas a chance de desenvolver habilidades profissionais. Afinal, tomando emprestadas as palavras de Sun Tzu, em A Arte da Guerra,

“As oportunidades se multiplicam à medida que são agarradas.

Vá além dos salários oferecidos. Aprenda a enxergar a longo prazo.

6 - Busque aprender outros idiomas

Não tem como negar que falar outro idioma abre portas no mercado de trabalho: uma pesquisa recente feita pela Catho mostrou que a diferença salarial entre os profissionais com nível superior que falam inglês e os que não falam chega a 47%.

Antigamente, aprender um novo idioma envolvia ter um bom dinheiro para pagar as altas mensalidades dos cursos mais famosos do mercado. Entretanto, com a disseminação das informações por meio da internet, multiplicaram-se as oportunidades de aprender inglês sem gastar um centavo!

7 - Valorize o networking para ingressar no mercado de trabalho

Seja interessante sem ser interesseiro! Networking é a arte de cultivar relacionamentos de longo prazo em todos os lugares pelos quais você passar. Trata-se de algo que vai muito além de ter uma extensa lista de amigos em redes sociais: networking de verdade é uma poderosa rede de contatos que agrega valor em sua vida profissional, que vai desde aconselhamento para escolher um curso ou para se apresentar em uma entrevista, até a indicação para uma vaga de emprego.

Mas atenção: estamos falando de algo natural, uma troca (portanto, você também precisa oferecer valor ao outro), que deve ser cultivada durante toda sua carreira. Muitos profissionais só se lembram de seus contatos para pedir emprego. Isso não é networking, isso é ser interesseiro.

Se você está começando agora sua carreira, seu professor do ensino médio técnico pode ser um excelente networking, pois provavelmente está inserido no mercado de trabalho e pode lhe auxiliar com bons contatos, aconselhamentos e até indicações. Cursos de certificação e especialização também são ótimas fontes de cultivo de relacionamentos!

8 - Busque cursos de aprimoramento/especialização em sua área

Por falar em cursos, chegamos ao item mais importante para quem não sabe como ingressar no mercado de trabalho. Ainda que estivéssemos tratando com um executivo, com décadas de experiência, falar da importância de buscar constantemente novos cursos de aprimoramento/especialização/reciclagem não seria trivial. Agora, se você tem 20 e poucos anos e ainda não entrou no mercado (ou está em busca de um emprego melhor), eis aqui a palavra-chave para o início do seu sucesso.

Imaginemos que você sonhe em trabalhar com Design/Webdesign. Você deve imaginar que fazer um curso para dominar programas de efeitos visuais (como After Effects), editores de imagem (como Illustrator) ou outras ferramentas básicas da área (como Desenho Técnico, Fotografia Profissional e Dreamweaver — este último para edição de sites) é condição elementar para que você entre em um processo seletivo em pé de igualdade com qualquer outro candidato, certo?

Da mesma forma, se sua área for a de Marketing Digital, fortalecer seu currículo e seu know-how com cursos e certificações na área deixará você mais perto da seleção, ainda que seu CV tenha pecado pela inexperiência profissional. De quebra, ter esse tipo de formação à parte da escola/universidade deixa claro à empresa seu interesse em crescer e sua postura proativa no gerenciamento de sua carreira.

Agora que você já tem um Norte sobre como ingressar no mercado de trabalho, descubra mais recebendo o e-Book gratuito e confira!

Baixe o e-Book e veja como entrar para o Mercado de Trabalho

O que você verá no e-Book:

  • Prepare-se: Veja como aperfeiçoar seu currículo e sua apresentação pessoal, além de conhecer as exigências das empresas!
  • A importância da pesquisa: entenda por que você deve conhecer bem a empresa, área e cargo a que se candidata, tanto para sua carreira quanto para o processo seletivo!
  • Especialização e plano de carreira: saiba as vantagens e veja como se especializar na área que você escolher!

Cadastre-se agora mesmo e receba o e-Book direto no seu e-mail!

[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados