Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Como me tornar um editor de vídeos? Descubra aqui!

O crescimento do uso de vídeos na internet tem aumentado a busca por profissionais capacitados para edição profissional de conteúdo. Tudo iniciou com o YouTube e as pessoas enviando vídeos caseiros, que faziam sucesso. Assim, o vídeo começou a chamar a atenção de marcas pela sua facilidade de retenção de visualização do público pelo atrativo visual e fácil compartilhamento on-line.

Essa prática, alinhada ao crescimento de estratégias de marketing de conteúdo, fez com que empresas começassem a profissionalizar a produção de vídeos buscando pessoal qualificado para as funções, incluindo a de editor de vídeos.

Quer saber como se tornar um profissional desse tipo? Continue lendo este post e saiba tudo sobre a carreira!

A atuação do editor de vídeos

Mas o que faz, realmente, o editor de vídeos? Recorta, seleciona e monta cenas de forma coerente. Parece simples, mas não é somente isso. Para trabalhar com edição, é necessário ter um olhar apurado do storytelling para decidir como uma história pode ser melhor contada através das cenas que se tem.

Além de trabalhar em produtoras de TV, produtoras de filmes e dentro de setores de comunicação de empresas; as agências de marketing e publicidade e assessorias de imprensa estão entre as outras oportunidades para o editor de vídeo profissional. Para se qualificar nesse mercado, não é necessário ser bacharel em Comunicação ou Produção Audiovisual. A maioria desses cursos apresentam o tema, mas não focam na realização da edição.

Como se preparar para ser um editor de vídeos

O mercado busca pessoas capacitadas nos principais softwares de edição, como Adobe Premiere. Além do conhecimento técnico dos programas, o editor deve ter muito conhecimento de áudio, roteiro, câmeras, tratamento de imagem e linearidade para dar o rumo correto ao fluxo de trabalho.

Além da edição propriamente dita, o editor pode ter conhecimentos de animação, complementando-se para atender o mercado de vinhetas e pós-produção. Entre os programas, o mais conhecido é o Adobe After Effects e ToonZ.  

Quando vemos algum vídeo, independentemente da plataforma, estamos acostumados a avaliar atuações, fotografia e direção. Normalmente, a edição ressalta quando há um erro de continuidade. Apesar de esse cuidado ser do editor, nem sempre a culpa é dele, pois pode ter sido um erro de gravação, no qual o editor de vídeos não teria como ajustar.

O que não estamos acostumados a saber é que a maioria dos filmes e, até mesmo canais do YouTube, fazem sucesso devido a uma boa edição. Ela garante uma narrativa atraente, linearidade e profissionalização. Todo vídeo que inicia com um roteiro bem estruturado e finaliza com uma edição feita por um profissional capacitado tem muito mais chances de dar certo e ser reconhecido.

Como me tornar um editor de videos descubra aqui

Investindo a fundo na carreira

Após o conhecimento básico para se tornar editor de vídeos, é importante sempre:

Capacitar-se

O mercado de tecnologia é muito rápido e estão sempre surgindo novidades na área. É essencial estar preparado para conhecer novas técnicas e novos programas.

Criar um portfólio

Mesmo que no início seja difícil ter portfólio, junte-se a colegas e amigos para criar vídeos e mostrar seu trabalho na prática. O portfólio é tão importante quanto o currículo, pois é onde o empregador verá seu conhecimento na área e como ele é aplicado.

 Lembre-se de deixar no seu portfólio apenas os melhores trabalhos e os que reflitam a área em que você quer trabalhar. Se o interesse é trabalhar com 3D, não deixe seus trabalhos 2D em destaque. Ressalte seu conhecimento na área de interesse sempre.

Ficar atento às tendências

Tendências de design atuam diretamente na produção de vídeos e na pós-produção. O editor de vídeo deve sempre se manter conectado com as tendências, conceitos e uso de tecnologias e plataformas. Isso pode impactar diretamente em como vídeos são recebidos e melhorar suas performances com o público-alvo.

Uma boa dica é estar atento às novidades destacadas no YouTube e Vimeo. Isso garante um bom início de como se preparar para tendências mundiais de filmmaking.

Especializar-se

Se você está cansado de editar vídeos de filmagens e quer tentar animação 2D, estude e se especialize na área com programas como After Effects e Sony Vegas. Caso queira ir para a área 3D, invista em Maya. Nunca será demais a especialização e há mercado para todas as áreas hoje em dia.

Emprego fixo ou freelancer? Qual a modalidade ideal?

Após a entrada no mercado de trabalho, há uma segunda decisão a se fazer: a forma de trabalho. As duas principais são:

Emprego fixo

Como na maioria dos empregos, o editor de vídeos pode ser contratado por uma empresa e trabalhar internamente com vídeos. Isso tem suas vantagens, como salário fixo, estabilidade e melhor planejamento financeiro.

Com relação à produção, a aproximação com os superiores, produtores e diretores do local de trabalho também facilitam a comunicação e possibilidade de participar de decisões dentro da produção.

Freelancer  

Quem nunca pensou em trabalhar por conta, de casa, tendo seus próprios clientes, certo? Mas, junto com o conforto, há responsabilidades e problemas. Primeiro, a instabilidade financeira, pois, sem planejamento do profissional, pagar as contas pode ficar mais difícil em períodos com menos trabalhos.

Por outro lado, ter seus próprios clientes pode facilitar a comunicação com eles e proporcionar maior engajamento no trabalho. Caso a prestação de serviço não seja para o cliente direto, mas para agências ou produtoras, essa aproximação não existe, e o trabalho pode se tornar mais automático, mas ajuda a manter contatos para jobs futuros.

A maior parte dos editores de vídeo costuma mesclar essas modalidades para ter maior estabilidade e melhor posicionamento nos trabalhos. Assim é possível diversificar o portfólio, atendendo clientes de várias áreas, melhorar as habilidades (com desafios vindos de diferentes mercados) e fazer networking, o que garante crescimento profissional no mercado da comunicação como um todo.

Portanto, se quiser investir na carreira de editor de vídeos, A Impacta pode te ajudar! Você poderá se capacitar nos programas Adobe Premiere e After Effects usando os cursos de design e criatividade.

O curso Oficina de Vídeo - A Dinâmica da Produção de Vídeo também está disponível para o aprendizado e o desenvolvimento das principais técnicas e práticas para a produção de vídeos, incluindo pré-produção, produção e pós-produção.

Entre em contato e conheça melhor as oportunidades para se capacitar e entrar no mercado de edição de vídeos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados