Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Você sabe o que é design thinking e como ele vai mudar os negócios?

Você sente que precisa se atualizar para ser mais competitivo profissionalmente? Sabe da importância de fazer novos cursos para conseguir uma promoção ou ter melhores oportunidades de trabalho? Então este post tem tudo a ver contigo!

Você vai ficar sabendo o que é design thinking, uma poderosa ferramenta para a criação de estratégias eficientes na atração e retenção de clientes que está revolucionando o mundo dos negócios. Além disso, vai encontrar dicas importantes que o ajudarão a desenvolver sua carreira. Confira!

O cenário mercadológico

Nos últimos anos, com as constantes evoluções tecnológicas e a globalização da economia, surgiram inúmeros produtos e serviços similares em características, funcionalidade e preço. Frente a tantas opções, o consumidor sente dificuldade para escolher a que melhor atenda às suas necessidades.

Nesse contexto, bons produtos e serviços já não são os únicos pré-requisitos para o sucesso de uma empresa. Ansiosas por itens diferenciados e inovadores, as pessoas procuram os que ofereçam interação e usabilidade simples, prazerosas e que as façam se sentir especiais.

Em qualquer setor do mercado, uma empresa precisa criar modelos inovadores de negócio, que a diferenciem da concorrência e possibilitem um contato emocional efetivo com o cliente, tornando sua experiência inesquecível e definitiva. E o design thinking, nesse contexto, pode ser um fator essencial para as etapas do processo.



Saiba o que é design thinking

O que é design thinking?

Geralmente, quando se ouve ou se vê a palavra “design”, ela é imediatamente relacionada a “desenho”. No entanto, seu conceito é muito mais abrangente: se você considerar que um de seus objetivos é melhorar a vida das pessoas, sua função vai muito além da estética. O design é, também, o responsável pela busca de soluções perfeitas para produtos e serviços.

A expressão design thinking pode ser traduzida como “modo de pensar do design”. Não é uma metodologia, mas uma forma de encarar as coisas em que seus principais valores (empatia, colaboração e experimentação) sejam incorporados ao dia a dia das empresas, auxiliando a resolver todo tipo de situação. É uma abordagem que procura a solução de problemas de maneira coletiva e colaborativa, partindo das reais necessidades do consumidor.

Para tornar isso possível, ele coloca as pessoas no centro do desenvolvimento do produto ou serviço, com o objetivo de compreender profundamente seus sentimentos, comportamentos e desejos. Procura sentir o que elas sentem em determinadas situações até encontrar a melhor forma de criar experiências inovadoras, capazes de facilitar e desempenhar um papel importante em suas vidas.

Steve Jobs, fundador da Apple, uma das empresas mais bem-sucedidas de todos os tempos, costumava dizer: “Design não é somente o que parece e o que se sente. Design é como funciona.” E esse sempre foi seu modelo de negócio.

As etapas do design thinking

Essa abordagem é composta por quatro etapas. Conheça suas principais características:

Imersão

Primeiramente, os envolvidos no projeto devem mergulhar profundamente no assunto, pesquisar e ir atrás do maior número possível de informações. Essa é a hora de entender as necessidades do consumidor que podem ser transformadas em oportunidades. Aqui, é preciso empatia — ou seja, pensar nas pessoas como pessoas, não como consumidores.

É essencial pensar no que elas de fato precisam e procurar entender suas experiências, comportamentos e decisões dentro de seu contexto social. Quanto mais conhecimento os participantes tiverem, mais profundamente vão conseguir entender o assunto questionado e mais inovadoras serão as observações e respostas para os vários aspectos que dizem respeito à persona do consumidor.

Ideação

Nessa etapa, são utilizadas práticas de estímulo à criatividade, o que ajuda a gerar soluções que estejam de acordo com o contexto do assunto trabalhado. A colaboração é um fator essencial nesse processo: perspectivas diferentes sobre uma mesma questão possibilitam conceitos e atitudes novas frente ao proposto.

Por isso, o design thinking propõe que profissionais de diversas áreas, com diferentes formações e perfis, sejam colocados para trabalhar juntos. Essa prática, durante um brainstorming, possibilita a manifestação de diversos pontos de vista e várias interpretações de um mesmo problema. Isso torna possível a junção das melhores ideias e, assim, a geração de soluções inovadoras que um grupo de pessoas com pensamentos parecidos jamais conseguiria atingir.

Prototipagem

Essa é a hora de validar as ideias geradas, ver as que se encaixam, juntar as melhores propostas e partir do abstrato para o físico. Nessa etapa, são criados modelos de teste dos produtos e serviços idealizados. O objetivo é coletar novos feedbacks junto aos envolvidos no processo, legitimar hipóteses e mapear dificuldades imprevistas.

O protótipo de um produto ou serviço reduz as incertezas do projeto, tornando a solução de problemas mais assertiva. É possível testar o que as pessoas acham e fazer os ajustes necessários. Dependendo dos resultados, o ciclo pode ser repetido quantas vezes forem necessárias, até que uma solução viável tecnológica e economicamente seja identificada.

Implementação

Após os testes com o protótipo terem um resultado positivo, o produto ou serviço já pode ser lançado no mercado. Se todas as etapas forem seguidas corretamente, o risco de rejeição será reduzido e a aceitação — não só do produto ou serviço mas também da própria marca — será bem maior.

Um dos grandes diferenciais do design thinking é a garantia de que eles serão muito mais desejáveis e prazerosos, tornando a experiência do usuário inesquecível e definitiva. Esse é um fator essencial que está causando mudanças permanentes no mundo dos negócios.

As tendências do mercado

Uma das principais tendências da cultura corporativa mundial é de que todo funcionário deve “pensar como designer”. Atualmente, muitas grandes corporações do Brasil e do mundo têm designers entre seus principais executivos.

Elas consideram o conhecimento e a experiência desses especialistas como um dos maiores diferenciais para serem mais inovadoras e ágeis. Com o passar do tempo, organizações de todos os portes e setores tendem a se enquadrar nesse cenário.

Além disso, com o objetivo de formar profissionais que correspondam às exigências do mercado de trabalho, há diversas opções de cursos rápidos com excelente qualidade e reconhecidos por grandes empresas. Ou seja, em poucos meses e com um ótimo custo-benefício, tais cursos podem ajudar você a atingir seus objetivos profissionais e pessoais.

E aí, agora você já sabe como o design thinking vai mudar definitivamente o cenário mercadológico? Compartilhe este post nas suas redes sociais para levar mais informação a seus amigos e colegas!
[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados