Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Desenvolvimento pessoal e profissional: veja 7 motivos para investir

Você já deve ter ouvido falar em desenvolvimento pessoal e profissional e talvez não tenha entendido muito bem as diferenças entre um e outro. Para ajudá-lo com isso, definimos abaixo o conceito de cada um deles e por que vale a pena investir nessas duas áreas.

O desenvolvimento profissional é geralmente mais técnico e pode ser atingido por meio de estudos complementares na sua área de atuação. Começa-se definindo quais são os conhecimentos necessários para se executar uma profissão ou um plano de carreira da melhor forma possível, contemplando o crescimento contínuo.

Esse crescimento pode ser tanto vertical (escalando posições dentro da empresa, assumindo posições de gerência e diretoria), quanto horizontal (ampliando suas responsabilidades para outros setores e atividades dentro da própria empresa).

O estudo e o aprimoramento dos conhecimentos não tem uma data limite, principalmente se a área em questão for ligada à tecnologia e for necessária uma atualização constante.

O desenvolvimento pessoal engloba habilidades e competências que podem auxiliar tanto na vida particular quanto no trabalho. Gerenciamento de tempo, inteligência emocional, boa comunicação e habilidades interpessoais são algumas delas.

Adiante, destacamos por que investir nos dois tipos de desenvolvimento e como eles podem agregar na sua carreira. Confira!

Desenvolvimento pessoal e profissional_investir

1. Ampliar o autoconhecimento

O primeiro passo para traçar um plano de desenvolvimento pessoal e profissional é definir o que você espera para o futuro. Desenhar a vida que se almeja em 5, 10 ou 20 anos é o que vai definir as escolhas que você deve começar a fazer agora.

Essa é a oportunidade perfeita para estabelecer as suas prioridades e quais são os valores mais relevantes para você por ordem de importância. Alguns exemplos de valores são: liberdade, segurança, status, poder e reconhecimento.

2. Atingir metas

É muito mais fácil chegar ao destino quando se sabe o caminho. Você imaginou o seu futuro perfeito? Agora é a hora de criar e atingir as metas que farão você chegar lá.

Suponhamos que você queira ser um profissional de destaque na sua àrea. Um caminho para esse objetivo poderia ser a escolha de um nicho ou estilo pouco explorado para se especializar, escolher um curso, escrever artigos, participar de concursos e premiações etc.

3. Manter suas conquistas

Você se esforçou muito e conseguiu atingir os objetivos previamente determinados. Parabéns! Agora saiba que esse êxito não deve ser esquecido assim que conquistado. É necessário ter empenho e comprometimento para mantê-lo. Uma vez que o objetivo tenha sido um diploma, você precisará ficar atualizado sobre as novidades da área para se manter à frente do assunto.

4. Destacar-se

Sua empresa pode ter muitos funcionários competentes — eles podem inclusive ter mais ou menos o mesmo nível de conhecimento e habilidades profissionais. Caso surja uma oportunidade de chefia, qual desses funcionários seria o mais cotado para ocupar o cargo? Provavelmente o funcionário que tem a habilidade de liderança mais afiada. Essas capacidades interpessoais podem ser treinadas e aprimoradas por qualquer pessoa, e podem aumentar muito as chances de uma possível promoção.

5. Aprender coisas novas

Muitas vezes nos fechamos na nossa zona de conforto e perdemos muitas oportunidades por não vermos o que está acontecendo ao redor. Novas tecnologias, estratégias e técnicas surgem diariamente. A curiosidade é a chama do aprendizado, e manter essa chama acesa é metade do processo para o desenvolvimento pessoal e profissional.

6. Estar bem preparado

Que o mercado de trabalho está em mudança constante não é nenhuma novidade. Ainda assim, muitas pessoas são pegas desprevenidas com situações que poderiam ter sido previstas. Isso é muito comum com questões tecnológicas, como quando um sistema se torna obsoleto e precisa ser substituído por outro mais novo.

Quem está em constante processo de desenvolvimento dificilmente será impactado por esse tipo de mudança, pois esse profissional já sabe da possível atualização de sistema, escolheu um curso que o capacitou e está o mais preparado possível para a transição.

7. Falar e escrever melhor

Um dos meios mais acessíveis para se dedicar ao seu desenvolvimento pessoal e profissional é a leitura. Livros sobre o assunto são comuns e abrangem praticamente todas as habilidades desejadas. Ao ler um livro sobre economia, por exemplo, você não está apenas se aprimorando na questão econômica em si, mas está melhorando a sua linguagem e o seu vocabulário.

Um bom livro para começar a sua jornada é “O Poder do Hábito”, de Charles Duhigg. O autor mostra não só de que forma os hábitos funcionam no nosso dia a dia, mas também como podemos modificá-los para benefício próprio. Por exemplo, trocar o hábito de assistir televisão por ler livros que trarão benefícios concretos na carreira e na vida

Caso você tenha definido que a sua meta é melhorar a comunicação e a relação interpessoal, um livro muito recomendado é “Como fazer amigos e influenciar pessoas”, do autor Dale Carnegie. Nesse livro você vai descobrir como criar relações de amizade profissionais, causando boa impressão e desenvolvendo elos que podem seguir por anos a fio.

Se o seu foco é atacar a procrastinação, o livro de Stephen Covey, “Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes” é um clássico no assunto. Com apenas 7 passos, o autor promete elevar a sua produtividade e ajudar você a fazer escolhas mais acertadas sobre o seu tempo pessoal e profissional.

O percurso do desenvolvimento pessoal e profissional não é curto: ele deve seguir durante toda a sua carreira e até depois dela. Para não desanimar, torne o processo divertido e transforme suas metas em jogos nos quais você ganha pontos a cada etapa conquistada.

Crie um cronograma, compartilhe com os amigos e peça para que eles cobrem os resultados ao fim de cada prazo estipulado. Seguir aprendendo e se desenvolvendo é algo que gera inúmeros benefícios, tanto para você quanto para as pessoas da sua convivência. Quem não quer ter um companheiro, amigo ou colega de trabalho que o inspire cotidianamente?

Gostou das nossas dicas? O caminho do desenvolvimento pessoal e profissional é bem mais divertido com companhia! Compartilhe este texto com seus amigos nas redes sociais e os ajude a crescer e se desenvolver também!
[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados