Conteúdo programático

  • Conceitos básicos
    • Arquitetura física.
    • Modelos de armazenamento: Modelo OLTP; Modelo OLAP; Comparativo entre OLTP e OLAP.
    • Bancos de dados: Bancos de dados do sistema (Master, TEMPDB, MODEL, MSDB, Resource); Bancos de dados SNAPSHOT; Bancos de dados de usuários; Visualizando bancos de dados.
    • Objetos de gerenciamento: Metadados; Catálogos (Catálogos do sistema, Catálogos do banco de dados, Procedures que retornam metadados, Funções que retornam metadados).
    • Grupos de comandos T-SQL.
    • Referenciando objetos do SQL Server.
  • Comandos adicionais
    • SELECT.
    • IIF/CHOOSE.
    • LAG e LEAD.
    • Paginação (FETCH e OFFSET).
    • Funções úteis para campos IDENTITY.
    • MERGE: OUTPUT em uma instrução MERGE.
    • Consultas cruzadas: PIVOT ( ); UNPIVOT( ).
    • Common Table Expressions (CTE): CTE Recursiva.
    • CROSS APPLY e OUTER APPLY.
  • Opções de definição de tabelas
    • Tipos de dados: Tipos de dados nativos (Built-in); Tipos de dados definidos pelo usuário (CREATE TYPE); DROP TYPE; CREATE RULE; sp_bindrule; sp_unbindrule; CREATE DEFAULT; sp_bindefault; sp_unbindefault; Tabelas de sistema; Tabela systypes; Tabela sysobjects; Tabela syscomments; Trabalhando com UDDT.
    • Sequências.
    • Sinônimos.
    • Trabalhando com objetos binários: Campos binários.
    • FILETABLE.
    • Colunas computadas.
  • Customizando consultas
    • Plano de execução.
    • Dicas para construir consultas.
    • Índices: Criando índices; Índices compostos; INCLUDE; Excluindo índices.
    • Otimizando consultas: Hints; Customizando bloqueios na seção.
  • Acesso a recursos externos
    • OPENROWSET.
    • BULK INSERT.
    • XML: FOR XML; Métodos XML (Query, Value, Exists, Nodes); Gravando um arquivo XML; Abrindo um arquivo XML.
    • JSON: FOR JSON; OPENJSON; JSON_VALUE; JSON_QUERY; ISJSON; Exportação para arquivo JSON; Importação de arquivo JSON.
  • Views
    • Utilizando views: Vantagens oferecidas pelas views; Restrições; Tabela syscomments; Views de catálogo.
    • CREATE VIEW: Utilizando WITH ENCRYPTION; Utilizando WITH SCHEMABINDING; Utilizando WITH CHECK OPTION.
    • ALTER VIEW.
    • DROP VIEW.
    • Visualizando informações sobre views.
    • Views atualizáveis.
    • Retornando dados tabulares.
  • Introdução à programação
    • Variáveis: Atribuindo valores às variáveis.
    • Operadores: Operadores aritméticos; Operadores relacionais; Operadores lógicos; Precedência.
    • Controle de fluxo: BEGIN/END; IF/ELSE.
    • WHILE: BREAK; CONTINUE; Exemplos.
    • Outros comandos: GOTO; RETURN; WAITFOR; EXISTS; Atribuição de valor de uma consulta.
  • Funções
    • Funções e stored procedures.
    • Funções escalares: Funções determinísticas e não determinísticas.
    • Funções tabulares: Funções tabulares in-line; Funções tabulares com várias instruções.
    • Funções nativas (built-in): Funções de texto; Funções de data e hora; Funções de conversão.
    • Funções de classificação: ROW_NUMBER; RANK; DENSE_RANK; NTILE; ROW_NUMBER, RANK, DENSE_RANK e NTILE.
    • Funções definidas pelo usuário: Funções escalares; Funções tabulares.
    • Campos computados com funções.
  • Stored procedures
    • Stored procedures: Vantagens; Considerações; CREATE PROCEDURE; Alterando stored procedures; Excluindo stored procedures.
    • Declarando parâmetros: Exemplos; Passagem de parâmetros posicional; Passagem de parâmetros nominal.
    • Retornando valores: PRINT; SELECT; Parâmetros de saída (OUTPUT).
    • Cursor.
    • Depurando stored procedures: Parâmetros tabulares (table-valued); Boas práticas.
    • Recompilando stored procedures.
    • Query dinâmicas.
    • Tratamento de erros: Severidade de um erro; @@ERROR; TRY...CATCH; Funções para tratamento de erros.
    • Trabalhando com mensagens de erro: SP_ADDMESSAGE; RAISERROR; THROW; Exemplo de tratamento de erros.
  • Triggers
    • Triggers: Diferenças entre triggers e constraints; Considerações; Visualizando triggers; Alterando triggers; Desabilitando e excluindo triggers (DISABLE TRIGGER, ENABLE TRIGGER, DROP TRIGGER).
    • Triggers DML: Tabelas INSERTED e DELETED; Triggers de inclusão; Triggers de exclusão; Trigger de alteração; Trigger INSTEAD OF.
    • Triggers DDL: Criando triggers DDL.
    • Triggers de logon.
    • Aninhamento de triggers: Habilitando e desabilitando aninhamento.
    • Recursividade de triggers.

Pré-requisitos

Certificação Impacta

Um dos títulos mais respeitados do país, atesta a qualidade e os conhecimentos de profissionais especializados nas mais variadas áreas de TI, Gestão e Design. Ao concluir o curso, você tem 90 dias a contar da data de término do curso para agendar seu exame.
Saiba mais sobre a certificação Impacta

Próximas turmas

Data e horário
Local
Preços e descontos
Nenhuma turma no momento

O que os alunos dizem sobre a Impacta

Ver mais depoimentos